Canadá (1)

Caros amigos, acabo de aterrissar em território brasileiro. Foram pouco mais de quinze dias de ausência deste blog. Vamos aos destaques. Museu de Belas Artes de Montreal – além do ótimo acervo, tive a sorte de visitar os últimos dias da exposição “Love”, sobre a vida e a obra de Yves Saint Laurent. Confesso que não era dos mais entusiasmados, pois está longe de ser minha área de interesse a moda ou os seus ícones. Saí com a impressão de que YSL esgotou a moda, nada mais é novidade, nada mais é original e nada mais é mais elegante que um vestido noir de YSL. Talvez falte aos estilistas atuais o profundo contato e conhecimento que YSL tivera com a melhor literatura de todos os tempos, a sua formação humanista, ponto muitas vezes e intencionalmente deixado de lado em qualquer nota biográfica. YSL faz até Madonna parecer old-fashioned. Museu da Civilização de Ottawa – na capital canadense, o prédio do museu cheio de curvas e recortes já vale a visita. O ponto alto foi a exposição temporária sobre o pianista canadense Glenn Gould, o meu favorito intérprete de Bach. Havia vasto material multimídia. Dentre eles, o mais interessante era uma estação que convidava o visitante a ouvir cinco interpretações da variação Goldberg número 18, todas elas executadas em diferentes ocasiões por Gould, e tentar descobrir o que havia de diferente entre elas – como comentário, podia-se ler o seguinte depoimento do pianista: “Nunca toco a mesma música da mesma maneira. Para isso existem as gravações de concertos”. As diferenças estavam na velocidade e na intensidade da execução. Outros destaques – Museu da Civilização de Quebéc, a região de Charlevoix, a exposição “Passengers” sobre o aniversário de 400 anos da cidade de Quebéc (1608-2008), livrarias (comprei o último livro do Philip Roth, Indignation), restaurantes e bistrôs em geral e a cordialidade do povo canadense.

P.S.1: Estou devendo algum comentário sobre o livro do Alberto Manguel, “A cidade das palavras”, e o farei em breve. Coincidência ou não, Manguel, que é cidadão canadense, cita a seguinte passagem (página 74): “Reza uma lenda que o nome ‘Canadá’ foi dado ao país quando os primeiros exploradores espanhóis desembarcaram na Colúmbia Britânica e exclamaram’Acá nada!'”.

P.S.2: Tentarei responderei alguns dos muitos e-mails que recebi nesse período. Agradeço o carinho de todos.

Discussão - 2 comentários

  1. JS disse:

    E o museu de arte contemporânea de Ottawa, não visitaste, Amigo?

  2. JS disse:

    Sabe, a moda é algo muito interessante e mágico para mim, embora não seja fashionista e não entenda muito do assunto. Mas é curioso: acho encantador assistir desfiles de moda na TV, me fascinam, inexplicável. Provavelmente adoraria ter visto esta exposição.E o museu de arte contemporânea de Ottawa, não visitaste, Amigo?

Envie seu comentário

Seu e-mail não será divulgado. (*) Campos obrigatórios.

Categorias

Skip to content

Sobre ScienceBlogs Brasil | Anuncie com ScienceBlogs Brasil | Política de Privacidade | Termos e Condições | Contato


ScienceBlogs por Seed Media Group. Group. ©2006-2011 Seed Media Group LLC. Todos direitos garantidos.


Páginas da Seed Media Group Seed Media Group | ScienceBlogs | SEEDMAGAZINE.COM