Feliz Dia de Darwin 2023!

√Č chegada a hora do nosso Darwin Day! Hoje, 12 de fevereiro de 2023, estamos celebrando os 214 anos de ningu√©m menos que Charles Robert Darwin (1809-1882). Foi ele, o ge√≥logo e naturalista, que reuniu diversas fontes de evid√™ncias apontando para o processo evolutivo dos seres vivos. Com os mecanismos da sele√ß√£o natural e da sele√ß√£o sexual, ele prop√īs uma explica√ß√£o natural e unificada para diversidade, similaridade e manuten√ß√£o dos seres vivos, incluindo o ser humano, ao longo da hist√≥ria do planeta Terra.

Nada mais apropriado do que celebrarmos o anivers√°rio de Darwin, sua biografia, descobertas e legado neste¬†Darwin Day¬†de 2023. O Dia de Darwin √© uma celebra√ß√£o internacional que visa nos inspirar a refletir e agir seguindo os princ√≠pios de bravura intelectual, curiosidade, pensamento cient√≠fico e busca pela verdade como demonstrados por Charles Darwin. Ent√£o temos que aproveitar esta celebra√ß√£o para nos ajuda apreciar a natureza evolu√≠da dos seres vivos, nossa origem primata humilde, e para buscarmos as atualiza√ß√Ķes do conhecimento evolutivo fruto do legado darwinista.

Aqui no¬†MARCO EVOLUTIVO temos, nos √ļltimos 15 anos, continuamente celebrado o¬†Dia de Darwin¬†come√ßando em¬†2008, passando pelo¬†Bicenten√°rio de Darwin e 150 anos do ‚ÄėOrigem da Esp√©cies‚Äô em 2009, e por¬†2010,¬†2011,¬†2012,¬†2013,¬†2014,¬†2015,¬†2016,¬†2017, pela¬†D√©cada de Darwin Days no Blog em 2018,¬†2019,¬†2020,¬†pelo sesquicenten√°rio do ‚ÄúA Descend√™ncia do Homem a Sele√ß√£o Sexual‚Äô em 2021, e pelo sesquicenten√°rio do ‚ÄėA Express√£o das Emo√ß√Ķes no Homem e nos Animais‚Äô em 2022. Neste 2023 n√£o seria diferente.

Darwin nos mostrou a beleza e o insight profundo de ver as rela√ß√Ķes entre as esp√©cies como as de parentescos fam√≠lias numa grande √°rvore da vida. N√£o somos id√™nticos aos nossos pais; assim como as pessoas, as esp√©cies s√£o √ļnicas, mas as esp√©cies irm√£s tendem a ser mais parecidas entre si do que as esp√©cies primas. √Č uma √≥tima met√°fora, pois ainda mostra que da mesma forma que um galho conforme cresce vai mudando, as esp√©cies tamb√©m v√£o mudando ao longo das gera√ß√Ķes (anag√™nese), e quando h√° uma bifurca√ß√£o √© quando ocorre o evento de especia√ß√£o, o surgimento de novas esp√©cies (cladog√™nese). E quando um galho seca √© como um evento de extin√ß√£o para as esp√©cies daquele ramo. De forma geral a evolu√ß√£o biol√≥gica pode ser representada como um eterno crescimento, bifurca√ß√£o, fus√£o (simbiose) e perecimento dos ramos da vida, todos tendo um mesmo tronco distante em comum.

Em 1857, numa carta para Huxley, Darwin escreveu que ‚ÄúA hora vir√°, creio eu, embora n√£o viva para ver, quando tivermos √°rvores geneal√≥gicas muito justas de cada grande reino da natureza.‚ÄĚ Darwin estava certo, e todos n√≥s hoje podemos vislumbrar e explorar a maior √°rvore dos seres vivos j√° organizada. O site OneZoom mostra numa estrutura fractal continua os relacionamentos de parentescos de 2,2 milh√Ķes de esp√©cies, de bact√©rias at√© o urso de √≥culos sul-americano. Al√©m de fotos, as folhas t√™m cores indicando se a esp√©cie est√° extinta ou em risco de extin√ß√£o. √Č claro que al√©m da truta, do cogumelo amanita, da maconha, do lobo, o ser humano √© uma das esp√©cies mais procuradas.

Darwin estudou a evid√™ncia de anatomia comparativa entre humanos e outros grande primatas sem rabo para prever que os humanos muito provavelmente evolu√≠ram na √Āfrica. Em 1871, Darwin escreveu que “Em cada grande regi√£o do mundo os mam√≠feros vivos est√£o intimamente relacionados com as esp√©cies extintas da mesma regi√£o. √Č, portanto, prov√°vel que a √Āfrica tenha sido anteriormente habitada por grandes primatas extintos, parentes pr√≥ximos do gorila e do chimpanz√©; e como essas duas esp√©cies s√£o agora as aliadas mais pr√≥ximas dos humanos, √© talvez mais prov√°vel que nossos primeiros progenitores tenham vivido no continente africano do que em qualquer outro lugar.”

