Gangnam química-style


Antes eram paródias com músicas da Lady Gaga.
Agora é tudo com Gangnam Style.
Molecules Gone Wild (Bio Style)

A letra:

Molecules Gone Wild!
Bio Style!

Carbohydrates provide the energy for your life!
The simplest form, like glucose, is known as a monosaccharide
Combine two, and make a larger sugar called disaccharide
The largest is a polysaccharide!

Lipids are the fats!
3 fatty acids with a glycerol make up the fats:
Triglycerides with only single bonds are saturated fats,
But if there’re double bonds they now become unsaturated fats
Don’t eat too much fat!

Monomers build to polymers filled
With C, H, O! Hey!
Molecule’s macro! Hey!

One with HO, other with H, so
Bond and go! Hey!
Release H2O! Hey!

Dehydration Synthesis is underway!!!

Molecules Gone Wild!
Bio Style

Mol-Mol-Mol-Mol Molecules Gone Wild!
Bio Style
Mol-Mol-Mol-Mol Molecules Gone Wild!

Many Polymers-mers-mers-mers:
Molecules Gone Wild!
Many Polymers-mers-mers-mers!

Proteins: the building blocks that make up your whole body
Your skin, your hair, your muscles – need protein to get the hotties!
Break down polypeptide to amino acids in your body
Nitrogen comes to the party!

Nucleic Acids!
The famous one is DNA that’s known by all you kids
With 2 polynucleotide chains linked to make it valid,
Which breaks into single nucleotides when it’s digested;
Phosphorous added!

When you eat food, to get in the mood (to study),
Molecules will flow! Hey!
Straight down your throat! Hey!

Need to break those big polymers, so
Here’s H2O! Hey!
Splits to H and O! Hey!

Hydrolysis is what I just now displayed!!!

Molecules Gone Wild!
Bio Style
Mol-Mol-Mol-Mol Molecules Gone Wild!
Bio Style
Mol-Mol-Mol-Mol Molecules Gone Wild!

Many Polymers-mers-mers-mers:
Molecules Gone Wild!
Many Polymers-mers-mers-mers!

Food deforms
Into its simplest forms!
When you eat it, break it down,
Then it reforms!

Now you’re informed!
So please study more!
Study, Study,
Read your notes and textbook

You know what I’m saying?

Molecules Gone Wild!

Many Polymers-mers-mers-mers:
Molecules Gone Wild!
Many Polymers-mers-mers-mers!

Molecules Gone Wild!

Ilustrações criativas – Parte 4

Ilustrações estranhas encontradas em resumos de artigos científicos.

Cuidado com a imagem que você escolhe. Ou não!

Do artigo: Formation of the Ternary Complex Hydride Mg2FeH6 from Magnesium Hydride (β-MgH2) and Iron: An Electron Microscopy and Energy-Loss Spectroscopy Study

É só ligar e pronto!

Do artigo: Energy Efficiency in Chemical Reactions:  A Comparative Study of Different Reaction Techniques

Fome!

Do artigo: Active Site Comparisons and Catalytic Mechanisms of the Hot Dog Superfamily

Nitrosaminas! Câncer saboroso

Do artigo: Supramolecular Sensor for Cancer-Associated Nitrosamines

Camelo ou dromedário?

Do artigo: The Triplet Surface of the Zimmerman Di-π-Methane Rearrangement of Dibenzobarrelene

Uma rotação da Terra


Uma animação feita com dados obtidos pelo satélite de observação Suomi NPP, mostra uma rotação completa da Terra, em como seria vista durante a noite.

O Suomi NPP está a uma distância de aproximadamente 800 km da Terra e está equipado com câmeras que detectam da luz visível ao infravermelho.

A animação do vídeo foi feita com uma composição de imagens, coletadas entre abril e outubro de 2012. Foram mais de 2,5 terabytes de dados utilizados para uma única composição de uma rotação.

Os pontos brilhantes não são resultado somente da iluminação artificial, podem ser também focos de incêndios.

Tudo em ponta-cabeça


Nosso cérebro é maleável e consegue, com um certo treino e dedicação, adaptar às mudanças de percepção.

