Como surgiu a linguagem humana? (vídeo)

246_thumb_evo_linguagem

Como será que os seres humanos começaram a se comunicar por meio de uma linguagem? Será que antes usávamos gestos ou uma forma mais simples de sons que foram se complexificando? Hoje falaremos um pouco sobre a evolução da linguagem! Você pode ver o vídeo de hoje abaixo ou clicando aqui.

[youtube_sc url=”https://youtu.be/CqYH-CTfPqU”]

Aqui vai um trecho do come√ßo do v√≠deo:¬†A linguagem humana √© complexa de um jeito √ļnico quando comparada a outros seres vivos, embora muitos seres consigam se comunicar. Certas esp√©cies de papagaios conseguem imitar sons humanos e alguns golfinhos parecem usar sons para ca√ßar ou interagir com outros golfinhos. Alguns primatas j√° foram at√© capazes de aprender gestos de l√≠ngua de sinais com a ajuda de humanos e de us√°-los para se comunicar. Embora essa comunica√ß√£o animal seja simb√≥lica porque usa sons para se referir a objetos, eventos ou a√ß√Ķes, ela √© bem limitada. Animais n√£o-humanos usam esses sons e gestos para avisar os outros sobre coisas pr√°ticas, mas n√£o para fazer trocas complexas de informa√ß√£o como quando voc√™ encontra com um amigo e bota todas as fofocas em dia. Essa comunica√ß√£o n√£o costuma ser t√£o criativa ou propiciar a gera√ß√£o de uma quantidade muito grande de varia√ß√Ķes como √© o nosso caso. Via de regra, essa comunica√ß√£o se restringe a a√ß√Ķes repetitivas com algum objetivo pr√°tico, tal como alertar sobre uma amea√ßa ou atrair um parceiro.

Referências recomendadas

Se voc√™ se interessa pela evolu√ß√£o da linguagem, d√° uma olhada nos links que vou disponibilizar a seguir. Eles v√£o tratar de diferentes aspectos ligados √† linguagem, evolu√ß√£o, biologia e lingu√≠stica, te dando um bom panorama das quest√Ķes mais centrais dentro desse tema mais amplo da evolu√ß√£o da linguagem. √Č claro que tamb√©m recomendamos o livro que vai ser sorteado, leia a descri√ß√£o do v√≠deo no YouTube para entender as regras do sorteio e participar: link, link, link, link,¬†link, link, link, link,¬†link, link, link, link,¬†link, link, link, link,¬†link, link, link, link,¬†link, link, link.

Por que as pessoas se importam com a opinião dos outros? (vídeo)

245_thumb_reputação

Voc√™ j√° se sentiu mal depois de ouvir uma cr√≠tica de algu√©m ou se sentir ignorado nas redes sociais? Hoje vamos falar sobre como o passsado evolutivo da nossa esp√©cie e as circunst√Ęncias atuais em diferentes culturas podem te ajudar a entender porque essas coisas s√£o t√£o desconfort√°veis para tanta gente. Voc√™ pode ver o v√≠deo de hoje abaixo ou clicando aqui.

[youtube_sc url=”https://youtu.be/tp-H1i_nOak”]

A reputação funciona como um sinal que informa as outras pessoas sobre a propensão de alguém agir de uma certa forma. Hoje vamos falar especificamente da reputação enquanto um sinal de que uma pesssoa é cooperativa e tende a retribuir as ajudas que recebe. Nesse sentido, a reputação costuma ser fundamental para a harmonia e a estabilidade de um grupo, já que tende a incentivar a cooperação entre os membros e a reduzir comportamentos egoístas de aproveitadores ou trapaceiros. Ao que tudo indica, essa preocupação com a própria reputação e a dos outros é uma herança que herdamos da vida em grupo que os primeiros humanos caçadores-coletores levavam. Durante cerca de 95% da existência da nossa espécie, nós vivemos como grupos de caçadores-coletores. As pessoas que vivem em grupos assim são altamente dependentes da cooperação entre os membros para conseguir sobreviver e se reproduzir.

Referências recomendadas

Consulte a seguir diferentes materiais discutindo reputação, cooperação, evolução e trapaceiros: link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link.

