Por que as pessoas se importam com a opinião dos outros? (vídeo)

245_thumb_reputação

Voc√™ j√° se sentiu mal depois de ouvir uma cr√≠tica de algu√©m ou se sentir ignorado nas redes sociais? Hoje vamos falar sobre como o passsado evolutivo da nossa esp√©cie e as circunst√Ęncias atuais em diferentes culturas podem te ajudar a entender porque essas coisas s√£o t√£o desconfort√°veis para tanta gente. Voc√™ pode ver o v√≠deo de hoje abaixo ou clicando aqui.

[youtube_sc url=”https://youtu.be/tp-H1i_nOak”]

A reputação funciona como um sinal que informa as outras pessoas sobre a propensão de alguém agir de uma certa forma. Hoje vamos falar especificamente da reputação enquanto um sinal de que uma pesssoa é cooperativa e tende a retribuir as ajudas que recebe. Nesse sentido, a reputação costuma ser fundamental para a harmonia e a estabilidade de um grupo, já que tende a incentivar a cooperação entre os membros e a reduzir comportamentos egoístas de aproveitadores ou trapaceiros. Ao que tudo indica, essa preocupação com a própria reputação e a dos outros é uma herança que herdamos da vida em grupo que os primeiros humanos caçadores-coletores levavam. Durante cerca de 95% da existência da nossa espécie, nós vivemos como grupos de caçadores-coletores. As pessoas que vivem em grupos assim são altamente dependentes da cooperação entre os membros para conseguir sobreviver e se reproduzir.

Referências recomendadas

Consulte a seguir diferentes materiais discutindo reputação, cooperação, evolução e trapaceiros: link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link.

 

Fim dos likes no Instagram: Qual será o impacto psicológico? (vídeo)

242_thumb_instagram

O Instagram ocultou a quantidade de likes que aparece publicamente. Que consequências psicológicas podem ser esperadas a partir de agora dentro dessa rede social? Duas teorias psicológicas podem ajudar a entender isso: a teoria do sociometro e da comparação social. Você pode ver o vídeo de hoje abaixo ou clicando aqui.

[youtube_sc url=”https://youtu.be/5AIvqK19pJA”]

Aqui vai um pouco do come√ßo do v√≠deo:¬†Likes nas redes sociais s√£o interpretados por muita gente como feedbacks sobre a pr√≥pria reputa√ß√£o. Mas por que ser√° que esses feedbacks podem fazer voc√™ se sentir bem ou mal? A teoria do sociometro ajuda a entender isso. Ela prop√Ķe que a autoestima √© um tipo de term√īmetro social que reflete o quanto voc√™ percebe que √© bem visto e querido por outras pessoas. Se voc√™ se sente apreciado pelos outros, sua autoestima tender√° a ser maior. Uma das principais fun√ß√Ķes da autoestima ent√£o seria a de sinalizar o qu√£o bem voc√™ est√° indo nas suas rela√ß√Ķes sociais. Esse seria um dos motivos pelos quais as pessoas costumam se sentir mal quando s√£o criticadas, rejeitadas ou ignoradas por outros. Antes das redes sociais, as pessoas recebiam esses feedbacks durante suas intera√ß√Ķes presenciais com outros e de maneira mais privada. O advento das redes sociais levou isso para um novo patamar muito mais regular e p√ļblico.

Referências recomendadas

Você vai poder encontrar várias referências sobre Instagram, Facebook, a psicologia por detrás das redes sociais e algumas outras coisas nos links a seguir: link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link.

Ci√ļme (v√≠deo)

210_thumb_ci√ļme

O ci√ļme √© uma rea√ß√£o comum em v√°rias culturas que, em n√≠veis extremos, pode levar uma pessoa a atos de viol√™ncia contra o seu parceiro, um potencial rival ou contra si mesmo. Hoje falaremos um pouco sobre o que √© o ci√ļme e daremos algumas dicas de como lidar melhor com ele. Voc√™ pode ver o v√≠deo de hoje abaixo ou clicando aqui.

