A ilusão de Deus

Na última semana, o meio acadêmico se viu tomado por uma polêmica produzida pelo novo livro de Richard Dawkins, “The God Delusion”. Dawkins é um ateu praticante. Ele defende que a única resposta válida para todas as questões metafísicas e transcendentais é biológica. A religião e todas as suas formas de influência são maléficas, na medida em que nublam a capacidade de pensar, de ser inteligente – inteligência é uma palavra de origem latina, intellegere, cujo significado seria o de “ler entre as linhas”, captar o não-verbal do discurso, compreender a intenção não anunciada – segundo o polêmico biólogo e etologista inglês. O livro parece bom. Já o encomendei e aguardo ansiosamente a sua chegada. Para quem não conhece Dawkins, recomendo a leitura de “O gene egoísta”. E viva o secularismo!

Discussão - 9 comentários

  1. Anonymous disse:

    Gostei disso que voce escreveu da inteligência. bem bacana

  2. Lacerda disse:

    A respeito da questão sobre Deus e Religião, são valiosas as ponderações feitas pelo renomado e notável biólogo Francis Collins. Recentemente, aliás, referido cientista deu uma entrevista à Veja (edição de 24 de janeiro de 2007), onde contestou, veementemente, as afirmações de Dawkins. O tema, sem dúvida, é apaixonante. Abraço!

  3. Amigo de Montaigne disse:

    Caro Lacerda, sou mais Dawkins.Abraço!

  4. Lacerda disse:

    Estimado Amigo de Montaige, É claro que respeito a sua opinião, assim como a de Dawkins. Partimos, no entanto, de dogmas distintos. Premissas diferentes causam, inexoravelmente, conclusões diversas. Ciência e religião não se repelem, antes se completando. Grande abraço!

  5. Lacerda, religião para quem precisa dela!Abrço!

  6. Anonymous disse:

    A ciência busca a explicação para idealmente todas as coisas, mas sabemos que ainda estamos longe de todas as conclusões. A religião já tem a resposta a todas as coisas (geralmente atribui-se tudo, em última análise, à vontade de Deus). É claro que para acalmar nosso sntimento de culpa e impotência frente a algumas situações, cai bem acreditar que sempre há um porquê. Mas, duvido…À propósito da época, o que Deus diria sobre os milhões de reais jogados no lixo nos desfiles de Carnaval, enquanto milhares de africanos morrem de AIDS sem qualquer acesso a seu tratamento (que existe e sabidamente modifica sobremaneira a qualidade e sobrevida dos pacientes)? Eles devem ter feito algo muito feio mesmo….

  7. Amigo de Montaigne disse:

    Anônimo, precisas palavras.

  8. Anônimo, não confunda Deus com religião. O maior amor do mundoPessoas correndo, com medo.Sangue jorrando,todos gritando.O odor pútrido do sangue, exalando todo seu calor.Choro, berro,corpos inertes,e outros que invejam seu estado.Gemidos. Orações desesperadas.Brados de horror.E outros de alegria.Essa cena,que para muitos pode parecer a maior prova do ódio,da crueldade,é, na verdade,uma prova incontestávelde Amor.Amor sim.Amor com letra maiúscula,amor de quem ama um passarinho,e exatamente por amá-lo,deixa-o voar.Assim Ele nos ama,como quem não quer soltar.Mas solta.

  9. Júlia disse:

    Sou atéia,respeito a todos(embora quase todos nao me respeitem por minha escolha)…Mais esse livro me chamou a atenção,ontem fui na bienal aqui de minha cidade e hj vou voltar para comprar este livro entre outros….

Envie seu comentário

Seu e-mail não será divulgado. (*) Campos obrigatórios.

Categorias

Skip to content

Sobre ScienceBlogs Brasil | Anuncie com ScienceBlogs Brasil | Política de Privacidade | Termos e Condições | Contato


ScienceBlogs por Seed Media Group. Group. ©2006-2011 Seed Media Group LLC. Todos direitos garantidos.


Páginas da Seed Media Group Seed Media Group | ScienceBlogs | SEEDMAGAZINE.COM