Darwin estava certo: n√£o s√≥ os nossos ancestrais mais antigos desde a separa√ß√£o do ramo comum com os Chimpanz√©s e Bonobos s√£o encontrados na √Āfrica, mas tamb√©m a √°rvore geneal√≥gica humana usando dados gen√©ticos remonta √† √Āfrica. No ano passado foi publicada a maior √°rvore unificada da humanidade feita por meio de genomas atuais e ancestrais mostrando a riqueza de dispers√Ķes e intercruzamentos das popula√ß√Ķes. Talvez se todos conseguirmos perceber toda a humanidade e todos os outros seres vivos como literalmente nossos parentes ‚Äėde sangue‚Äô talvez diminuiremos com as guerras, abusos e maus-tratos ainda t√£o persistentes na atualidade.

Seguimos em frente nos Darwin Days, sempre disseminando os insights, as previs√Ķes, descobertas e legado de Darwin bem como as novas descobertas, as quais muitas apoiam as previs√Ķes do naturalista de revolucionou a biologia e a humanidade. Neste ano tivemos o Darwin Day da Sociedade Brasileira de Gen√©tica na UFES com exposi√ß√Ķes, palestras e mesas redondas. Estamos tento o Darwin Day do Museu de Zoologia da USP com v√°rias atra√ß√Ķes para os adultos e as crian√ßas. E ainda teremos o Darwin Day da UFJF em 24 de mar√ßo. Muitos outros evento ainda v√£o surgir, ent√£o aproveitem!

Dia de Darwin 2022 e 150 anos do ‘Express√£o das Emo√ß√Ķes’

No dia de hoje, 12 de fevereiro de 2022, h√° 213 anos nascia Charles Robert Darwin, o naturalista que explicou em termos naturais a variedade e as semelhan√ßas dos seres vivos e revolucionou a forma como entendemos a natureza e nosso lugar nela. Por isso estamos celebrando o Darwin Day de 2022, o momento do ano em que consideramos a vida, as descobertas e o legado da Charles Darwin. Neste dia buscamos inspirar a todos a ver os seres vivos e suas rela√ß√Ķes atuais e ancestrais da forma naturalista e evolu√≠da que Darwin concebeu. Al√©m disso, enfatizamos tamb√©m as constantes revis√Ķes e atualiza√ß√Ķes do conhecimento biol√≥gico e evolutivo fruto do legado darwinista. Ent√£o, o Dia de Darwin √© sempre muito emocionante!

Nos √ļltimos 13 anos aqui no MARCO EVOLUTIVO, temos devidamente celebrado o Dia de Darwin come√ßando em 2008, passando pelo Bicenten√°rio de Darwin e 150 anos do ‚ÄėOrigem da Esp√©cies‚Äô em 2009, e por 2010, 2011, 2012, 2013, 2014, 2015, 2016, 2017, pela D√©cada de Darwin Days no Blog em 2018, 2019, 2020 e pelo sesquicenten√°rio do ‚ÄúA Descend√™ncia do Homem a Sele√ß√£o Sexual‚Äô em 2021. Assim como no ano passado, este ano ser√° muito especial pois estaremos comemorando os 150 anos de outra publica√ß√£o darwiniana, o livro ‚ÄúA Express√£o das Emo√ß√Ķes no Homem e nos Animais‚ÄĚ (1872).

O que era para ser um cap√≠tulo do livro anterior ‚ÄúA Descend√™ncia do Homem e a Sele√ß√£o em Rela√ß√£o ao Sexo‚ÄĚ (1871) cresceu tanto que precisou ser considerado como uma nova obra em si mesma. O ‚ÄėExpress√£o da Emo√ß√Ķes‚Äô foi publicado dia 26 de novembro de 1872, e foi o primeiro a usar fotografias. No livro, Darwin tra√ßa um programa de pesquisa evolucionista e comparativo para as ci√™ncias do comportamento. Sim, Darwin, que j√° havia estudando Geologia, por exemplo, com o surgimento das montanhas e dos at√≥is, Zoologia com sua vasta publica√ß√£o sobre cracas, e Bot√Ęnica com seus experimentos de poliniza√ß√£o de orqu√≠deas, tamb√©m se debru√ßou sobre o comportamento animal, humano e n√£o-humano. Darwin pesquisou meticulosamente v√°rias emo√ß√Ķes e os movimentos corporais relacionados, incluindo ainda varia√ß√Ķes vocais e algumas rea√ß√Ķes fisiol√≥gicas, como arrepio e rubor. Darwin usou observa√ß√Ķes e question√°rios entre outras metodologias.

