Anivers√°rio de dois anos do MARCO EVOLUTIVO

√Č com muita alegria que nesse novembro, al√©m do fant√°stico anivers√°rio de 150 ano do Origem das Esp√©cies, comemoramos tamb√©m os dois anos de exist√™ncia do MARCO EVOLUTIVO. Nascido em 28 de novembro de 2007 com um post sobre a evolu√ß√£o das popens√Ķes ao sexo casual, o MARCO EVOLUTIVO completa dois anos e cada vez mais est√° aumentando seus leitores no Brasil e no mundo. 
Agradeço sinceramente a todos os comentários, dicas e elogios recebidos ao longo desse período. São incentivos essenciais para eu continuar escrevendo mais e mais, sempre contribuindo para o prosseguimento seguro da revolução darwinista em nossa cultura.

Nesse segundo ano houve de mudan√ßa de endere√ßo novamente. No per√≠odo do Lablogat√≥rios desse segundo ano, foram muitas visitas no Brasil e no exterior incluindo Portugal, EUA, Jap√£o, Alemanha, It√°lia, Mo√ßambique, Espanha, Angola, Fran√ßa e Reino Unido, em ordem decrescente, com mais de 10 visitas. Os cinco posts mais acessados foram: Pinker e os Palavr√Ķes, Ano de Darwin 2009 no Brasil, 2009 Ano da Biologia, Simp√≥sio internacional de Psicologia Evolucionista em Natal e Evolu√ß√£o Humana Facilitada.

A transforma√ß√£o do Lablogat√≥rio no ScinceBlogs Brasil foi fant√°stica e aumentou bem a visibilidade do MARCO EVOUTIVO. O n√ļmero de pa√≠ses diferentes com mais de 10 visitas dobrou. Foram, em ordem decrescente de acessos: Portugal, EUA, Jap√£o, Angola, Mo√ßambique, Reino Unido, Irlanda, Alemanha, Espanha, It√°lia, Su√≠√ßa, Cabo Verde, Holanda, Chile, Canad√°, Argentina, Fran√ßa, M√©xico, B√©lgica e Aust√°lia. Os cinco posts mais lidos s√£o Coevolu√ß√£o e Sele√ß√£o Sxual no Caso da Vespa Tarada, Por que todo mundo deveria ser f√£ de Darwin, Luz, Vaga-lumes e A√ß√£o … Sexual, Lamarck: a Verdadeira id√©ia errada, V√≠deos sobre evolu√ß√£o da sexualidade humana. Gostaria de agradecer ao Carlos e ao √Ātila por concretizarem a cria√ß√£o do ScienceBlog Brasil e sempre me apoiarem, e tamb√©m agradecer a todos os SciencebrothersBr e a outros blogueiros de ci√™ncia brasileiros pelo bel√≠ssimo movimento de divulga√ß√£o e educa√ß√£o cient√≠fica via net.

E pra comemorar com chave de ouro em clima de comemora√ß√Ķes do Ao de Darwin temos um bolo cientificamente concebido com cinco camadas, cada uma representando um Reino, com o Beagle, um ninho de tentilh√Ķes, uma tartaruga e muito mais num inusitado concurso de bolos de anivers√°rio de Darwin. E ainda veremos um programa especial do Newsnight Review contanto com Dawkins, a escritora Margaret Atwood, o reverendo Richard Coles e a poeta descendente de Charles Darwin Ruth Padel (autora do podcast Darwin, My Ancestor), juntos com Martha Kearney discutindo a import√Ęncia do Origem das Esp√©cies, a vida de Darwin e o legado cultural e filos√≥fico do Darwinismo. Eles falam tamb√©m do filme sobre Darwin e de duas exposi√ß√Ķes que acontecem na Inglaterra.
 

Podcasts Sobre Darwin e o blogando o Origem

O presente evolutivo em comemora√ß√£o aos 150 do Origem das Esp√©cies dessa vez vem em forma de √°udio. A r√°dio da BBC 4 est√° com 4 podcasts especialmente voltados para as comemora√ß√Ķes bi e sesquicenten√°rias Darwinistas. S√£o dicas imperd√≠veis, muito interessantes e reveladoras.

