6 anos de MARCO EVOLUTIVO e Feliz 2014

cupcake-6-candle-Feliz 2014 a todos seguidores, leitores e fãs do MARCO EVOLUTIVO! Iniciamos esse ano novo comemorando o singelo fato de que em novembro de 2013 completamos não UM, nem DOIS, TRÊS, QUATRO ou CINCO, mas sim 6 anos de existência. Agradeço muito todos os comentários, elogios e críticas recebidos e também aos mais de cem novos seguidores no Facebook que tivemos no ano passado, já estamos com 368. Continuem sempre acessando e compartilhando links do blog com os amigos.

Em 2013, grandes acontecimento acabaram freando um pouco a escrita no blog. O ano passado foi meu primeiro ano completo como professor universitário, então tive bastante trabalho, ministrei muitas aulas e por isso estou muito realizado. Estou desde abril como professor substituto no Departamento de Processos Psicológicos Básicos do Instituto de Psicologia da UnB e venho ministrando a disciplina de Introdução a Psicologia para graduandos dos mais variados cursos. Estou gostando muito da UnB e de morar em Brasília.

darwin_loveNo ano passado tamb√©m me casei com a mulher da minha vida, a Jaroslava Varella Valentova, Antrop√≥loga Tcheca. Estamos muito felizes e realizados morando juntos, alternando entre a vida no Brasil e na Rep√ļblica Tcheca. Enfrentamos o desafio de desenvolver uma cerim√īnia matrimonial humanista evolutivamente relevante com conte√ļdos de Psicologia, Biologia e Antropologia que ficou bem interessante e agradou a todos. Afinal, a ci√™ncia tem muito a dizer sobre o amor e as parcerias rom√Ęnticas.

fighting-irish-in-every-cultureMesmo com apenas 5 postagens, de janeiro de 2013 at√© janeiro de 2014 o MARCO EVOLUTIVO quase 15 mil visitas. Tivemos mais de 12 mil visitas no Brasil, 682 de Portugal e 534 dos EUA. As outras visitas foram de Angola, Mo√ßanbique, Reino Unido, √ćndia, M√©xico, Espanha, Fran√ßa, Rep√ļblica Tcheca, Canad√°, Alemanha, Cabo Verde, Jap√£o, Filipinas, Col√īmbia, Irlanda, Argentina, Chile, Su√≠√ßa e Equador, todos com 10 ou mais visitas.

WallaceEbookGutenberg.org

Os 5 posts mais lidos de 2013 foram: 1-‚ÄúLamarck ‚Äď A Verdadeira Id√©ia Errada‚ÄĚ, 2-‚ÄúO sexo chimpanz√© e o conflito de gera√ß√Ķes‚ÄĚ, 3- ‚ÄúDicas de Livros em Psicologia Evolucionista‚ÄĚ, 4-‚ÄúSele√ß√£o Sexual, de Parentesco, Natural, Artificial e Social‚ÄĚ, e 5-‚ÄúFestival de V√≠deos: Evolu√ß√£o da Sexualidade Humana I‚ÄĚ.¬†O destaque do ano passado foi a comemora√ß√£o dos Cem anos Sem Alfred Russel Wallace, quando celebramos a vida e a obra desse evolucionista esquecido por muitos.

index-tinbergen 4 questionsO presente evolutivo desse come√ßo de ano vem tamb√©m em forma de celebra√ß√£o. Em 2013, fez 50 anos da famosa publica√ß√£o de Nikolaas Tinbergen Sobre os Objetivos e M√©todos da Etologia, onde ele descreve as famosas Quarto Quest√Ķes de Tinbergen para o estudo do comportamento animal.
Tinbergen's legacyEnt√£o a√≠ vai um n√ļmero especial do Human Ethology Bulletin inteiro em homenagem ao meio s√©culo do paper On Aims and Methods do Tinbergen, que est√° bem interessante.
E aí vai ainda um artigo também em comemoração às 4 perguntas de Tinbergen que faz um retrospecto e atualização interessantes.
Fiquem com o v√≠deo do CrashCourse Biology sobre comportamento animal onde as quatro quest√Ķes s√£o abordadas de forma descontraida.