 

O que é linguagem e como a adquirimos? (vídeo)

Thumbnail Modelo 2

Hoje vamos falar sobre o que é linguagem, como ocorre a aquisição da linguagem no começo da vida e como algumas áreas do cérebro são essenciais para conseguirmos entender e usar a linguagem no dia a dia. Você pode ver o vídeo de hoje abaixo ou clicando aqui.

[youtube_sc url=”https://youtu.be/VdCDWX82bM8″]

Aqui vai um trecho do come√ßo do v√≠deo:¬†Linguagem √© uma forma de comunica√ß√£o que usa sons e s√≠mbolos a partir de regras gramaticais. Voc√™ usa a linguagem para produzir ora√ß√Ķes, frases, palavras, morfemas e fonemas, sendo que fonemas s√£o os sons b√°sicos que costituem a fala.¬† O ingl√™s √© composto por uns 40 fonemas; j√° o Rotokias de Papua Nova Guin√© faz uso de 11 fonemas enquanto o !X√≥√Ķ usado em Botswana e na Nam√≠bia √© composto por mais de 110 fonemas. O curioso √© que somos capazes de produzir muito mais fonemas do que os s√£o usados por qualquer um dos cerca de 7 mil idiomas existentes no mundo. As pessoas costumam falar cerca de 15 fonemas por segundo e umas 180 palavras por minuto. Embora exista alguma varia√ß√£o, as pessoas tendem a apresentar um desenvolvimento da linguagem muito parecido e isso n√£o √© por acaso. Seres humanos s√£o biologicamente predispostos a desenvolver linguagem. Crian√ßas s√£o capazes de aprender um idioma de forma r√°pida mesmo quando n√£o conseguem ver ou ouvir, j√° que crian√ßas surdas e cegas tamb√©m s√£o capazes de desenvolver linguagem.

Referências recomendadas

Nossa principal referência para o vídeo de hoje foi um capítulo do livro Ciência Psicológica escrito por Michael Gazzaniga e colaboradores que trata exatamente sobre linguagem e outros tópicos. Vale muito a pena conferir esse livro  na íntegra inclusive, é um ótimo livro introdutório!

Vou inserir aqui também uma série de materiais relevantes sobre linguagem, cérebro e idiomas que vai interessar você que assistiu o vídeo de hoje e curtiu o assunto: link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link.

Magreza √© sinal de sa√ļde? (v√≠deo)

243_thumb_magreza

Qual √© a rela√ß√£o entre magreza, sobrepeso e sa√ļde? Ter mais gordura no corpo faz mal? Ter pouca gordura faz bem? Hoje vamos falar sobre como peso e sa√ļde possuem uma rela√ß√£o mais complexa do que geralmente as pessoas imaginam. Voc√™ pode ver o v√≠deo de hoje abaixo ou clicando aqui.

[youtube_sc url=”https://youtu.be/iX1KZUE0_7o”]

Aqui vai um trecho do come√ßo do v√≠deo:¬†Em muitas culturas do mundo, √© comum que exista um estigma sobre o peso. Esse estigma se refere a estere√≥tipos e discrimina√ß√Ķes cujos alvos s√£o pessoas que n√£o atendam ao padr√£o de peso que √© considerado desej√°vel em uma cultura. Em muitos desses lugares, a magreza tende a ser vista como sinal de sa√ļde enquanto pessoas que fogem desse padr√£o tendem a sofrer discrimina√ß√£o no trabalho, nos relacionamentos e na m√≠dia. Mas ser√° que ser mais magro √© mesmo t√£o saud√°vel assim? A magreza excessiva pode se relacionar com diferentes defici√™ncias nutricionais, anemia, osteoporose, atrasos no desenvolvimento de crian√ßas e uma vulnerabilidade geral a doen√ßas em decorr√™ncia de um sistema imune enfraquecido. Esses problemas costumam resultar de comportamentos alimentares inadequados ou de condi√ß√Ķes mais cr√īnicas que dificultam o ganho de peso, tais como um metabolismo mais acelerado ou o hipertiroedismo.

Referências recomendadas

Aqui v√£o algumass refer√™ncias sobre sobrepeso, magreza, problemas de sa√ļde e assuntos relacionados: link, link, link, link,¬†link, link, link, link,¬†link, link, link, link,¬†link, link, link, link,¬†link, link, link, link,¬†link, link, link, link,¬†link, link, link, link,¬†link.