O primeiro podcast chama-se In Our Time, que abrange 4 programas falando da vida e obra de Darwin, desde sua inf√Ęncia at√© sua morta e legado. Melvyn Bragg faz entrevistas com eminentes professores ligados ao Christi’s College onde Darwin estudou em Cambridge, com professores do Museu de Hist√≥ria Natural de Londres e com curador do jardim da Down House onde ele morou no campo, criou os filhos e fez a maior parte dos trabalhos cient√≠ficos.

O segundo podcast é o Dear Darwin, que são cinco cientistas de peso: Dr Craig Venter, Sir Jonathan Miller, Prof Jerry Coyne, Dr Peter Bentley e Prof Baruch Blumberg, cada um lendo uma carta sua dirigia a Darwin falando sobre seu legado e trabalho. E você o que incluiria numa carta a Darwin?

O terceiro podcast é o Hunting the Beagle, que é um programa em que o historiador marítimo Dr. Robert Prescott relata seu empenho de quase 10 anos à procura das pistas do paradeiro dos destroços do HMS Beagle.

O quarto podcast é o Darwin, My Ancestor, uma série de 4 programas em que a escritora Ruth Padel, tátara neta de Darwin descreve sua jornada na descoberta das facetas pessoas de seu antepassado, nosso parente, Charles Darwin.

Al√©m dos podcasts eu recomendo os v√°rios v√≠deos no homepage da BBC. E tamb√©m recomendo o Blogging the Origin no ScienceBlog Americano. Trata-se de um blog de curta dura√ß√£o criado por John Whitfield, um divulgador de ci√™ncia, que nunca tinha lido o Origem das Esp√©cies e publicou na √©poca do Darwin Day um post para cada cap√≠tulo lido falando suas impress√Ķes ao ler esse livro sesquicenten√°rio em pleno s√©culo XXI.

Abaixo veremos um vídeo comemorativo dos 150 anos da Seleção Natural, completado o ano passado graças à cartinha bombástica que Wallace mandou pra Darwin, dando origem à publicação conjunta em 1858 e catalisando a publicação do Origem das Espécies.

Origem das Espécies Faz 150 Anos Hoje

Hoje, dia 24 de novembro de 2009 estamos comemorando os 150 anos do lan√ßamento da primeira das seis edi√ß√Ķes do livro “Sobre a Origem das Esp√©cies por Meio da Sele√ß√£o Natural ou a Preserva√ß√£o de Ra√ßas Favorecidas na Luta pela Vida” de Charles Darwin, agora dispon√≠vel online com as anota√ß√Ķes de seu terceiro filho Francis Darwin. Como o dia 24 de novembro de 1859 foi um marco evolutivo para a humanidade, √© com imenso prazer que o MARCO EVOLUTIVO oferece presentes variados e interessantes para todos. S√£o sites, livros in√©ditos, v√≠deos e muito mais.


O “Origem das Esp√©cies” est√° sendo celebrado hoje em todo mundo. Ele √© simplesmente o livro que atrav√©s de uma minuciosa reuni√£o de fatos e √°reas mostrou a possibilidade de se explicar a origem e manuten√ß√£o da biodiversidade e da distribui√ß√£o dos seres vivos sem a necessidade de nenhum passe de m√°gica. “H√° uma grandeza nessa vis√£o da vida” escreveu Darwin.

Isso mudou pra sempre nossa vis√£o do mundo natural, pois segundo Dennett no livro “A Perigosa Id√©ia de Darwin”,  Darwin unificou as esferas da vida, significado e prop√≥sito com as esferas de espa√ßo e tempo, causa e efeito, mecanismo e lei f√≠sica. Por conseq√ľ√™ncia encontramos um lugar mais humilde e menos antropoc√™ntrico na natureza. Todos os seres vivos est√£o conectados e nenhum √© melhor do que o outro, todos s√£o especiais e os mais evolu√≠dos do seu ramo.

O Origem, longe de ser a palavra final, abriu uma amplo e f√©rtil programa de investiga√ß√£o que ao longo desses 150 anos unificou todas as diferentes disciplinas das ci√™ncias da natureza de geologia √† biogeografia, de biologia molecular ao comportamento explicando in√ļmeros fen√īmenos por meio de uma mesma matriz evolucionista integradora. E mais recentemente a tend√™ncia √© essa mesma integra√ß√£o unificar as disciplinas das Ci√™ncias Humanas.

