Fuligem eletrônica?

Pouca idéia fazemos do que deixamos de saber com a destruição da Biblioteca de Alexandria, que não foi destruída de uma tacada só, pelo fogo, mas aos poucos. Primeiro por uma desavença entre a feia Cleópatra e Júlio César; e, depois, vítima da miopia religiosa do imperador Teodósio (400 d.C.) e do califa Omar. (Em 640 d.C., o califa ordenou que fossem destruídos pelo fogo todos os livros da Biblioteca sob o argumento de que “ou os livros contêm o que está no Alcorão e são desnecessários ou contêm o oposto e não devemos lê-los”). Bem mais tarde, em outra região do mundo, mais civilizada, aparentemente, os livros também acabaram bem mais que chamuscados. Foi a Bücherverbrennung, a queima de livros em praça pública ordenada pelo regime nazista em junho de 1933, que tomou parte em várias cidades da Alemanha. Será que, em pleno século XXI, não estaríamos nós promovendo o mesmo ato, diariamente, de maneira quase que irrefletida? Quando utilizamos o “google” como ferramenta de busca bibliográfica, os resultados que aparecem nas primeiras páginas só possuem tal colocação porque foram os mais acessados, mas nem por isso são os melhores. Quem de nós clica na página número 113.ooo, por exemplo? Ou, sem muitos exageros, na página 45? Acabamos sempre privilegiando os primeiros resultados. Sei não, mas sinto um cheiro de queimado no ar…

Discussão - 8 comentários

  1. Paulo Lima disse:

    de acuerdo! E esse cheiro vai nos levar para o fogo do inferno (se é que ele existe, certo Caro Amigo?). Grande abraço, Paulo Lima

  2. cra disse:

    o omar lembra wittgenstein

  3. Anonymous disse:

    Discordo de cra. Omar lembra um fanático religioso.

  4. Léo Mariano disse:

    olá Amigo.realmente, a google cada vez mais gera certo medo. A sua busca por tentar unificar toda a informação do mundo me parece cada vez terrível. não receio tanto um queima de livro mas talvez um Index. Sobre o monopólio de informação, o Idelber Avelar no Biscoito fino e a Massa escreveu um excelente texto atacando a idéia da wikipédiahttp://www.idelberavelar.com/archives/2008/01/por_que_eu_nao_recomendo_a_wikipedia.php

  5. Carol disse:

    Sorte que eu passo sim, horas, pesquisando muitas páginas do Google quando estou procurando alguma coisa…

  6. Cara Carol, mas TODAS as páginas? “CRA”, concordo que é possível encontrar alguma ligação entre os dizeres do califa Omar e as idéias de Wittgenstein, ainda que prefira 100 filósofos a um único califa…

  7. Carol disse:

    Hahahaha todas não, mas pesquiso até ficar satisfeita…

  8. Theo disse:

    Google vê, Google sabe, Google pode…Abraaaaaaaaaaaço

Envie seu comentário

Seu e-mail não será divulgado. (*) Campos obrigatórios.

Categorias

Skip to content

Sobre ScienceBlogs Brasil | Anuncie com ScienceBlogs Brasil | Política de Privacidade | Termos e Condições | Contato


ScienceBlogs por Seed Media Group. Group. ©2006-2011 Seed Media Group LLC. Todos direitos garantidos.


Páginas da Seed Media Group Seed Media Group | ScienceBlogs | SEEDMAGAZINE.COM