Por quest√£o de sa√ļde, Darwin passou muito tempo praticamente em isolamento social em casa com a fam√≠lia, mas nem assim parou com sua curiosidade e aten√ß√£o a detalhes e padr√Ķes. Isso porque ele passou a observar tamb√©m o comportamento dos animais de estima√ß√£o e dos seus filhos em toda a sua expressividade emocional e ent√£o, com a ideia de ancestralidade comum em mente, passou a entender as semelhan√ßas e querer cada vez mais aplicar evolu√ß√£o ao comportamento. Enfim, ele mostrou em seu livro que as express√Ķes das emo√ß√Ķes s√£o em grande parte compartilhadas entre os animais, incluindo os humanos. Ao perceber a continuidade filogen√©tica da expressividade emocional Darwin foi pioneiro no estudo Psicol√≥gicos informado pela Evolu√ß√£o biol√≥gica. Ele √© considerado por muitos o primeiro psic√≥logo evolucionista.

 

Com o agravamento da pandemia causada pela variante √Ēmicron, os eventos no Brasil e no mundo inteiro est√£o sendo realizados de forma online facilitando a participa√ß√£o, e o fato de muitos ficarem gravados ajuda demais na dissemina√ß√£o do legado de Darwin e das subsequentes atualiza√ß√Ķes. Cada vez mais institui√ß√Ķes e grupos est√£o se juntando √† celebra√ß√£o internacional do Dia de Darwin e oferecendo gratuitamente palestras e discuss√Ķes sobre os mais variados temas biol√≥gicos e evolutivos. Ent√£o, se na √©poca de Darwin ficar em casa n√£o era desculpa para n√£o aprender, agora com v√°rios eventos online, ficou bem mais f√°cil aproveitar os v√≠deos do Darwin Day para expandir os conhecimentos.

Este Darwin Day 2022 √© uma oportunidade excelente para aprendermos mais sobre os seres vivos e sobre n√≥s mesmos. Pois como o pr√≥prio Darwin escreveu no pref√°cio do ‚ÄėA Descend√™ncia do Homem‚Äô: ‚ÄúIgnor√Ęncia mais frequentemente leva √† confian√ßa do que o conhecimento: √© aqueles que sabem pouco, e n√£o aqueles que sabem muito, que positivamente afirmam que este [origem dos humanos] ou outro problema nunca ser√° resolvido pela ci√™ncia‚ÄĚ.

Feliz Darwin Day 2022!

Dia de Darwin 2021 e os 150 anos do “Descend√™ncia do Homem”

√Č chegado o Darwin Day 2021, a grande celebra√ß√£o internacional da biografia, publica√ß√Ķes e legado de Charles Robert Darwin. Hoje, dia 12/2/21, Darwin faz 212 anos. E daqui 12 dias seu livro ‚ÄúA Descend√™ncia do Homem e Sele√ß√£o em Rela√ß√£o ao Sexo‚ÄĚ (1871) completa 150 anos de publica√ß√£o, 12 anos depois do sesquicenten√°rio do ‚ÄúOrigem das esp√©cies‚ÄĚ. ¬†No ‚ÄúDescend√™ncia‚ÄĚ (12 letras), Darwin aborda as semelhan√ßas morfol√≥gicas, comportamentais e psicol√≥gicas entre humanos e n√£o-humanos como evid√™ncia da ancestralidade comum, e discute a import√Ęncia da sele√ß√£o sexual para a evolu√ß√£o de algumas caracter√≠sticas compartilhadas. Darwin deixa claro que as diferen√ßas que existem entre n√≥s e os outros animais s√£o de grau e n√£o de tipo, e que todos os humanos vieram de um ancestral comum africano. Trata-se ent√£o de um dia, um m√™s e um ano muito especiais para o evolucionismo, especialmente aplicado ao ser humano.

Nos √ļltimos 12 anos aqui no MARCO EVOLUTIVO, temos celebrado ininterruptamente o Dia de Darwin come√ßando em 2008, passando pelo Bicenten√°rio em 2009, e por 2010, 2011, 2012, 2013, 2014, 2015, 2016, 2017, pela D√©cada de Darwin Days em 2018, 2019 e em 2020. Por conta da pandemia muitos eventos no Brasil e no mundo todo est√£o sendo realizados online, o que facilita muito a participa√ß√£o e a dissemina√ß√£o das ideias e do legado de Darwin. Ent√£o busque online por Darwin Day 2021 e aproveite. Veja a discuss√£o sobre Evolu√ß√£o Humana promovida pela Sociedade Brasileira de Gen√©tica.