[youtube_sc url=”https://youtu.be/htCse6gN7fI”]

Referências recomendadas

Nossos v√≠deos sobre amor, infidelidade, assertividade, habilidades sociais, estilos de apego e autoestima s√£o bons complementos para o v√≠deo de hoje. √Č s√≥ dar uma pesquisada na p√°gina do nosso canal que voc√™ acha todos eles! Aqui v√£o algumas indica√ß√Ķes de bons materiais sobre ci√ļme que expandem bastante o assunto al√©m do que falamos no v√≠deo: link, link, link, link, link,¬†link, link, link, link, link,¬†link, link, link, link, link,¬†link, link, link, link, link,¬†link, link, link.

 

Bullying: O que é e como diminuí-lo? (vídeo)

207_thumb_bullying

O bullying √© entendido na psicologia como uma forma de viol√™ncia que, apesar de muitos considerarem inofensivo, t√™m se mostrado uma amea√ßa √† sa√ļde de crian√ßas e adolescentes de acordo com v√°rias pesquisas. Voc√™ pode ver o v√≠deo abaixo ou clicando¬†aqui.

[youtube_sc url=”https://youtu.be/v-5TfJ39sC0″]

Referências recomendadas

Aqui vão boas referências para quem quiser se aprofundar no assunto que abordamos hoje: link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link.

O que você prefere: Mentiras ou verdades? (vídeo)

159_thumb_mentira_verdade

Na nova ferramenta do Youtube, a aba Comunidade, perguntamos que tema vocês queriam que a gente abordasse até o fim do ano. No vídeo de hoje, falaremos um pouco sobre o porquê às vezes podemos nos apegar tanto a certas crenças mesmo que elas estejam incorretas. Você pode ver o vídeo de hoje abaixo ou clicando aqui.

[youtube_sc url=”https://youtu.be/Qj_1GRDnKjQ”]

Referências recomendadas

As principais refer√™ncias para o v√≠deo de hoje v√™m de v√≠deos anteriores nosssos sobre racioc√≠nio motivado, vi√©s de confirma√ß√£o e autoestima (estes v√≠deos est√£o nos cart√Ķes do v√≠deo de hoje). Aqui v√£o alguns outros links para o v√≠deo de hoje: link, link, link, link, link, link, link.

 

Autoestima e narcisismo (vídeo)

130_thumb_autoestima

A sua autoestima tem a ver com o quanto você gosta da visão que tem de si mesmo, ou seja, do seu self. Ter uma autoestima positiva pode estar ligado a muitos benefícios, mas uma autoestima excessivamente positiva pode se relacionar com coisas como o narcisismo. Você pode ver o vídeo de hoje abaixo ou clicando aqui.

[youtube_sc url=”https://youtu.be/LIHkETn66zk”]

Para quem não entendeu as referências de hoje: o desenho que aparece no thumbnail é o Johnny Bravo. Ele era o personagem de um desenho do Cartoon Network. Acho que é difícil pensar em um melhor exemplo de personagem narcisista do que ele (aqui tem alguns exemplos disso). Nós também mencionamos o Gary do desenho Pokémon em outro desenho. O cara simplesmente andava de um lado pro outro com uma torcida organizada dele hahahaha

Referências recomendadas

Mencionamos muitos tópicos no vídeo de hoje, mas aqui eu vou inserir alguns links principalmente falando de autoestima e narcisismo porque esses são os dois principais tópicos mesmo. As nossas principais fontes foram alguns ótimos manuais de psicologia social como o do Baron e Branscombe, o do Myers e os seguintes:

Aronson, E., Wilson, T. D., & Akert, R. M. (2002) Psicologia social. São Paulo: LTC.

Fiske, S. T., & Taylor, S. E. (2008). Social cognition: From brains to culture (1 ed.). New York: McGraw-Hill.

Seguem aqui também alguns links de artigos de revisão, matérias e sites sobre autoestima e narcisismo (destaque especial para uma ótima revisão do ano passado sobre os estudos acerca do narcisismo): link, link, link, link, link, link, link, link, link.