Darwin sempre se referiu √† sua teoria no singular, mas Mayr no livro “Biologia Ci√™ncia √önica” mostrou que s√£o pelo menos cinco as diferentes teorias expostas no “Origem das Esp√©cies”. (1) A Evolu√ß√£o: o fato de as esp√©cies mudarem ao longo do tempo; (2) Origem comum: a descend√™ncia compartilhada por todos os seres vivos; (3) Multiplica√ß√£o das Esp√©cies: as esp√©cies d√£o origem a outras esp√©cies; (4) Gradualismo: a mudan√ßa evolutiva ocorre pela transforma√ß√£o gradual da popula√ß√£o; (5) Sele√ß√£o Natural: a reprodu√ß√£o diferencial ao longo das gera√ß√Ķes. Muito ainda falta para completarmos a revolu√ß√£o darwinista, ent√£o busque como contribuir nessa grandiosa mudan√ßa.
Pense grande hoje assim como fizemos no Dia de Darwin para vislumbrar essa mudança e aproveite os presentes abaixo.

O primeiro presente √© uma dica de blog sensacional. Nesse Ano de Dariwn a blogosfera brasileira ganhou um present√£o. O Prof. Dr. N√©lio Bizzo, bi√≥logo e estudioso da hist√≥ria de Darwin, do evolucionismo e de suas rela√ß√Ķes com a educa√ß√£o, professor titular da Faculdade de Educa√ß√£o da USP fez um blog depois de muitos pedidos: “Blog do Bizzo”. Desde fevereiro de 2009 ele escreve sobre evolu√ß√£o e mostra “lados pouco evidentes das opini√Ķes destacadas em diversos ve√≠culos de comunica√ß√£o de massa”. Trata-se de um blog de conte√ļdo mais do que reconhecido e altamente recomendado para todos os envolvidos com a √°rea biol√≥gica. Seja bem vindo professor!! E vamos todos darwinistas do mundo unidos zelar pelo desenvolvimento pleno da revolu√ß√£o darwinista!

Os dois presentes internacionais s√£o: o link dos resumos do “150 Years after Origin: Biological, Historical and Philosophical Perspectives” na University of Toronto, para todos os interessados em teoria hist√≥ria e filosofia do Darwinismo; e o link do “Evolution of Evolution 150 Years of Darwin’s ‘On the Orign of Species'” um site muito legal e interativo que mostra v√≠deos e textos sobre Darwin e sua influ√™ncia na Antropologia, Astronomia, Biologia, Geologia e Ci√™ncias Polares.

Como estamos comemorando o anivers√°rio de um livro nada melhor do que indica√ß√Ķes de livros comemorativos e altamente relevantes para a compreens√£o da revolu√ß√£o darwinista, muitos dos quais s√£o lan√ßamentos recentes. Dentre os livros nacionais temos “Charles Darwin Em um Futuro n√£o t√£o distante”, organizado pela Dra. Maria Isabel Landim e pelo Dr. Cristiano Rangel Moreira, uma iniciativa nacional colaborativa entre muitos autores ilustres, j√° comentado aqui.

Temos o lan√ßamento de “Al√©m de Darwin” de nosso ScienceBrother Reinaldo do Chap√©u, Chicote e Carbono 14, um livro abordando de forma clara uma vastid√£o de assuntos interessantes sobre biologia evolutiva. Veja o pr√≥prio Reinaldo escrevendo sobre seu livro.
Temos tamb√©m o lan√ßamento de “A Goleada de Darwin” do Dr. Sandro de Souza, ele mostra de maneira muito divertida que se o debate entre evolucionistas e criacionistas fosse um partida de futebol o darwinismo ganharia de goleada, ele explica gol por gol.

