Distorções cognitivas (vídeo)

162_thumb_distorcoes

Distorções cognitivas nos atrapalham a interpretar as coisas de maneira equilibrada e racional. Os psicólogos já conhecem várias das distorções mais comuns e falaremos aqui um pouco delas e o que você pode fazer para lidar com elas. Você pode ver o vídeo de hoje abaixo ou clicando aqui.

[youtube_sc url=”https://youtu.be/FfTyqG3_nrQ”]

Referências recomendadas

Nossa principal referência para o vídeo de hoje é o excelente livro de Robert Leahy chamado Técnicas de terapia cognitiva: Manual do terapeuta. É um livro publicado pela Artmed que cataloga várias das técnicas mais comumente usadas na psicoterapia e nele também é feita uma descrição das distorções cognitivas. Além disso, também usamos como base alguns dos seguintes artigos, páginas de sites e posts de blogs: link, link, link, link, link, link, link, link, link, link.

Como ser menos trouxa? (vídeo)

149_thumb_trouxa

Quer deixar de ser trouxa nos relacionamentos? A gente não promete resolver todos os seus problemas, mas vamos compartilhar alguns conhecimentos que podem ser úteis para melhorar a sua situação! Você pode ver o vídeo de hoje abaixo ou clicando aqui!

[youtube_sc url=”https://youtu.be/9h_LYS-stcI”]

Referências recomendadas

Os 3 tópicos principais que abordamos no vídeo para tentar te ajudar a ser menos trouxa foram a influência da atração, do viés da negatividade e do efeito Michelangelo nos relacionamentos. A seguir você vai poder consultar artigos científicos, posts de blogs, matérias e até um podcast sobre cada um desses tópicos: link, link, link, linklink, link, link, linklink, link, link, link.

Como (NÃO) vencer um debate (vídeo)

137_thumb_NÃO_vencer_debates

Em debates sobre temas polêmicos, é comum que as pessoas confrontem diretamente e de maneira hostil as ideias da outra pessoa para defender a sua visão das coisas. Essa pode não ser a melhor estratégia se você quer mudar a opinião de alguém e hoje explicaremos algumas razões pelas quais isso deve ser evitado. Você pode ver o vídeo de hoje abaixo ou clicando aqui.

[youtube_sc url=”https://youtu.be/sDQot_9Q68A”]

Referências recomendadas

Abordamos vários temas no vídeo de hoje e tivemos como base diferentes materiais. Como de costume, utilizamos alguns ótimos manuais de psicologia social como base pra muito do que foi discutido como os do Baron e Branscombe, o do Myers e o seguinte:

Aronson, E., Wilson, T. D., & Akert, R. M. (2002) Psicologia social. São Paulo: LTC.

A seguir, você vai poder acessar alguns artigos científicos, matérias jornalísticas e posts sobre reatância, dissonância cognitiva, polarização de atitudes e debates: link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link.

Habilidades sociais (vídeo)

136_thumb_habilidades_sociais

Você costuma se dar bem mesmo com pessoas desconhecidas ou sempre se atrapalha um pouco pra interagir com alguém? Isso pode ter a ver com as suas habilidades sociais! Vamos descrever hoje o que são essas habilidades e como funciona o treinamento em habilidades sociais. Você pode ver o vídeo de hoje abaixo ou clicando aqui.

[youtube_sc url=”https://youtu.be/f8Y74DaRAZM”]

Referências recomendadas

A nossa principal fonte para elaborar o roteiro do vídeo de hoje foi o livro “A psicologia das relações interpessoais: Vivências para o trabalho e grupo” de Almir e Zilda Del Prette. O livro é uma ótima referência quando o assunto é habilidades sociais. Também vale ressaltar que já fizemos 3 vídeos diferentes abordando o tema das habilidades sociais (aqui, aqui e aqui). Além disso, vale a pena também consultar alguns artigos científicos sobre o assunto e, pra quem estiver interessado no assunto, nós sugerimos os trabalhos da professora Sheila Murta (a qual já tivemos o prazer de contar com a colaboração no nosso vídeo sobre relacionamentos abusivos). Aqui vão alguns artigos: linklink, link, link, linklink, link.