Com paciência conseguimos ler um texto invertido.
˙oʇxǝʇ o ɹǝʇɹǝʌuı ǝnƃǝsuoɔ oɹqǝɹéɔ nǝs O
Ou o clássico:
35T3 P3QU3N0 T3XTO 53RV3 4P3N45 P4R4 M05TR4R COMO NO554 C4B3Ç4
CONS3GU3 F4Z3R CO1545 1MPR3551ON4ANT35!

Lá pela metade do século passado o professor e pesquisador Theodor Erismann, da universidade austríaca de Innsbruck, bolou um experimento para testar a capacidade que um humano teria em viver durante alguns dias vendo tudo de ponta-cabeça.

Nada melhor do que ter um estudante ‘voluntário’ para aceitar tal desafio. Foi assim que Ivo Kohler passou a utilizar óculos especialmente adaptados com espelhos para inverter tudo o que via.

Um vídeo registrou as dificuldades inicias de Kohler. Desviar de uma cadeira, descer uma escada era impossível sem a ajuda do professor, passear pelas ruas, defender-se de ataques com uma espada(!) e até tentar tomar um chá.

Após 10 dias de experimento ele já conseguia realizar diversas atividades, até mesmo andar de bicicleta sem muita dificuldade!

Acostumar com tudo invertido significa que ao retirar os óculos o desafio será retomar a vida ao normal. Até um aperto de mãos pode ser confuso.

Além do experimento com o mundo invertido, Theodor Erismann e Ivo Kohler, testaram o resultado do uso de um óculos que invertia a esquerda e direita. Com sucesso! O voluntário, provavelmente o coitado do Kohler, “tornou-se tão à vontade em seu mundo invertido, que foi capaz de conduzir uma motocicleta por Innsbruck enquanto usava os óculos”.

Via Improbable Research.

Lembra! Não vai esquecer!


Algumas das frases que mais me causam angústia:
“Não vai esquecer de… ”
“Lembre que amanhã… ”
“Lembra do que eu te disse… ”
“Onde está aquela… ”

Tenho uma péssima memória para agendar compromissos, tarefas, informações soltas e assuntos que não são do meu interesse imediato. E não adianta ter uma agenda, o problema é acompanhado de uma desorganização crônica. 🙂

Recentemente terminei a leitura do livro (esqueci o título completo, vamos ao Google… ‘memoria campeão livro’) “A arte e a ciência de memorizar tudo: memórias de um campeão de memória” Joshua Foer.

Quais as informações do livro ainda permanecem em minha memória? Várias! Mas quase todas recortadas e com sentido apenas dentro do contexto de minha mente. Informações estas dependentes de meus gostos, memórias passadas, preferências e emoções. Não adiantaria muito repassar esses pedaços no aqui neste texto; ficariam soltos, da mesma forma como que conta um sonho – cheio de emoção e sem muita graça para quem ouve.

O livro não é um manual de como treinar a memória, é o relato de um jornalista que durante um ano treinou para competir no Campeonato de Memória dos Estados Unidos – e venceu!

Uma das revelações mais importantes feitas por Joshua Foer, é que mesmo treinando exaustivamente durante um ano, e sendo um campeão de memorização, seu cérebro não atingiu nenhum nível de genialidade, apenas ficou muito bom no que treinou.

Leitura recomendada! Fiquei tão envolvido com a história que acabei esquecendo alguns compromissos. ¬¬

http://joshuafoer.com/moonwalking-with-einstein/

Escolha seu curso


Existem vários sites que oferecem cursos completos gratuitos. Coursera, edX, Udacity, Canvas Network, Codecademy, … E cada um deles dá acesso a dezenas de cursos com várias horas de duração.

Podem ser gratuitos, mas demandam uma quantidade significativa de esforço e tempo dedicado no acompanhamento dos vídeos e atividades propostas pelo instrutor. Como então saber se o curso vale a pena?

Uma alternativa é procurar pela opinião de quem já passou pelo curso. E neste caso o website CourseTalk (http://coursetalk.org/) é uma boa ferramenta para reunir estes reviews e dar sugestões de cursos semelhantes.

Categorias

Skip to content

Sobre ScienceBlogs Brasil | Anuncie com ScienceBlogs Brasil | Política de Privacidade | Termos e Condições | Contato


ScienceBlogs por Seed Media Group. Group. ©2006-2011 Seed Media Group LLC. Todos direitos garantidos.


Páginas da Seed Media Group Seed Media Group | ScienceBlogs | SEEDMAGAZINE.COM