Dentre os livros internacionais traduzidos temos “A Origem das Esp√©cies de Darwin Uma Biografia” da Janet Browne, um excelente levantamento hist√≥rico sobre a concep√ß√£o, a publica√ß√£o e o legado do nosso aniversariante do dia. Temos ainda o lan√ßamento de “A Causa Sagrada de Darwin” de James Moore e Adrian Desmondtions */ p.MsoNormal, li.MsoNormal, div.MsoNormal {mso-style-parent:””; margin:0cm; margin-bottom:.0001pt; mso-pagination:widow-orphan; font-size:12.0pt; font-family:”Times New Roman”; mso-fareast-font-family:”Times New Roman”;} @page Section1 {size:612.0pt 792.0pt; margin:70.85pt 3.0cm 70.85pt 3.0cm; mso-header-margin:36.0pt; mso-footer-margin:36.0pt; mso-paper-source:0;} div.Section1 {page:Section1;} –> os dois maiores bi√≥grafos de Darwin. Nesse livro eles apresentam uma teses inteiramente nova de que muito da inspira√ß√£o para as principais descobertas veio da sua postura moral anti-escravid√£o. Eu j√° comentei sobre esse livro no post dos Eventos sobre Darwin quando divulguei a palestra que James Moore deu em Salvador, vale a pena assitir o v√≠deo recomendando o original desse livro.

Temos tamb√©m o lan√ßamento de “A ilha de Darwin” de Steve Jones, que aborda a intensa vida cient√≠fica de Darwin na Inglaterra abordando 11 dos sue 19 livros ao longo um per√≠odo de 40 anos. Mesmo se Darwin n√£o tivesse falado nada sobre evolu√ß√£o ele seria muito famoso e respeitado dada a diversidade e import√Ęncia de seus in√ļmeros estudos e descobertas em campos diversos de geologia √† bot√Ęnica, passando pelo comportamento animal e humano.

A Editora UNESP lan√ßou duas colet√Ęneas de cartas de Darwin. A primeira √© “ORIGENS” incluindo cartas de 1822 a 1859. E a segunda √© “A EVOLU√á√ÉO” incluindo cartas de 1860 a 1870. Ambos os livros apresentam o lado pouco conhecido da comunica√ß√£o entre cientistas ao redor de uma grande teoria. Esses livros e muitos outros editados por editoras universit√°rias e muitas outras estar√£o pela metade do pre√ßo na Feira do Livro da USP que come√ßa amanh√£ no pr√©dio da Hist√≥ria e Geografia da USP. Aproveite essa chance √ļnica de comemorar o anivers√°rio de um livro comprando v√°rios outros.

Abaixo veremos o trailer do filme “Creation” sobre a vida de Darwin e a publica√ß√£o do livro aniversariante e um v√≠deo celebrando o dia de hoje, o hist√≥rico dia em que o  c√©lebre “Origem das Esp√©cies” fez seus 150 aninhos. Parab√©ns ao “Origem” e a todos que mudaram seu modo de pensar e vida e a si mesmos devido a ele.

Origem das Espécies em Reggae

Hoje veremos uma iniciativa de homenagem a Darwin pelo Origem das Espécies muito interessante e inusitada. Dois acadêmicos, Prof Mark Pallen e doutorando Dom White, ambos da Birmingham University, tiveram a idéia de criar um novo estilo musical: o Genomic Dub. E nesse novo estivo eles fizeram reggae music do Origem das Espécies!!

O Genopmic Dub √© uma empreitada s√©rie a com muito objetivos dentre os quais celebrar a vida e obra de Dariwn bem como os recentes sucessos na √°rea da Gen√īmica e da Biologia Evolutiva. Em sua p√°gina The Genomic Dub Collective, Pallen & White mostram como essa iniciativa pode integrar cultura e ci√™ncia criando um movimento que estimula o interesse geral pela ci√™ncia.

O álbum The Origin of Species in Dub eles incluíram trechos do Origem capítulo por capítulo e exploraram a temática da evolução humana na áfrica e o legado de Darwin. Abaixo veremos os 12 vídeos disponíveis essa incrível iniciativa científica e musical capaz de libertar nossa mente.
E pra fechar esse post descobri hoje que o apelido de inf√Ęncia de Charles Darwin era “Bobby”, algo bem reggae!!

