Como desenvolver hábitos melhores e mais saudáveis? (vídeo)

233_thumb_h√°bitos_2

Veja algumas dicas de como você pode começar a desenvolver qualquer hábito de forma mais realista e eficiente no vídeo de hoje! Você pode ver o vídeo de hoje abaixo ou clicando aqui.

[youtube_sc url=”https://youtu.be/aQFj9ZhlIME”]

Aqui vai um trecho do vídeo: No vídeo anterior, falamos sobre o que são hábitos e como eles se formam. Hoje vamos dar outras dicas para você começar agora mesmo a desenvolver um novo hábito. Eu sou o André, doutor em psicologia e eu escrevo todo dia, nem que seja só um pouquinho. Desenvolver um hábito depende de você conseguir driblar alguns obstáculos que fazem muita gente começar, mas parar no meio do caminho. Um deles é a dependência que muitos têm da motivação. Praticar o seu hábito só quando você está se sentindo super motivado e afim de fazer aquilo não é um caminho promissor porque depende de como você vai estar se sentindo e sentimentos variam muito. Achar que você precisa estar inspirado para praticar um hábito é um erro que pode te levar a procrastinar tarefas como falamos em outro vídeo. Muitas vezes, vai te faltar até motivação para querer se motivar e ai só vem mais procrastinação ainda.

Referências recomendadas

O livro “mini-h√°bitos” do Stephen Guise foi uma grande inspira√ß√£o como falamos no v√≠deo de hoje. Aqui v√£o algumas refer√™ncias adicionais referentes ao que abordamos no v√≠deo: link, link, link, link,¬†link, link, link, link,¬†link, link, link.

Como ser menos trouxa? (vídeo)

149_thumb_trouxa

Quer deixar de ser trouxa nos relacionamentos? A gente n√£o promete resolver todos os seus problemas, mas vamos compartilhar alguns conhecimentos que podem ser √ļteis para melhorar a sua situa√ß√£o! Voc√™ pode ver o v√≠deo de hoje abaixo ou clicando aqui!

[youtube_sc url=”https://youtu.be/9h_LYS-stcI”]

Referências recomendadas

Os 3 tópicos principais que abordamos no vídeo para tentar te ajudar a ser menos trouxa foram a influência da atração, do viés da negatividade e do efeito Michelangelo nos relacionamentos. A seguir você vai poder consultar artigos científicos, posts de blogs, matérias e até um podcast sobre cada um desses tópicos: link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link.