A boa dor de Heine

Heinrich Heine, litografia, 1851

Recebi dois e-mails comentando o “post” anterior. Fui indagado a respeito da emoção provocada pela língua pátria. Escreveu o missivista: “Sou brasileiro e fiquei muitos anos vivendo no interior da Austrália, em Darwin, Northern Territory. Lá a população era muito miscigenada, com muitos asiáticos. Falava inglês a maior parte do tempo e nas raras ocasiões em que encontrei brasileiros, começava a falar o português desenfreadamente e me sentia feliz, renovado por falar a minha verdadeira língua. Isso tem a ver com o pensamento? (…)”. Acho que a melhor resposta para essa pergunta já foi respondida pelo poeta alemão Heine: “Quando escuto falar alemão,/Sinto uma emoção diferente./Me parece que o meu coração/Sangra deliciosamente.” O último verso exigiria algumas elucubrações que prefiro deixar para cada um de vocês. Até!

Discussão - 3 comentários

  1. Anonymous disse:

    Provavelmente o missivista não sentiria a mesma coisa ao conversar com um português (embora em português). Conversar com alguém da terra natal quando fora dela nos faz sentir íntimos de alguém que nunca vimos, porque somos capazes de compartilhar informações e emoções próprias da Pátria. Acho que essa mesma sensação seria provocada se, por alguma razão, esse encontro tivesse que ser “conversado” em outra língua que não o “brasileiro”.

  2. amigo de montaigne disse:

    Então você acredita que dois brasileiros juntos, por exemplo, um falando alemão e o outro chinês, a emoção seria a mesma( ambos comprtilham da mesma terra natal, da mesma cultura e, muito certamente, dos mesmos valores)? Acho que você não está muito certo (a), mas vejo algum fundamento em seu raciocínio. Obrigado pelo coemntário!

  3. luiz damasceno disse:

    que fundamento???

Envie seu comentário

Seu e-mail não será divulgado. (*) Campos obrigatórios.

Categorias

Skip to content

Sobre ScienceBlogs Brasil | Anuncie com ScienceBlogs Brasil | Política de Privacidade | Termos e Condições | Contato


ScienceBlogs por Seed Media Group. Group. ©2006-2011 Seed Media Group LLC. Todos direitos garantidos.


Páginas da Seed Media Group Seed Media Group | ScienceBlogs | SEEDMAGAZINE.COM