150 anos de ‘A Origem das Esp√©cies’ Uma Celebra√ß√£o

Finalmente entramos na t√£o esperada semana dos 150 anos da publica√ß√£o do Origem das Esp√©cies. Ent√£o se preparem, pois essa semana do dia 23 ao dia 27 de novembro de 2009 ser√° um marco evolutivo no s√©culo XXI. Teremos palestras gratuitas, livros, m√ļsica, v√≠deos, podcasts e muitos mais no sesquicenten√°rio do Origem das Esp√©cies aqui no MARCO EVOLUTIVO.


Come√ßaremos com a programa√ß√£o de evento em S√£o Paulo. Do dia 23 ao dia 27/11 sempre das 17h30 √†s 19h ocorrer√° no Instituto de Bioci√™ncias da USP o “150 anos de ‘A Origem das Esp√©cies’: Uma Celebra√ß√£o”. Trata se de uma programa√ß√£o gratuita e imperd√≠vel de palestra, mesa-redonda, document√°rio e apresenta√ß√£o musical.

Na segunda, dia 23 o Prof. Dr. N√©lio Bizzo, um dos maiores historiadores de Darwin no Brasil e autor do livro “Darwin: do Telhado das Am√©ricas √† teoria da Evolu√ß√£o” e do livro “Evolu√ß√£o dos Seres Vivos” dar√° a palestra intitulada “Do ‘Big Species Book’ ao ‘Origin of Species’: O que mudou na obra publicada de Darwin?”

Na ter√ßa, dia 24 haver√° uma mesa redonda em que o Prof. Cesar Ades falar√° sobre “Uma reflex√£o sobre o cap√≠tulo ‘Instintos'”. O Prof. Dr. Jo√£o Morgante falar√° sobre “Wallace no ‘Origem'” e o Prof. Dr. Sasndro de Souza falar√° sobre as “Predi√ß√Ķes de Darwin”.


Na quarta e quinta, dias 25 e 26 haver√° a apresenta√ß√£o do document√°rio da BBC “Charles Darwin e a √°rvore da vida” de nosso amigo Sir David Attenborough, seguido de coment√°rios dos professores Dr. Diogo Meyer, um dos autores do livro “Evolu√ß√£o o sentido da Biologia” e a Dra. Maria Prestes.

Na sexta, dia 27 para encerramento haver√° um recital de M√ļsica Oitocentista. Veja aqui a programa√ß√£o detalhada do evento do IB da USP.

No s√°bado, dia 28 haver√° no Museu de Zoologia da USP, como continua√ß√£o do ciclo de palestras da Exposi√ß√£o “Darwin: Evolu√ß√£o para Todos”, ter√° outra palestra do Prof. Dr. N√©lio Bizzo intitulada “Charles Darwin: o postilh√£o dos Andes”. Aproveite que a semana do marco evolutivo sesquicenten√°rio do Origem das Esp√©cies s√≥ est√° come√ßando.

David Attenborough, bowerbird, corvo e a orquídea mimética

David Attenborough, coroado como Sir pela Rainha da Inglaterra, vem coroar três temas de posts muito visitados aqui no MARCO EVOLUTIVO. Depois de nos falar sobre a imensa capacidade de imitação vocal do pássaro lira, David Attenborough, um dos maiores divulgador de documentários biológicos, apresenta agora três vídeos: um sobre o bower bird, outro sobre o corvo o outro sobre a orquídea que mimetiza a fêmea de vespa.

O bower bird, ave que constrói ninhos intensamente decorados como chamarizes de fêmeas foi tema de dois posts. Em Bowerbirds e a Arte de Seduzir I conhecemos os dotes artísticos na área da arquitetura e decoração desse grupo de pássaros australianos e vimos como a seleção sexual pode esculpir ornamentos extra-corpóreos.

Em Bowerbirds e a Arte de Seduzir II vimos que esses pássaros, além de exímios construtores de ninho, são imitadores de cantos de outras espécies também. E às vezes a fêmea se guia mais pela a acurácia e a variedade de espécies imitadas do que pelo próprio ninho decorado. Dessa forma até a canção pode ser encarada como um ornamento extra-corpóreo valorizado pela fêmea. No vídeo abaixo Sir Attenborough fecha a trilogia do MARCO EVOLUTIVO apresentando o bowerbird que constrói os ninhos maiores e mais ornamentados do mundo, o extremo em ornamento extra-corpóreo. Ele ressalta a dedicação e a opção de escolha dessas aves sobre o item decorativo mais esteticamente efetivo para as fêmeas.