Paranoia (vídeo)

135_thumb_paranoia

A paranoia envolve uma desconfiança das outras pessoas mesmo que não haja motivos claros para desconfiar. Ela pode ser um problema para a pessoa especialmente quando atinge níveis extremos como ocorre no transtorno da personalidade paranoide. Você pode ver o vídeo de hoje abaixo ou clicando aqui.

[youtube_sc url=”https://youtu.be/tOpja7FhW3c”]

Referências recomendadas

Se você se interessou pelo tema do vídeo de hoje, vale a pena você dar uma olhada nos artigos, matérias de páginas especializadas e outros materiais que separamos aqui pra vocês! Vale ressaltar que uma das mais importantes bases para o vídeo de hoje foi a quinta edição do Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais (DSM). Agora sim, vamos aos links: link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link.

Como ser menos inseguro? (vídeo)

133_thumb_insegurança

Todo mundo tem os seus momentos paralisantes de insegurança. No vídeo de hoje, vamos trazer algumas dicas de como você pode se sentir menos inseguro com a ajuda da psicologia! Você pode ver o vídeo de hoje abaixo ou clicando aqui.

[youtube_sc url=”https://youtu.be/gThsJ_rwWBw”]

Referências recomendadas

Vou disponibilizar aqui alguns materiais a respeito de insegurança, catastrofização, foco no presente e habilidades sociais. Claro que uma das principais indicações são os vídeos inseridos nos cartões do vídeo de hoje, tais como o vídeo sobre meditação e comunicação empática. Certos materiais estão diretamente ligados ao que discutimos no vídeo, mas alguns já são material complementar que não abordamos diretamente (dá para abordar de tantas formas diferentes o tema da insegurança…). Como de costume, os links vão ser tanto de artigos científicos quanto de materiais de sites especializados: link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link, link link

Autoestima e narcisismo (vídeo)

130_thumb_autoestima

A sua autoestima tem a ver com o quanto você gosta da visão que tem de si mesmo, ou seja, do seu self. Ter uma autoestima positiva pode estar ligado a muitos benefícios, mas uma autoestima excessivamente positiva pode se relacionar com coisas como o narcisismo. Você pode ver o vídeo de hoje abaixo ou clicando aqui.

[youtube_sc url=”https://youtu.be/LIHkETn66zk”]

Para quem não entendeu as referências de hoje: o desenho que aparece no thumbnail é o Johnny Bravo. Ele era o personagem de um desenho do Cartoon Network. Acho que é difícil pensar em um melhor exemplo de personagem narcisista do que ele (aqui tem alguns exemplos disso). Nós também mencionamos o Gary do desenho Pokémon em outro desenho. O cara simplesmente andava de um lado pro outro com uma torcida organizada dele hahahaha

Referências recomendadas

Mencionamos muitos tópicos no vídeo de hoje, mas aqui eu vou inserir alguns links principalmente falando de autoestima e narcisismo porque esses são os dois principais tópicos mesmo. As nossas principais fontes foram alguns ótimos manuais de psicologia social como o do Baron e Branscombe, o do Myers e os seguintes:

Aronson, E., Wilson, T. D., & Akert, R. M. (2002) Psicologia social. São Paulo: LTC.

Fiske, S. T., & Taylor, S. E. (2008). Social cognition: From brains to culture (1 ed.). New York: McGraw-Hill.

Seguem aqui também alguns links de artigos de revisão, matérias e sites sobre autoestima e narcisismo (destaque especial para uma ótima revisão do ano passado sobre os estudos acerca do narcisismo): link, link, link, link, link, link, link, link, link.

