Às vezes, caminhar sem método

Escola de Atenas, Rafael Sanzio, 1506-1510, Afresco (detalhe)

Alguns livros valem a sua leitura por uma ou algumas passagens memoráveis. F. Scott Fitzgerald, por exemplo. Se após a leitura do primeiro parágrafo do Grande Gatsby o leitor desistir de seguir adiante, valeu o pequeno esforço. Lá vai a prova:
In my younger and more vulnerable years my father gave me some advice that I’ve been turning over my mind ever since. “Whenever you feel like criticising any one,” he told me, “just remember that all the people in this world haven’t had the advantages that you’ve had”.
Agora, abra ao acaso qualquer página de qualquer obra de Dostoiévski. Os exemplos serão inesgotáveis. Crime e Castigo:
Aquele que tem consciência sofre reconhecendo o seu erro. É o castigo. (…) O sofrimento acompanha sempre uma inteligência elevada e um coração profundo.
Ainda:
Há no coração aquele vago sentimento de satisfação que ainda o homem mais compassivo não deixa de experimentar à vista da desgraça alheia.
Excertos sem fim. Caminhar, ainda que sem método, por uma livraria. Eis um de meus maiores prazeres.

Discussão - 1 comentário

  1. Max disse:

    Também adoro fazer isso.

Envie seu comentário

Seu e-mail não será divulgado. (*) Campos obrigatórios.

Categorias

Skip to content

Sobre ScienceBlogs Brasil | Anuncie com ScienceBlogs Brasil | Política de Privacidade | Termos e Condições | Contato


ScienceBlogs por Seed Media Group. Group. ©2006-2011 Seed Media Group LLC. Todos direitos garantidos.


Páginas da Seed Media Group Seed Media Group | ScienceBlogs | SEEDMAGAZINE.COM