Bandeira e o ócio


www.itsalltrue.com.br/2000/fotos/carvoeir.jpg

Sábado é o dia perfeito para o ócio. Como diz Kien, personagem de Canetti em seu “Auto-de-fé”, “sem ócio não há arte”. Então aproveito o dia e resolvo folhear Manuel Bandeira. Acabo por ler “Meninos Carvoeiros”. E que melancolia!

(…)
– Eh, carvoero! Só mesmo estas crianças raquíticas
Vão bem com estes burrinhos descadeirados.
A madrugada ingênua parece feita para eles…
Pequenina, ingênua miséria!
Adoráveis carvoierinhos que trabalhais como se brincásseis!
– Eh, carvoero!
Quando voltam, vêm mordendo num pão encarvoado,
Encarapitados nas alimárias,
Apostando corrida,
Dançando, bamboleando nas cangalhas como espantalhos desamparados!

Discussão - 2 comentários

  1. Jerepilda disse:

    E é muito triste imaginar que as crianças cada vez mais (ou pelo menos ainda em alta freqüência) “brincam” em troca de algum dinheiro que apenas permite que continuem comendo luz…

  2. É, a nossa Belíndia é assim, infelizmente, mas sou um panglossiano incorrígivel.

Envie seu comentário

Seu e-mail não será divulgado. (*) Campos obrigatórios.

Categorias

Skip to content

Sobre ScienceBlogs Brasil | Anuncie com ScienceBlogs Brasil | Política de Privacidade | Termos e Condições | Contato


ScienceBlogs por Seed Media Group. Group. ©2006-2011 Seed Media Group LLC. Todos direitos garantidos.


Páginas da Seed Media Group Seed Media Group | ScienceBlogs | SEEDMAGAZINE.COM