 

Self: O seu “eu” (vídeo)

129_thumb_self

Na psicologia, chamamos a sua ideia de “eu” de self. A forma como você se vê pode ter vários impactos na sua vida e no vídeo de hoje falaremos um pouco sobre isso! Você pode ver o vídeo de hoje abaixo ou clicando aqui.

[youtube_sc url=”https://youtu.be/5cqGtelACtk”]

Referências recomendadas

Como principais bases para produzir o vídeo de hoje, nós usamos os manuais de psicologia social de Aronson, Baron e Branscombe, além do sempre presente aqui manual de cognição social de Fiske e Taylor, cujas referências estão abaixo:

Aronson, E., Wilson, T. D., & Akert, R. M. (2002) Psicologia social. São Paulo: LTC.

Fiske, S. T., & Taylor, S. E. (2008). Social cognition: From brains to culture (1 ed.). New York: McGraw-Hill.

Além disso, a seguir você poderá consultar diferentes materiais a respeito do self e de assuntos correlatos que não abordamos no vídeo de hoje (link, link, link, link, link, link, link, link).

 

#gratidão (vídeo)

127_thumb_#gratidão

É tão bom sentir gratidão, né? Mas acredite, sentir gratidão é melhor ainda do que você imagina! Ela pode trazer muitas consequências positivas para sua vida e no vídeo de hoje falaremos um pouco sobre o que é a gratidão e como podemos cultivá-la nas nossas vidas. Você pode ver o vídeo de hoje abaixo ou clicando aqui.

[youtube_sc url=”https://youtu.be/h2HuMveeXls”]

Referências recomendadas

Os links a seguir trazem menções a artigos, matérias e livros sobre a gratidão. Inclusive, trouxemos aqui alguns dos poucos estudos feitos até o momento sobre as bases neurais da gratidão, tópico que não abordamos no vídeo (exatamente por ser tão incipiente ainda). Também trouxemos materiais discutindo o altruísmo recíproco. Para quem quiser se aprofundar mais na ciência da gratidão, vale a pena dar uma checada nos seguintes links: link, link, link, link, link, link, link, link, link.

Heurísticas: Os atalhos mentais (vídeo)

122_thumb_heurísticas

Heurísticas são atalhos mentais que usamos pra economizar tempo e energia quando precisamos emitir julgamentos ou tomar decisões. Elas costumam nos ajudar bastante, mas às vezes um atalho que economiza tempo pode te levar para o caminho errado. Você pode ver o vídeo de hoje abaixo ou clicando aqui.

[youtube_sc url=”https://youtu.be/tFliTqzpoTI”]

Referências recomendadas

O principal material de base para esse tema é um dos principais artigos publicados por Kanheman e Tversky na revista Science no qual eles descrevem os 3 tipos de heurísticas que citamos no vídeo (você pode acessar ele aqui).

Fiske, S. T., & Taylor, S. E. (2008). Social cognition: From brains to culture (1 ed.). New York: McGraw-Hill.

O livro acima também é sempre uma referência importante quando o assunto é cognição social aqui no canal.

Aronson, E., Wilson, T. D., & Akert, R. M. (2002) Psicologia social. São Paulo: LTC.

Quase eternamente útil e didático quando falamos de psicologia social, esse livro também foi uma fonte importante pro vídeo e recomendamos muito o capítulo sobre cognição social no qual as heurísticas são descritas. Outro livro que foi uma base importante pra algumas informações que apresentações foi o livro Rápido e devagar: Duas formas de pensar escrito pelo psicólogo Daniel Kanheman.

Sobre ScienceBlogs Brasil | Anuncie com ScienceBlogs Brasil | Política de Privacidade | Termos e Condições | Contato


ScienceBlogs por Seed Media Group. Group. ©2006-2011 Seed Media Group LLC. Todos direitos garantidos.


Páginas da Seed Media Group Seed Media Group | ScienceBlogs | SEEDMAGAZINE.COM