Fim dos likes no Instagram: Qual será o impacto psicológico? (vídeo)

242_thumb_instagram

O Instagram ocultou a quantidade de likes que aparece publicamente. Que consequências psicológicas podem ser esperadas a partir de agora dentro dessa rede social? Duas teorias psicológicas podem ajudar a entender isso: a teoria do sociometro e da comparação social. Você pode ver o vídeo de hoje abaixo ou clicando aqui.

[youtube_sc url=”https://youtu.be/5AIvqK19pJA”]

Aqui vai um pouco do come√ßo do v√≠deo:¬†Likes nas redes sociais s√£o interpretados por muita gente como feedbacks sobre a pr√≥pria reputa√ß√£o. Mas por que ser√° que esses feedbacks podem fazer voc√™ se sentir bem ou mal? A teoria do sociometro ajuda a entender isso. Ela prop√Ķe que a autoestima √© um tipo de term√īmetro social que reflete o quanto voc√™ percebe que √© bem visto e querido por outras pessoas. Se voc√™ se sente apreciado pelos outros, sua autoestima tender√° a ser maior. Uma das principais fun√ß√Ķes da autoestima ent√£o seria a de sinalizar o qu√£o bem voc√™ est√° indo nas suas rela√ß√Ķes sociais. Esse seria um dos motivos pelos quais as pessoas costumam se sentir mal quando s√£o criticadas, rejeitadas ou ignoradas por outros. Antes das redes sociais, as pessoas recebiam esses feedbacks durante suas intera√ß√Ķes presenciais com outros e de maneira mais privada. O advento das redes sociais levou isso para um novo patamar muito mais regular e p√ļblico.

Referências recomendadas

Você vai poder encontrar várias referências sobre Instagram, Facebook, a psicologia por detrás das redes sociais e algumas outras coisas nos links a seguir: link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link.

Como emagrecer com ajuda da psicologia?

241_thumb_emagrecer

Muita gente sofre para manter um peso saudável, mas sem se atentar para os processos psicológicos que facilitam ou dificultam o controle do peso, pode ser muito mais difícil. Hoje daremos algumas dicas de como a psicologia pode te ajudara a emagrecer. Você pode ver o vídeo de hoje abaixo ou clicando aqui.

[youtube_sc url=”https://youtu.be/UbVcGNM0CDM”]

Aqui vai um trecho do inc√≠o do v√≠deo:¬†A maioria das pessoas falha miservavelmente na tentativa de emagrecer e manter o seu emagrecimento. Eu sou o Andr√©, doutor em psicologia e hoje vou dar algumas dicas de como voc√™ pode melhorar a sua sa√ļde f√≠sica com a ajuda da psicologia. A obesidade tem se tornado cada vez mais comum em diferentes lugares ao redor do mundo por 2 principais motivos: maior ingest√£o de calorias e sedentarismo. Existem muitos outros fatores envolvidos na obesidade e podemos falar melhor disso em outro v√≠deo. Comenta aqui embaixo se quiser que a gente fale disso e aproveita para se inscrever aqui no canal tamb√©m! Pessoas obesas possuem maior risco de desenvolver diferentes doen√ßas, tais como doen√ßas cardiovasculares, que podem predisp√ī-las a incapacita√ß√Ķes graves e mortes prematuras. Por isso, identificar tratamentos efetivos pode salvar muitas vidas. Alguns dos tratamentos mais conhecidos s√£o dietas e cirurgias. Ambos tendem a facilitar a perda de peso a curto prazo para algumas pessoas, mas v√°rios estudos j√° evidenciaram que a perda de peso a longo prazo √© dif√≠cil para maioria das pessoas.

Referências recomendadas

Aqui v√£o algumas √≥timas refer√™ncias sobre obesidade, sa√ļde, dietas e emagrecimento. Certifique-se tamb√©m de conferir os v√≠deos que inserimos nos cards do v√≠deo de hoje, todos eles tem muito a ver com os assuntos que abordamos no v√≠deo: link, link, link, link,¬†link, link, link, link,¬†link, link, link, link,¬†link, link, link, link,¬†link, link, link, link,¬†link, link, link, link.