Evolucionismo de Grande Alcance

Darwin anteviu que num futuro distante sua teoria iria transbordar do c√≠rculo da biologia e atingir outras esferas como a √°rea de Humanidades. A cada dia estamos mais perto de concretizar essa revolu√ß√£o Darwinista e perceber que o evolucionismo, por ser um tema transversal integrador, permeia todos os assuntos. Um bom exemplo disso √© o surgimento de uma revista online evolutivamente relevante chamada “Evolution:This View of Life Magazine”. Com o nome inspirado nas palavras de Darwin em que ao comentar sobre evolucionismo disse que h√° uma grandeza nessa vis√£o da vida.

Criada em outubro de 2011, a revista online gera e agrega conte√ļdo evolucionista relacionado √†s seguintes √°reas: Biologia, Palentologia, Cultura, Sa√ļde, Artes, Tecnologia, Religi√£o, Pol√≠tica, Mente, Economia e Educa√ß√£o. Mesmo com menos de um ano de exist√™ncia essa revista j√° √© um marco evolutivo na divulga√ß√£o do evolucionismo em todo seu alcance interdisciplinar. V√°rias entrevistas foram filmadas via internet com pesquisadores de cada uma dessas √°rea acima. A revista √© fruto de uma parceria do The Evolution Institute com o Cons√≥rcio EvoS, com financiamento da National Scince Fundation.

Por tr√°s da “Evolution:This View of Life Magazine” est√° David Sloan Wilson, professor de Biologia e Antropologia na Universidade de Binghamton no EUA. Ele tem se esfor√ßado para expandir a influ√™ncia da evolu√ß√£o em diversas √°reas, como no ensino superior com o EvoS, nas pol√≠ticas p√ļblicas com The Evolution Institute, nas cidades com o The Binghamton Neighborhood Project e na religi√£o com o Evolutionary Religious Institute. √Č claro que como ele √© fiel ao grupo dos selecionistas de grupo acaba usando a revista para se promover e promover sua √°rea. Atualmente ela √© o palco para discuss√Ķes acad√™micas sobre o novo livro do Edward Wilson e a relev√Ęncia da sele√ß√£o de grupo. Felizmente cada uma das 11 √°reas acima tem seu editor pr√≥prio o que garante uma certa pluralidade para¬†a revista.

O surgimento da revista é mais inspirador. Um aluno da pós-graduação o EvoS na Universidade de Binghamton, chamado Robert Kadar, inspirado e motivado pelas leituras do Conciliência do Edward O. Wilson e do Evolution for Everyone do David S. Wilson vislumbrou a idéia dessa revista para catalizar a conciliência entre todas as áreas do conhecimento por meio do evolucionismo para todos.

Assim como a Evolution:This View of Life Magazine surgiu, uma nova geração de estudantes, vários biólogos, psicólogos e outros estão começando blogs de ciência engrossando o caldo da divulgação científica e evolucionista brasileira. Temos muito o que fazer num país com maioria religiosa e de pouca instrução. Ajude você também a promover a conciliação das áreas do saber.

Origem das Espécies Faz 150 Anos Hoje

Hoje, dia 24 de novembro de 2009 estamos comemorando os 150 anos do lan√ßamento da primeira das seis edi√ß√Ķes do livro “Sobre a Origem das Esp√©cies por Meio da Sele√ß√£o Natural ou a Preserva√ß√£o de Ra√ßas Favorecidas na Luta pela Vida” de Charles Darwin, agora dispon√≠vel online com as anota√ß√Ķes de seu terceiro filho Francis Darwin. Como o dia 24 de novembro de 1859 foi um marco evolutivo para a humanidade, √© com imenso prazer que o MARCO EVOLUTIVO oferece presentes variados e interessantes para todos. S√£o sites, livros in√©ditos, v√≠deos e muito mais.


