Niemeyer, o último cético?

Harold Bloom diz que o mais belo ensaio de Montaigne foi aquele escrito por último, “Sobre a Experiência”. Tenho de dizer que compartilho dessa opinião. É interessante notar como a velhice, que deveria tornar a maioria dos homens mais sábia, faz com que as pessoas passem a tratar o tema da morte com mais frequência e detimento. Esse foi o caso, além do sábio de Périgord, de Goethe, Emerson, Nietzsche e Freud, dentre outros. Na última semana, vagueando pelo site ALDAILY, encontrei algumas entrevistas bastante exemplares. Uma delas, imperdível, foi dada por Alexander Solzhenitsyn para a revista “Der Spiegel”. O título da matéria, ilustrada por uma foto em que o escritor russo (por uma dessas infelizes ironias do destino) muito se parece com o atual Fidel Castro, é “I am not afraid of death”. Há uma declaração curiosa quando indagado a respeito da religião:”Para mim, a fé é o alicerce e o apoio para a vida”. Outra entrevista obrigatória é aquela que foi dada pelo filósofo Ernst Tugendhat. Perguntou o jornalista: “Professor Tugendhat, your most recent philosophy deals with fear of death. When was the first time you experienced this fear?”. Isto todos sabem, que a vida apresenta fases com enfoques reflexivos e preocupações diferentes. Goethe escreveu que a criança é um realista, o jovem um idealista, o homem adulto um cético, o homem idoso um místico. Fico me perguntando, perturbado pela curiosidade, se o famoso arquiteto e materialista brasileiro Oscar Niemeyer terá se convertido ao tal misticismo…

Discussão - 12 comentários

  1. kx disse:

    Detectei talvez um prazer mórbido em observar essa conversão mística? Mais sintomas niilistas. Estou ficando preocupado…

  2. Anonymous disse:

    Deixem o velhinho bater com as dez em paz!

  3. amigo de montaigne disse:

    Kx, não imagino o momento de minha conversão, mas parece um fato inescapável, até para o mais incrédulo dentre todos os incrédulos. Será um prazer mórbido ou apenas curiosidade genuína em relação a Niemeyer? P.S.: O “velhinho” não gostaria de ler esse comentário…

  4. r.o. disse:

    pelos dizeres de Niemeyer, ele não parece convertido, não.

  5. ped paulo disse:

    Como vc pode dizer isso, r.o.? Não captei a profundidade.

  6. r.o. disse:

    O importante é a VIDA!!!, Ped Paulo.

  7. kx disse:

    Não acho a conversão algo determinado, Amigo. Será que precisarei passar por provações para me considerar ateu? Isso termina por se transformar em um tipo de gnose e daí para uma metafísica é um simples passo! Assumamos então, que só existem ateus vivos!

  8. kx disse:

    Ou pelo menos, não moribundos… rsrsrsrs

  9. AMIGO DE MONTAIGNE disse:

    Kx, parece mas não é inescapável. Lembre-se do velho Darcy Ribeiro, que agonizou bradando não acreditar em Deus…

  10. Anonymous disse:

    quem já superou a necessidade de discutir a existência de Deus, que não existe mesmo, leva uma vida mais feliz.

  11. Anonymous disse:

    E NESTE DO NIEMEYER TBM FUI CENSURADO.PROTESTO.NÃO HÁ PROBLEMA NENHUM NO PC.ENTÃO DEIXE-ME PELO MENOS DIZER-LHES QUE É MUITA INDELICADEZA DA PARTE DQA MOÇADA FICAR COM ESSE TIPO DE PRECONCEITO,QUE É ISSO DE “VELHINHO”,O NIE É TUDO,ALÉM DE SER O ÚLTIMO COMUNISTA AINDA CASOU COM QUASE 100ANOS COM UMA SUPER MULHER!

  12. amigo de montaigne disse:

    Repito, não censurei ninguém!

Envie seu comentário

Seu e-mail não será divulgado. (*) Campos obrigatórios.

Categorias

Skip to content

Sobre ScienceBlogs Brasil | Anuncie com ScienceBlogs Brasil | Política de Privacidade | Termos e Condições | Contato


ScienceBlogs por Seed Media Group. Group. ©2006-2011 Seed Media Group LLC. Todos direitos garantidos.


Páginas da Seed Media Group Seed Media Group | ScienceBlogs | SEEDMAGAZINE.COM