Por que no te calas?

E o bispo D. Cappio voltou a falar contra Lula e a transposição do Rio São Francisco. A transposição é o tipo de processo em que o público deveria buscar a opinião de engenheiros e cientistas – quanto à viabilidade técnica e impacto ambiental – e de políticos e das populações interessadas – quanto às relações de custo-benefício para os diversos grupos envolvidos ou atingidos pelo processo.

O que, exatamente, faz com que um bispo católico, enquanto bispo, se torne referência central nesse processo? Ainda mais, dado que o único argumento que ele parece ter é messiânico-populista.

O clero católico – principalmente quando enverga batina ou camisolão – reveste-se de uma aura de autoridade moral que parece resistir a toda e qualquer prova em contrário, seja atual ou histórica.

O uso político dessa aura, no entanto, nunca é mais que um tipo não muito velado de extorsão, que usa as superstições (reais ou supostas) da população como instrumento de chantagem sobre a liderança política. Contra uma ditadura, esse tipo de recurso pode até ser justificável; na democracia, é obsceno.

Discussão - 0 comentários

Participe e envie seu comentário abaixo.

Envie seu comentário

Seu e-mail não será divulgado. (*) Campos obrigatórios.

Categorias

Skip to content

Sobre ScienceBlogs Brasil | Anuncie com ScienceBlogs Brasil | Política de Privacidade | Termos e Condições | Contato


ScienceBlogs por Seed Media Group. Group. ©2006-2011 Seed Media Group LLC. Todos direitos garantidos.


Páginas da Seed Media Group Seed Media Group | ScienceBlogs | SEEDMAGAZINE.COM