Enigma físico (ou quase, é mais um problema de lógica)

Cena A: voc√™ est√° no topo de um edif√≠cio bem alto e, sabendo o n√ļmero de pavimentos (noventa e nove andares + pilotis) voc√™ sup√Ķe que o pr√©dio tem trezentos metros de altura.

Cena B: a saída, por algum motivo, está bloqueada (zumbis, digamos) e, como se trata de uma situação real (fora os zumbis), você não pode simplesmente pular dali. Nem mesmo para outro prédio vizinho, visto que um edifício de cem andares deve, por lei, ter uma área de terreno consideravelmente grande. A não ser que você tenha asas (o que eu seriamente duvido), é impossível chegar em qualquer outro telhado sem se espatifar terminalmente contra o chão.

Eu disse que a lateral do prédio é lisa?

Cena 3: voc√™ nota uma corda com uma etiqueta dizendo “cont√©m 225m” e um gancho na beirada da edifica√ß√£o, provavelmente deixados por um conjunto convoluto de situa√ß√Ķes improv√°veis envolvendo um representante de equipamentos para rapel e um limpador de janelas desleixado (provavelmente por causa do aviso pr√©vio recebido na manh√£ anterior), completamente n√£o-relacionados mas deus-ex-machinamente necess√°rios para o resto do enigma.

Cena 4: Ao lado da porta que d√° para a horda maligna de mortos-vivos voc√™ v√™ um aviso que l√™: “ATEN√á√ÉO AVENTUREIROS – O 50¬į ANDAR CONTA COM UM GANCHO SEMELHANTE AO ABANDONADO PELA FIRMA DE LIMPEZA, SENDO QUE DE OUTRA MARCA MAS IGUALMENTE FIXADO √Ä PAREDE COM CINCO PARAFUSOS REFOR√áADOS”

Cena IV: obviamente, você carrega consigo um óculos, um canivete, um pé-de-meia extra e um telefone celular sem carga (de bateria, não de créditos). Por alguma razão que não me diz respeito, você está usando tamancos holandeses de madeira tradicionais.

Questão 1: em tal situação, usando o que lhe está disponível, o que você faria para chegar com vida ao térreo?

(Nota: o andar térreo, ao contrário do telhado, está livre dos infectados. Uma vez na rua, você estará a salvo.)

Categorias