O “Origem das Esp√©cies” est√° sendo celebrado hoje em todo mundo. Ele √© simplesmente o livro que atrav√©s de uma minuciosa reuni√£o de fatos e √°reas mostrou a possibilidade de se explicar a origem e manuten√ß√£o da biodiversidade e da distribui√ß√£o dos seres vivos sem a necessidade de nenhum passe de m√°gica. “H√° uma grandeza nessa vis√£o da vida” escreveu Darwin.

Isso mudou pra sempre nossa vis√£o do mundo natural, pois segundo Dennett no livro “A Perigosa Id√©ia de Darwin”,  Darwin unificou as esferas da vida, significado e prop√≥sito com as esferas de espa√ßo e tempo, causa e efeito, mecanismo e lei f√≠sica. Por conseq√ľ√™ncia encontramos um lugar mais humilde e menos antropoc√™ntrico na natureza. Todos os seres vivos est√£o conectados e nenhum √© melhor do que o outro, todos s√£o especiais e os mais evolu√≠dos do seu ramo.

O Origem, longe de ser a palavra final, abriu uma amplo e f√©rtil programa de investiga√ß√£o que ao longo desses 150 anos unificou todas as diferentes disciplinas das ci√™ncias da natureza de geologia √† biogeografia, de biologia molecular ao comportamento explicando in√ļmeros fen√īmenos por meio de uma mesma matriz evolucionista integradora. E mais recentemente a tend√™ncia √© essa mesma integra√ß√£o unificar as disciplinas das Ci√™ncias Humanas.

Darwin sempre se referiu √† sua teoria no singular, mas Mayr no livro “Biologia Ci√™ncia √önica” mostrou que s√£o pelo menos cinco as diferentes teorias expostas no “Origem das Esp√©cies”. (1) A Evolu√ß√£o: o fato de as esp√©cies mudarem ao longo do tempo; (2) Origem comum: a descend√™ncia compartilhada por todos os seres vivos; (3) Multiplica√ß√£o das Esp√©cies: as esp√©cies d√£o origem a outras esp√©cies; (4) Gradualismo: a mudan√ßa evolutiva ocorre pela transforma√ß√£o gradual da popula√ß√£o; (5) Sele√ß√£o Natural: a reprodu√ß√£o diferencial ao longo das gera√ß√Ķes. Muito ainda falta para completarmos a revolu√ß√£o darwinista, ent√£o busque como contribuir nessa grandiosa mudan√ßa.
Pense grande hoje assim como fizemos no Dia de Darwin para vislumbrar essa mudança e aproveite os presentes abaixo.

O primeiro presente √© uma dica de blog sensacional. Nesse Ano de Dariwn a blogosfera brasileira ganhou um present√£o. O Prof. Dr. N√©lio Bizzo, bi√≥logo e estudioso da hist√≥ria de Darwin, do evolucionismo e de suas rela√ß√Ķes com a educa√ß√£o, professor titular da Faculdade de Educa√ß√£o da USP fez um blog depois de muitos pedidos: “Blog do Bizzo”. Desde fevereiro de 2009 ele escreve sobre evolu√ß√£o e mostra “lados pouco evidentes das opini√Ķes destacadas em diversos ve√≠culos de comunica√ß√£o de massa”. Trata-se de um blog de conte√ļdo mais do que reconhecido e altamente recomendado para todos os envolvidos com a √°rea biol√≥gica. Seja bem vindo professor!! E vamos todos darwinistas do mundo unidos zelar pelo desenvolvimento pleno da revolu√ß√£o darwinista!

Os dois presentes internacionais s√£o: o link dos resumos do “150 Years after Origin: Biological, Historical and Philosophical Perspectives” na University of Toronto, para todos os interessados em teoria hist√≥ria e filosofia do Darwinismo; e o link do “Evolution of Evolution 150 Years of Darwin’s ‘On the Orign of Species'” um site muito legal e interativo que mostra v√≠deos e textos sobre Darwin e sua influ√™ncia na Antropologia, Astronomia, Biologia, Geologia e Ci√™ncias Polares.