O que são antidepressivos? (vídeos)

240_thumb_antidepressivos

Você já ouviu falar de antidepressivos, tais como a Fluoxetina ou a Sertralina? Muita gente tem usado esse tipo de medicamento e hoje veremos um pouco sobre o que eles são e como podem te afetar. Você pode ver o vídeo de hoje abaixo ou clicando aqui.

[youtube_sc url=”https://youtu.be/C2U5GQ-hIsA”]

Aqui vai uma pr√©via do come√ßo do v√≠deo: antidepressivos s√£o medicamentos muito utilizados no tratamento da depress√£o, mas, sob certas condi√ß√Ķes, tamb√©m podem auxiliar no tratamento de outras condi√ß√Ķes envolvendo dificuldades com ansiedade, ins√īnia e dor cr√īnica, por exemplo. Existem diferentes grupos de antidepressivos, tais como os tric√≠clios, tetrac√≠clicos, inibidores da monoaminoxidase, inibidores seletivos da recapta√ß√£o de norepinefrina, dopamina ou serotonina. As pesquisas existentes indicam que todos tendem a possuir uma efic√°cia semelhante. As principais diferen√ßas s√£o a maneira como cada um afeta o c√©rebro e os efeitos colaterais que cada um pode causar. Os inibidores seletivos de recapta√ß√£o da serotonina s√£o os mais usados atualmente, tais como a Fluoxetina, a Sertralina e o Citalopram. A grande vantagem deles √© que tendem a causar menos efeitos colaterais em muitas pessoas.

Referências recomendadas

Vou incluir aqui várias referências sobre medicamentos psiquiátricos e antidepressivos que são bem recomendáveis para quem se interessa mais por esse assuntos: link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link.

Armas de fogo diminuem ou aumentam a violência? (vídeo)

239_thumb_armas

Armas de fogo e violência: existe alguma relação entre elas? Quando as pessoas estão mais armadas ficam com mais medo de sacanear umas às outras e agem de forma menos violenta ou atiram mais umas nas outras? Hoje vamos discutir o que várias pesquisas científicas levam a crer sobre isso. Você pode ver o vídeo de hoje abaixo ou clicando aqui.

[youtube_sc url=”https://youtu.be/sHAkA89MWxA”]

Aqui vai um trecho do in√≠cio do v√≠deo:¬†Armas de fogo s√£o apenas um dos diversos aspectos da sociedade e da sua vida que s√£o diretamente afetados pelas pol√≠ticas governamentais. O curso de pol√≠ticas p√ļblicas do Professor Ricardo Caldas facilita com que toda pessoa interessada possa partcipar ativamente destas decis√Ķes. Acesse o link na descri√ß√£o e saiba como voc√™ pode participar da democracia al√©m do voto! Existem v√°rios tipos de armas, mas hoje vamos falar das armas de fogo. Elas s√£o qualquer dispositivo capaz de lan√ßar proj√©teis em alt√≠ssimas velocidades depois que ocorre a queima de um propelente como a p√≥lvora dentro da arma. Essa queima provoca uma r√°pida expans√£o de gases no interior da arma e isso resulta no disparo da muni√ß√£o. Como essas armas podem ser altamente letais, muitos governos imp√Ķem regras de como elas podem ser usadas pela popula√ß√£o. No caso do Brasil, o governo pode conceder a posse ou o porte de armas. A posse permite que uma pessoa adquira uma arma de fogo para mant√™-la em sua casa ou local de trabalho. J√° o porte de arma permite que a pessoa ande com a arma por ai.

Referências recomendadas

Talvez esse seja o vídeo mais referências por detrás que já fizemos aqui no canal! Muito artigo sobre violência, suicídio, armas de fogo e por ai vai! Se você tem interesse nesse assunto, aqui vai uma grande quantidade de coisas para ler: link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link.

Medica√ß√Ķes psiqui√°tricas fazem bem ou mal? (v√≠deo)

238_thumb_medica√ß√Ķes

Medica√ß√Ķes s√£o usadas por psiquiatras para ajudar pessoas que vivem diferentes problemas, mas ser√° que elas ajudam mesmo ou nem fazem tanta diferen√ßa assim? A resposta para isso n√£o √© t√£o simples e hoje vamos falar sobre alguns dos fatores que influenciam no efeito das medica√ß√Ķes e o que se sabe sobre a efic√°cia de antidepressivos para dar um exemplo.

Você pode ver o vídeo de hoje abaixo ou clicando aqui.

