Paradoxo de sexta (14)

O da semana passada envolve, como foi bem notado, uma contagem dupla: dos 10 homens que procuravam alojamento, apenas 9 foram abrigados — sendo que um deles acabou contado duas vezes, o que deu a impressão de que o problema dos 10 tinha sido resolvido.
Agardeço aos participantes por não terem comentado a qualidade do verso e da rima…
E como estamos na semana de Darwin, vamos a um paradoxo darwiniano — a tautologia da seleção natural. É assim: o princípio da seleção natural diz que os mais aptos sobrevivem. Mas o único jeito de saber quem é o mais apto é esperando para ver quem sobrevive. Logo, a seleção natural só diz que os sobreviventes sobrevivem. Logo, é um conceito vazio e inútil.
(ATENÇÃO: sempre lembrando que esta relação de paradoxos contém apenas paradoxos falsídicos, isto é, afirmações falsas, mas que soam paradoxais. Quem achar que a tautologia de hoje expressa minha opinião pessoal, ou mesmo uma crítica séria e defensável, quanto à evolução por seleção natural, está automatocamente rebaixado a pitecantropo.)

Discussão - 0 comentários

Participe e envie seu comentário abaixo.

Envie seu comentário

Seu e-mail não será divulgado. (*) Campos obrigatórios.

Categorias

Skip to content

Sobre ScienceBlogs Brasil | Anuncie com ScienceBlogs Brasil | Política de Privacidade | Termos e Condições | Contato


ScienceBlogs por Seed Media Group. Group. ©2006-2011 Seed Media Group LLC. Todos direitos garantidos.


Páginas da Seed Media Group Seed Media Group | ScienceBlogs | SEEDMAGAZINE.COM