O corvo mostrou toda sua capacidade mental ao passar no teste do autoreconhecimento no espelho em Curvando-se ao Corvo, o Pensador. Lá o próprio David Attenborough narra a façanha do uso do transito pelo corvo como uma ferramenta para abrir sementes. Cada vez mais percebemos que as capacidades intelectuais humanas não são o ápice de um grande salto qualitativo em relação aos outros animais. Mas sim são um contínuo em especialização compartilhada por muitos outros animais com ecologias semelhantes. No vídeo abaixo Sir Attenborough apresenta como o corvo com uso de ferramenta utiliza o ataque de seu oponente contra ele mesmo. Ele ressalta também como as técnicas de pesca de larvas usando ferramentas são transmitidas de geração em geração.

O caso da Orqu√≠dea que mimetiza a f√™mea da vespa foi o tema do Coevolu√ß√£o e Sele√ß√£o Sexual no Caso da Vespa Tarada. L√° vimos como um grupo de orqu√≠deas que, ao se enveredar numa orgia pansexual com outro reino de seres vivos, acaba entrando na din√Ęmica de manipula√ß√£o e explora√ß√£o est√©tica da sele√ß√£o sexual de algumas vespas e abelhas. Vimos como os canais de est√≠mulos sexuais est√£o abertos a manipula√ß√£o por serem dificilmente deixados de lado na evolu√ß√£o sem um preju√≠zo na aptid√£o. No v√≠deo abaixo Sir Attenborough apresenta as diferentes maneiras que as orqu√≠deas induzem os machos de vespa a levarem de flor em flor seus sacos de p√≥len numa orgia de zumbidos. Ele ressalta as formas, cores e cheiros das orqu√≠deas que super excitam os machos.

2nd Biological Evolution Workshop Ao Vivo Online

Dos eventos para esse m√™s de novembro em comemora√ß√£o aos 150 anos do Origem das Esp√©cies divulgados aqui no MARCO EVOLUTIVO, o “II Porto Alegre Biologial Evolution Workshop” “Celebrating Darwin’s Year”, ter√° transmiss√£o ao vivo pelo site www.biologicalevolution.com.br a partir das √†s 9 da manh√£ dessa segunda dia 16/11.

O evento ocorrerá em Porto Alegre de 16 a 18/11 contará com 10 conferências internacionais com convidados ilustres e sobre os aspectos mais atuais da Biologia Evolutiva.
√Č muito raro termos a chance de acompanhar um evento de peso como esto pel net. A outra oportunidade dessa que tivemos foi a do evento REvoluci√≥n Darwin no Chile. Assistir √†s confer√™ncias e debates ao vivo online √© uma oportunidade √ļnica importante para todos aqueles interessados que, por diversos motivos, n√£o puderam se inscrever e viajar at√© Porto Alegre. Ent√£o n√£o percam essa super dica evolutiva.

David Buss e a Psicologia Evolucionista

No final no Origem das Esp√©cies, nosso aniversariante do m√™s, Darwin vislumbrou uma revolu√ß√£o na Psicologia: “Num futuro distante eu vejo campos abertos para pesquisas muito importantes. A Psicologia estar√° embasada em uma nova funda√ß√£o, aquela da aquisi√ß√£o necess√°ria de cada poder e capacidade mental de forma gradualista. Muita luz ser√° lan√ßada sobre a origem do homem e sua hist√≥ria”.

O surgimento da Psicologia Evolucionista e disciplinas relacionadas que estudam a natureza humana indicam o começo da concretização da previsão de Darwin, segundo David Buss no artigo intitulado The Great Struggles of Life: Darwin and the Emergence of Evolutionary Psychology de 2009.

Dr David Buss √© professor da Universidade do Texas e um dos pioneiros em Psicologia Evolucionista. √Č dele o famoso estudo de 1986 amostrando 10.047 pessoas em 37 culturas indicando diferentes diferen√ßas sexuais consistentes nos crit√©rios para sele√ß√£o de parceiros rom√Ęnticos. Ele j√° escreveu livros sobre a evolu√ß√£o do desejo e motiva√ß√£o sexual, ci√ļmes, assassinato, conflito entre homens e mulheres, personalidade al√©m de dois livros sobre Psicologia Evolucionista.