[youtube_sc url=”https://youtu.be/qeOWOt_SzJ4″]

Aqui vai um trecho do come√ßo do v√≠deo:¬†As medica√ß√Ķes psiqui√°tricas s√£o feitas de subst√Ęncias capazes de alterar a mente, as emo√ß√Ķes ou os comportamentos das pessoas e chamamos esse tipo de subst√Ęncia de psicoativa. Alguns dos principais tipos de medica√ß√Ķes s√£o os antidepressivos, antipsic√≥ticos, estabilizadores de humor, ansiol√≥ticos e hipn√≥ticos. Se voc√™ gostaria que fal√°ssemos de algum deles em v√≠deos futuros, se inscreva no canal e comente aqui embaixo para a gente saber! O efeito de uma medica√ß√£o psiqui√°trica depende muito de cada organismo, ent√£o √© comum que um psiquiatra precise testar diferentes medica√ß√Ķes e diferentes dosagens at√© encontrar um que traga os efeitos desejados com o m√≠nimo de efeitos colaterais. A maior parte das medica√ß√Ķes n√£o possui um efeito imediato e √© necess√°rio que a pessoa tome a medica√ß√£o por algumas semanas at√© observar uma melhora. Muita gente n√£o tem paci√™ncia com isso e interrompe o tratamento bem antes do que devia.

Referências recomendadas

Hoje tem muita refer√™ncia sobre o assunto! Como eu disse no v√≠deo, √© um assunto com muita controv√©rsia em torno dele e muitas pesquisas j√° foram feitas para testar a efic√°cia de tratamentos baseados em medica√ß√Ķes psiqui√°tricas. Tudo o que a gente menciona no v√≠deo e muito mais pode ser acessado nos links a seguir: link, link, link, link,¬†link, link, link, link,¬†link, link, link, link,¬†link, link, link, link,¬†link, link, link, link,¬†link, link, link, link,¬†link, link, link, link,¬†link, link, link, link,¬†link, link, link.

O que gosto musical tem a ver com personalidade? (vídeo)

237_thumb_gosto_musical

Voc√™ j√° reparou alguma rela√ß√£o entre as m√ļsicas que mais ouve e a sua pr√≥pria personalidade? Hoje falaremos de algumas pesquisas que t√™m explorado como alguns estilos de m√ļsica podem se relacionar com os tra√ßos de personalidade de algu√©m. Voc√™ pode ver o v√≠deo de hoje abaixo ou clicando aqui.

[youtube_sc url=”https://youtu.be/OjE0Mrgcurg”]

Ah, e para quem n√£o entendeu as nossas men√ß√Ķes visuais do v√≠deo de hoje, fizemos um desenho do Andr√© Matos, um dos maiores cantores brasileiros que j√° existiram e que faleceu semana passada (famoso por ter sido o cantor do Angra e do Shaman). E para entender a nossa men√ß√£o ao Bruno e Barretto falando algo esquisito, veja esse v√≠deo que voc√™ n√£o se arrepender√°.

Aqui vai um trecho do come√ßo do v√≠deo: Hoje veremos como alguns tra√ßos de personalidade que j√° explicamos antes est√£o ligados √†s prefer√™ncias musicais das pessoas. Veja ou reveja o nosso v√≠deo sobre personalidade para n√£o ter risco de ficar boiando. Eu sou o Andr√©, doutor em psicologia e minha banda favorita √© o Led Zeppelin. Quando as pessoas ouvem uma m√ļsica, existem pelo menos 3 caracter√≠sticas que influenciam o quanto elas gostam da m√ļsica: a val√™ncia, a profundidade e a excitabilidade. A val√™ncia √© o quanto a m√ļsica se remete a sentimentos de felicidade, divers√£o, entusiasmo ou tristeza enquanto a profundidade capta o quanto a m√ļsica √© sofisticada, inteligente e profunda. A excitabilidade tem a ver com o quanto a m√ļsica √© intensa e forte.

Referências recomendadas

A seguir voc√™ poder√° acessar v√°rias pesquisas e materiais sobre como as prefer√™ncis musicais podem estar ligadas a diferentes tra√ß√Ķes de personalidade e outras caracter√≠sticas que citamos no v√≠deo de hoje: link, link, link, link,¬†link, link, link, link,¬†link, link, link, link.