E o Blog Action Day 2010 vai para…

Mais um ano, mais um Blog Action Day. Voc√™ n√£o sabe o que √© o Blog Action Day???? Voc√™ pode ter as melhores informa√ß√Ķes clicando AQUI, ou pode ler meu humilde resumo: o blog action day √© uma iniciativa, que ocorre todo dia 15 de outubro, dia no qual todos os blogs do universo s√£o convidados a escrever sobre um mesmo tema. Quando milh√Ķes de blogs escrevem sobre o mesmo tema, faz-se uma correte e for√ßa-se que todos os leitores de blog – mesmo que seja de um s√≥ – pensem a respeito dele.

E, o Blog Action Day deste ano foi escolhido e ser√° sobre: √ĀGUA! Veja o v√≠deo, sinta-se convidad√≠ssimo a participar, ou postando sobre esse assunto no dia 15 de outubro, ou lendo e comentando nos blogs inscritos.

Blog Action Day 2010: Water from Blog Action Day on Vimeo.

Para se inscrever no Blog Action Day, basta clicar AQUI. Estou inscrevendo o Rastro de Carbono agorinha mesmo.

Agenda РDebates em Ciências РCélulas-tronco

Evento: Debate sobre células-tronco.
Data: 29 de setembro (quarta-feira)
Hor√°rio: 20h
Local: Campus Uninove Vergueiro, Rua Vergueiro, 235/249, S√£o Paulo-SP.
Transmiss√£o ao vivo, com liveblogging, no link http://jornaldedebates.uol.com.br/aovivo/ciencia-deve-usar-celulas-tronco-assista-em-2909-as-20h.
Haverá acompanhamento, também, pelo twitter @jornaldedebates.
Debatedores confirmados:
Mayana Zatz: Coordenadora do Centro de Estudos do Genoma Humano e do Instituto Nacional de Células-Tronco em doenças genéticas , membro da Academia Brasileira de Ciências e professora de Genética da Universidade de São Paulo (USP).
Claudio Cohen: Professor de Bio√©tica e Presidente da Comiss√£o de √Čtica do Hospital das Cl√≠nicas da Faculdade de Medicina da Universidade de S√£o Paulo (FMUSP).
Padre Vando Valentin: Coordenador do N√ļcleo F√© e Cultura da Pontif√≠cia Universidade Cat√≥lica de S√£o Paulo (PUC-SP).
Lenise Garcia: Professora do Departamento de Biologia Celular, da Universidade de Brasília e doutora em Microbiologia e Imunologia pela Universidade Federal de São Paulo.
A ciência deve usar células-tronco?
As c√©lulas-tronco podem dar origem a diversos tratamentos m√©dicos para doen√ßas hoje incur√°veis. As pesquisas exigem o uso de embri√Ķes humanos, que n√£o sobrevivem aos estudos. Para os religiosos e parte da comunidade cient√≠fica, embri√Ķes s√£o seres humanos, vidas que n√£o podem ser sacrificadas em nenhuma hip√≥tese. A condu√ß√£o deste tipo de experimento ultrapassa os limites √©ticos da ci√™ncia?
_____________________________________________________________
Observa√ß√£o da autora deste blog: embora seja dito no resumo deste evento, √© important√≠ssimo lembrar que as pesquisas com c√©lulas-tronco, em muitos casos, N√ÉO exigem o uso de embri√Ķes humanos. Ainda assim, sempre vale a pena ouvir um bom debate.

Resenha infantil – Azul e lindo: planeta Terra, nossa casa

Azul e lindo.png
“Mas para que a Terra continue a nos dar tudo aquilo de que precisamos para viver, temos que cuidar dela como cuidamos de nossa pr√≥pria casa.
E melhor ainda.
Pois da nossa casa nós podemos nos mudar.
Da Terra n√£o.”

Com esse trecho, apresento o livroAzul e lindo: planeta Terra, nossa casa, Editora Salamandra, de autoria de Ruth Rocha , ilustrado por Otavio Roth. √Č um livro sensacional para crian√ßas cursando o ensino fundamental I, pois promove discuss√Ķes sobre a prote√ß√£o dos recursos naturais, manejo de solo, polui√ß√£o do ar e uso racional da √°gua, prote√ß√£o dos animais e equi√≠brio da natureza, utilizando uma linguagem simples, clara e direta.
As ilustra√ß√Ķes estimulam discuss√Ķes que podem ser problematizadas pelos professores, enriquecendo ainda mais a leitura do livro, que n√£o p√°ra na leitura do texto, mas se expande para a leitura das imagens de excelente qualidade.
E, além disso, é um excelente livro de divulgação de Ciências:
“Tudo que a humanidade sabe hoje, toda a Ci√™ncia, deve ser usada para descobrir novas formas de viver, para evitar todas as formas de desperd√≠cio e para combater todas as formas de polui√ß√£o.
Devemos, para isto, olhar mais para a natureza, procurar compreend√™-la e aprender com ela”.

“Ningu√©m me convenceu a ficar sem carro hoje…”

Hoje é dia 22 de setembro, Dia Mundial Sem Carro.
Ontem a linha vermelha do metr√ī de S√£o Paulo ficou um sem n√ļmero de horas sem funcionar. Outro sem n√ļmero foi o de pessoas que passaram mal dentro dos trens lotados – como sempre – e quentes – por conta do excesso de gente, claro. Ar? Quem precisa de ar, afinal?
Ontem choveu granizo. Em Guarulhos, alguns lugares apresentavam 1 metro de puro gelo, cobrindo carros e impedindo o acesso de pessoas às suas casas Рou à rua, dependendo de onde se estivesse.
Todo dia √© um caos sair de casa de bicicleta. Os motoristas n√£o respeitam ciclistas. N√£o tem ciclovia. √Č perigoso… D√° medo. D√° mesmo.
Hoje t√° um calor do c√£o… C√™ acha que eu vou sair de transporte p√ļblico? E se der zica no metr√ī de novo? E se chover granizo bem na hora de sair do trabalho? E se eu tomar chuva? E se? E se? E SE????
Enfim… t√° dif√≠cil convencer a galera a ficar sem carro. A fazer a sua parte no dia mundial sem carro. A fazer a sua parte todos os dias, a pensar mais no coletivo, a usar transporte p√ļblico, a usar menos o carro e mais os pr√≥prios p√©s. Mas… √© bem mais f√°cil convencer a galera l√° na Holanda, onde tem ciclovia, o transporte p√ļblico √© sensacional, a prefeitura sabe controlar a neve quando neva demais…
E aqui? D√° pra convencer algu√©m a ficar sem carro? O cara te joga na cara um ou dois argumentos e a gente fica com cara de √ü√•ő©‚Čą‚ąę. A√≠ a gente d√° aquele argumento de que √© fazendo a nossa parte que o clima vai ficar menos doido, e assim evitaremos cat√°strofes completas como uma chuva imensa de gelo. A√≠ o cara te olha e s√≥ responde “Ah, t√°”.
Tá é fácil convencer alguém a ficar sem carro hoje, viu? Quem sabe o ano que vem, quando esse monte de candidato a esse monte de cargos cumprir todas essas promessas que eles fazem. Quem sabe aí, a gente tenha argumentos mais sólidos.