Reflex√Ķes Ps√≠quicas #7 Controle (v√≠deo)

106_thumb_controle

O que voc√™ j√° fez hoje que foi cuidadosamente pensado, planejado e decidido? E o que voc√™ fez quase automaticamente de t√£o rotineiro que j√° √© fazer aquilo? Embora possamos ter a sensa√ß√£o de estar controlando as nossas a√ß√Ķes na maior parte do tempo, o nosso modo de piloto autom√°tico √© que costuma ser a regra por detr√°s dos nossos comportamentos.

“Reflex√Ķes Ps√≠quicas” √© uma s√©rie de v√≠deos que visa instigar a reflex√£o sobre assuntos que abordamos no canal e tamb√©m explorar a sabedoria que podemos extrair da ci√™ncia para nossas vidas. A ideia dessa s√©rie foi inspirada no formato tamb√©m usado na s√©rie Sagan (que n√≥s j√° at√© divulgamos na nossa p√°gina do Facebook). Gostaram do s√©timo epis√≥dio? D√™ a sua opini√£o nos coment√°rios pra gente saber ūüėČ

Você pode ver o vídeo de hoje abaixo ou clicando aqui.

[youtube_sc url=”https://youtu.be/Lnp-KBBK4vk”]

Referências recomendadas

Nossas principais recomenda√ß√Ķes para o v√≠deo de hoje s√£o outros dois v√≠deos nossos que falam sobre racionalidade e intui√ß√£o: o nosso v√≠deo que √© exatamente sobre isso e o nosso outro v√≠deo sobre voto. No post de cada um deles (aqui e aqui) tamb√©m tem algumas refer√™ncias de base.

Trauma (vídeo)

105_thumb_trauma

Algumas experiências podem ser traumáticas, como participar de uma guerra, ser vítima de um desastre natural ou de algum tipo de violência. Mas o que determina se uma situação como essas será traumática pra alguém? E quais podem ser as consequências de passar por uma situação traumática? Nó vídeo de hoje, falaremos um pouco sobre o que sabemos atualmente acerca do trauma. Você pode ver o vídeo de hoje abaixo ou clicando aqui.

[youtube_sc url=”https://youtu.be/zd8dvHHfCF0″]

Tivemos uma referência hoje no vídeo ao Batman. Pra quem não sabe, o personagem do Batman caiu em um poço na sua casa quando era pequeno e lá estava cheio de morcegos. O Bruce Wayne ficou apavorado com os morcegos e ao longo da vida vivia tendo flashbacks e pesadelos que o faziam reviver aquela situação traumática. Aqui você pode ver a cena do filme Batman Begins na qual ele cai no poço e aqui, outra cena na qual ele tem um pesadelo relembrando esse episódio de forma bem vívida.

Referências recomendadas

O v√≠deo de hoje est√° intimamente ligado ao v√≠deo anterior que fizemos sobre estresse. Ent√£o a seguir vou disponibilizar pra voc√™s materiais relativos a estresse e trauma, como eles funcionam e quais s√£o os seus impactos na forma como pensamos, agimos e na nossa sa√ļde: link, link, link, link, link, link, link, link, link, link,¬†link.

Estresse (vídeo)

104_thumb_estresse

Voc√™ anda muito estressado? Um pouco de estresse pode at√© ser √ļtil em v√°rias situa√ß√Ķes, mas, em excesso, ele pode ser um “veneno” para nossas mentes e nossa sa√ļde. No v√≠deo de hoje, falaremos um pouco sobre o que √© e como funciona o estresse, al√©m de como ele pode afetar a sa√ļde, o c√©rebro e o comportamento das pessoas. Voc√™ pode ver o v√≠deo de hoje abaixo ou clicando aqui.

[youtube_sc url=”https://youtu.be/KsfR1bIxmQw”]

Referências recomendadas

A seguir, você terá acesso a um conjunto de links que vão te direcionar para sites, páginas especializadas e artigos sobre estresse e assuntos correlatos: link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link.

Cuidado com os seus conselhos! (vídeo)

102_thumb_conselhos

Quem nunca deu conselhos pra um amigo, parente ou parceiro rom√Ęntico passando por uma dificuldade? Geralmente tentamos dar suporte e motivar a pessoa da melhor maneira que conseguimos. Mas por uma s√©rie de raz√Ķes, os conselhos que as pessoas costumam dar umas para as outras podem n√£o ajudar tanto assim quanto parece ou, na pior das hip√≥teses, podem at√© mesmo atrapalhar. No v√≠deo de hoje, vamos falar sobre o que √© a comunica√ß√£o emp√°tica e como voc√™ pode exercit√°-la! Voc√™ pode ver o v√≠deo de hoje abaixo ou clicando aqui.

[youtube_sc url=”https://youtu.be/IWUek8tFBxc”]

Referências recomendadas

Murta, S. G. (2005).¬†Aplica√ß√Ķes do treinamento em habilidades sociais: An√°lise da produ√ß√£o nacional.¬†Psicologia: Reflex√£o e Cr√≠tica, 2005, 18¬†(2), 283-291.

Esse é um artigo de revisão de literatura de uma importante pesquisadora sobre o assunto no Brasil.

Conte, F. C. & Brand√£o, M. Z. S. (2003). Falo? Ou n√£o falo? Expressando sentimento e comunicando ideias. Arapongas: Mecenas.

Del Prette, A. & Del Prette, Z. A. P. (2001). Psicologia das rela√ß√Ķes interpessoais: Viv√™ncias para o trabalho em grupo. Rio de Janeiro: Vozes.

Del Prette, A. & Del Prette, Z. A. P. (2008). Habilidades sociais, desenvolvimento e aprendizagem: Quest√Ķes conceituais, avalia√ß√£o e interven√ß√£o. S√£o Paulo: Al√≠nea.

Caballo, V. E. (2003). Manual de avaliação e treinamento das habilidades sociais. São Paulo: Santos.

Esses s√£o livros importantes no √Ęmbito nacional para quem se interessar em um maior aprofundamento no assunto.

Crush (vídeo)

101_thumb_crush

Quando o cupido acerta na pontaria, o cora√ß√£o da pessoa bate mais forte por algu√©m – o crush! Saiba um pouco mais sobre como isso acontece e o que influencia quem ser√° o seu crush no v√≠deo de hoje! Ah, e a gente tamb√©m d√° algumas dicas sobre como transformar esse crush em um romance ūüėČ

Você pode ver o vídeo de hoje abaixo ou clicando aqui.

[youtube_sc url=”https://youtu.be/QKrHjCb2ogY”]

Referências recomendadas

Assim como no nosso vídeo sobre amor, o capítulo do handbook abaixo foi muito importante para a elaboração do vídeo de hoje (a gente comentou um pouco mais sobre esse capítulo no vídeo sobre amor, dá uma olhada no post que fizemos desse vídeo aqui no blog também!).

Aron A.; Fisher H.; & Strong G. (2006). Romantic love. In Vangelisti A., Perlman D. (Eds.), Cambridge handbook of personal relationships (pp. 595-614). Cambridge: Cambridge University Press.

Agora vou listar uma s√©rie de links para artigos, mat√©rias, posts e sites especializados com muitas informa√ß√Ķes sobre atra√ß√£o interpessoal e temas relacionados (link, link, link,¬†link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link).