Nos vídeos abaixo veremos uma palestra de Buss dublada para o espanhol concedida ao programa La Ciudad de las Ideas de 2008. (25 min). No primeiro vídeo ele fala que as estratégias de acasalamento (formação de casais) surgem do desejo, que existem diferenças entre homens e mulheres na esfera do acasalamento, qual o papel e a história da seleção sexual de Darwin e que temos um menu complexo de estratégias de acasalamento contendo relacionamentos de longo prazo, curto prazo, extraconjugais, seriais e mistos.

Quanto ao longo prazo, ele fala do estudo com 37 culturas em que, apesar de ambos os sexos valorizarem igualmente o amor mutuo, a inteligência e a amabilidade, homens valorizam mais aparência a e juventude e mulheres valorizam boas perspectivas financeiras. Quanto ao curto prazo, ele mostra que homens desejam por volta de 20 parceiras sexuais diferentes pra vida inteira ao passo que as mulheres desejam cerca de cinco para toda vida. Veja mais sobre o desejo por variedade sexual em Desejos por Variedade Sexual do MARCO EVOLUTIVO.

No segundo v√≠deo ele fala que evolutivamente as mulheres traem por recursos ou bons genes ou pra conquistar um parceiro melhor, fala tamb√©m que homens tem mais ci√ļme sexual enquanto as mulheres tem mais ci√ļme emocional devido a incerteza da paternidade para os homens e da incerteza do comprometimento masculino para as mulheres. E pra finalizar ele fala tamb√©m que durante o per√≠odo f√©rtil as mulheres desejam mais sexo, acham mais atraentes homens mais sim√©tricos e com faces, corpos e vozes mais masculinas. Aproveitem os v√≠deos.
 

Novembro dos 150 anos do “Origem das Esp√©cies”

Sem d√ļvida nenhuma esse novembro √© o m√™s mais importante do ano para a ci√™ncia. No dia 24 de novembro o livro “Sobre a Origem das Esp√©cies por Meio da Sele√ß√£o Natural ou a Preserva√ß√£o de Ra√ßas Favorecidas na Luta pela Vida”, a primeira edi√ß√£o de 1859 faz 150 anos. Depois do Dia de Darwin, 12 de janeiro, data em que Charles Robert Darwin fez 200 anos, o dia 24/11/2009 √© a segunda data mais importante desse Ano de Darwin.

Por isso muitos eventos j√° est√£o marcados para as celebra√ß√Ķes sesquicenten√°rias do livro que mudou nossa maneira de entender a vida e o lugar o ser humano na natureza. Apresento aqui quatro eventos, em S√£o Paulo, S√£o Jos√© do Rio Preto, Rio Claro e Porto Alegre, que se somam aos muitos eventos divulgados na p√°gina do Ano de Darwin.

Em S√£o Paulo, o VII Ciclo de Palestras do Museu de Zoologia da USP, que vai at√© dia 5 de dezembro, continua com palestras quinzenais gratuitas e com atestado de participa√ß√£o, sempre ministradas por pesquisadores dirigidas a todos os interessados. Nesse s√°bado dia 07/11, o Dr. Sergio Antonio Vanin falar√° sobre “As adapta√ß√Ķes nos insetos e a sele√ß√£o natural”. O ciclo o corre junto √† exposi√ß√£o “Darwin: Evolu√ß√£o para todos,” que vale muito ser visitada.

Em S√£o Jos√© do Rio Preto ocorre de 9 a 12/11 a “I Semana da Evolu√ß√£o: de Darwin aos dias atuais” organizada numa parceria entre o PET – Biologia e o Centro Acad√™mico “3 de Setembro” do IBILCE – UNESP campus de Rio Preto. A semana conta com 5 palestras sobre diferentes aspectos do pensamento evolucionista, uma exibi√ß√£o de document√°rio, uma apresenta√ß√£o de pain√©is e uma visita ao observat√≥rio astron√īmico. Trata-se de uma excelente oportunidade para integrar alunos de gradua√ß√£o e docentes das faculdades de Rio Preto e regi√£o, bem como o p√ļblico externo √† Universidade em torno das celebra√ß√Ķes Darwinistas de 2009 e das implica√ß√Ķes atuais do pensamento evolucionista.