Como estamos comemorando o anivers√°rio de um livro nada melhor do que indica√ß√Ķes de livros comemorativos e altamente relevantes para a compreens√£o da revolu√ß√£o darwinista, muitos dos quais s√£o lan√ßamentos recentes. Dentre os livros nacionais temos “Charles Darwin Em um Futuro n√£o t√£o distante”, organizado pela Dra. Maria Isabel Landim e pelo Dr. Cristiano Rangel Moreira, uma iniciativa nacional colaborativa entre muitos autores ilustres, j√° comentado aqui.

Temos o lan√ßamento de “Al√©m de Darwin” de nosso ScienceBrother Reinaldo do Chap√©u, Chicote e Carbono 14, um livro abordando de forma clara uma vastid√£o de assuntos interessantes sobre biologia evolutiva. Veja o pr√≥prio Reinaldo escrevendo sobre seu livro.
Temos tamb√©m o lan√ßamento de “A Goleada de Darwin” do Dr. Sandro de Souza, ele mostra de maneira muito divertida que se o debate entre evolucionistas e criacionistas fosse um partida de futebol o darwinismo ganharia de goleada, ele explica gol por gol.

Dentre os livros internacionais traduzidos temos “A Origem das Esp√©cies de Darwin Uma Biografia” da Janet Browne, um excelente levantamento hist√≥rico sobre a concep√ß√£o, a publica√ß√£o e o legado do nosso aniversariante do dia. Temos ainda o lan√ßamento de “A Causa Sagrada de Darwin” de James Moore e Adrian Desmondtions */ p.MsoNormal, li.MsoNormal, div.MsoNormal {mso-style-parent:””; margin:0cm; margin-bottom:.0001pt; mso-pagination:widow-orphan; font-size:12.0pt; font-family:”Times New Roman”; mso-fareast-font-family:”Times New Roman”;} @page Section1 {size:612.0pt 792.0pt; margin:70.85pt 3.0cm 70.85pt 3.0cm; mso-header-margin:36.0pt; mso-footer-margin:36.0pt; mso-paper-source:0;} div.Section1 {page:Section1;} –> os dois maiores bi√≥grafos de Darwin. Nesse livro eles apresentam uma teses inteiramente nova de que muito da inspira√ß√£o para as principais descobertas veio da sua postura moral anti-escravid√£o. Eu j√° comentei sobre esse livro no post dos Eventos sobre Darwin quando divulguei a palestra que James Moore deu em Salvador, vale a pena assitir o v√≠deo recomendando o original desse livro.

Temos tamb√©m o lan√ßamento de “A ilha de Darwin” de Steve Jones, que aborda a intensa vida cient√≠fica de Darwin na Inglaterra abordando 11 dos sue 19 livros ao longo um per√≠odo de 40 anos. Mesmo se Darwin n√£o tivesse falado nada sobre evolu√ß√£o ele seria muito famoso e respeitado dada a diversidade e import√Ęncia de seus in√ļmeros estudos e descobertas em campos diversos de geologia √† bot√Ęnica, passando pelo comportamento animal e humano.

A Editora UNESP lan√ßou duas colet√Ęneas de cartas de Darwin. A primeira √© “ORIGENS” incluindo cartas de 1822 a 1859. E a segunda √© “A EVOLU√á√ÉO” incluindo cartas de 1860 a 1870. Ambos os livros apresentam o lado pouco conhecido da comunica√ß√£o entre cientistas ao redor de uma grande teoria. Esses livros e muitos outros editados por editoras universit√°rias e muitas outras estar√£o pela metade do pre√ßo na Feira do Livro da USP que come√ßa amanh√£ no pr√©dio da Hist√≥ria e Geografia da USP. Aproveite essa chance √ļnica de comemorar o anivers√°rio de um livro comprando v√°rios outros.

Abaixo veremos o trailer do filme “Creation” sobre a vida de Darwin e a publica√ß√£o do livro aniversariante e um v√≠deo celebrando o dia de hoje, o hist√≥rico dia em que o  c√©lebre “Origem das Esp√©cies” fez seus 150 aninhos. Parab√©ns ao “Origem” e a todos que mudaram seu modo de pensar e vida e a si mesmos devido a ele.