Em Porto Alegre ocorre de 16 a 18/11 o II Porto Alegre Biologial Evolution Workshop” “Celebrating Darwin’s Year”, um evento de peso com pesquisadores internacionais e nacionais organizado pelo Departamento de Gen√©tica da UFRGS. Ser√£o uma palestra e 10 confer√™ncias cada uma contando com professores extras na fun√ß√£o de debatedores promovendo a discuss√£o. Dentre os muitos convidados ilustres est√£o o Dr. Michael Ruse e o Dr. Francisco Salzano. O evento busca caracterizar o estado da arte na Biologia Evolutiva, enfocando a evolu√ß√£o humana, animal e de plantas, integrar conhecimentos dessas distintas √°reas, avaliar a Teoria Sint√©tica segundo os conhecimentos atuais dos processos e padr√Ķes evolutivos e promover a discuss√£o.

Em Rio Claro ocorre nos dias 24 e 25/11 o evento “150 anos: A Evolu√ß√£o da Teoria” organizado em conjunto pelo Programa de P√≥s-Gradua√ß√£o em Biologia Celular e Molecular, em Zoologia, pelo Dep. de Biologia, de Educa√ß√£o da UNESP campus de Rio Claro e a Sociedade Brasileira de Geologia. Ser√£o 2 minicursos, 3 palestras e uma mesa redonda, abordando temas como Darwinismo e √©tica animal, paleobioestratigrafia, ensino de evolu√ß√£o, paleobiologia, hist√≥ria do Origem das Esp√©cies e Evo-Devo. Al√©m disso, haver√° o lan√ßamento da Edi√ß√£o Especial do Jornal Bios feras “Darwin e a Teoria da Evolu√ß√£o: ontem e hoje”. Esse √© um jornal muito interessante, pois tem a proposta de divulgar material cient√≠fico de modo que possa ser acessado tamb√©m por p√ļblico leigo e alunos de ensino m√©dio, al√©m de graduandos. Vale a pena acompanhar a Bios feras e todos esses eventos sesquisensacionais.

1¬ļ Simp√≥sio em Psicobiologia de Natal

√Č com imenso prazer que anuncio e recomendo o 1¬ļ Simp√≥sio em Psicobiologia: do C√©rebro ao Comportamento da UFRN em Natal. O evento ocorrer√° nos dias 6 e 7 de novembro, sexta e s√°bado. √Č organizado pelos alunos da P√≥s-Gradua√ß√£o em Psicobiologia como parte das comemora√ß√Ķes do bicenten√°rio de Darwin e 150 anos do ‘Origem das Esp√©cies’ e busca oferecer de forma integrada uma perspectiva investigativa em neuroci√™ncias e comportamento animal tanto para desperta o interesse pela pesquisa cient√≠fica quanto para contribuir para a forma√ß√£o de profissionais da √°rea.
 
O Simp√≥sio em Psicobiologia compreende quatro temas: cronobiologia, estudos do comportamento, psicobiologia dos processos cognitivos e endocrinologia comportamental. Ser√£o um total de 15 palestras abordando desde quest√Ķes conceituais e hist√≥ricas sobre a Psicobiologia at√© perspectivas futuras, passando por abordagens proximais para o sono, psicopatologias, horm√īnios sexuais, comportamento alimentar entre outros, e passando tamb√©m por abordagens distais evolutivas com a evolu√ß√£o do sistema nervoso e a import√Ęncia da evolu√ß√£o para o estudo da mente humana.  
 
√Č raro encontrarmos um evento cient√≠fico que apresente de forma conjunta tanto mecanismos de funcionamento do comportamento quanto suas origens evolutivas. E √© por isso e por outros aspectos, como a possibilidade de entrar em contato com profissionais da √°rea e a possibilidade de aumentar sua aptid√£o na festa BIONYX – √† luz da evolu√ß√£o, esse Simp√≥sio ser√° um evento imperd√≠vel. Lembre-se que at√© amanh√£, dia 3/11 a inscri√ß√£o √© mais barata, apenas R$ 25,00. Ent√£o recado dado, aproveitem o simp√≥sio.