No ‚ÄúDescend√™ncia‚ÄĚ Darwin ressalta que epidemias, assim como guerras, s√£o um importante fator de sele√ß√£o fazendo com que a popula√ß√£o humana n√£o realize todo seu potencial de multiplica√ß√£o. Seguindo esses primeiros passos de se abordar os surtos de doen√ßas evolutivamente, especialmente num livro sobre a evolu√ß√£o do corpo e do comportamento humano, alguns psic√≥logos evolucionistas contempor√Ęneos t√™m continuado essa linha durante a atual pandemia de COVID-19 causada pelo novo coronav√≠rus. Temas como as tend√™ncias evolu√≠das de se evitar cont√°gio por pat√≥genos, as respostas comportamentais e psicol√≥gicas a amea√ßas, coopera√ß√£o e cuidado em tempos de crise de sa√ļde, entre outros, est√£o sendo abordados te√≥rica e empiricamente no momento. Veja Seitz et al. (2020), Arnot et al., (2020), Dezecache et al. (2020), Troisi (2020), e Ackerman et al. (2020).

Um tema comum nessas novas publica√ß√Ķes √© o descompasso temporal evolutivo (evolutionary mismatch) entre o ambiente ancestral, para o qual boa parte das nossas tend√™ncias est√° adaptada, e o ambiente atual, que preserva cada vez menos semelhan√ßa com as condi√ß√Ķes ancestrais. Se o descompasso entre o ambiente de adapta√ß√£o evolutiva ancestral e o contexto moderno urbanizado, p√≥s-industrial e tecnol√≥gico pr√©-pandemia j√° era considerado pouco representativo do modo de vida ca√ßador coletor ancestral, levando a v√°rios problemas como o sedentarismo, obesidade, solid√£o e estresse cr√īnico, esse descompasso s√≥ aumentou durante a atual pandemia de COVID-19. A pandemia de COVID-19 est√° sendo referida como o grande descompasso evolutivo.

O conceito evolutivo do descompasso √© importante pois mostra que as adapta√ß√Ķes n√£o s√£o absolutas, mas sim relativas a um ambiente espec√≠fico. Quem conhece o tamanho do ambiente natural dos grandes felinos entende porque eles est√£o sempre andando para l√° e para c√° em seus recintos no zool√≥gico. Assim como os le√Ķes, os humanos tamb√©m v√£o tender a querer se comportar como se ainda estivessem em sua fam√≠lia estendida tribal rodeados de parentes e amigos, alta intera√ß√£o social di√°ria, alimenta√ß√£o comunal, deslocamento di√°rio e entretenimento em grupo ao redor da fogueira √† noite.

Ao longo dos anos fomos criando substitutos como a televis√£o, cinema, o telefone, internet, email, v√≠deo chamadas, realidade virtual, educa√ß√£o √† dist√Ęncia, esteira de corrida/caminhada, aplicativos de escolha de parceiros, pornografia, os document√°rios de natureza, etc. Mas, ainda assim, quanto mais perto do contexto original maior √© o apelo psicol√≥gico, como de reencontrar a fam√≠lia no restaurante ou os amigos na escola/universidade ou no bar √† noite, o futebol com os amigos no final de semana, a atividade f√≠sica na academia de gin√°stica, a socializa√ß√£o nos cultos religiosos, e as oportunidades de se encontrar novos parceiros sexuais nas boates e discotecas.

Porém, durante a pandemia essa resistência de se deixar a vida moderna mais virtual/online ainda, que é compreensível e prevista à luz dos descompassos evolutivos, está colocando a sociedade e a espécie inteira em perigo. São justamente a escola/universidade, o restaurante, o bar, a igreja, a academia, as boates e discotecas que estão sendo identificados como locais com eventos de super-espalhamento do novo coronavírus (suprespreading events) que poderiam ser evitados visto que os indivíduos oportunisticamente decidem se expor ao perigo.

Mais do que nunca teremos que utilizar e disseminar os vários substitutos virtuais  para manter os mínimos níveis de estimulação e atuação social, os quais ajudam a manter a sanidade corporal e mental (apesar de eles também levarem a alguns prejuízos). Então, nesse dia de Darwin é importante participar dos vários eventos online, e entender a problemática dos descompassos evolutivos para tentar ao máximo minimizar mortes evitáveis decorrente da irresponsabilidade epidemiológica de alguns poucos.

 

 

 

 

Feliz Darwin Day 2020 Brasil!!!

No dia 12 de fevereiro de 1809 nascia Charles R. Darwin. Aquele menino curioso, travesso, colecionador de besouros, e nada muito estudioso, virou um jovem explorador e ca√ßador de p√°ssaros. Mas o que ele fez depois de abandonar a faculdade de medicina o colocou no caminho para um futuro de muito impacto. Ao combinar geologia, com hist√≥ria natural e demografia, com observa√ß√Ķes cuidadosas, expedi√ß√£o ao redor do mundo, coletas de esp√©cimes e f√≥sseis, experimentos caseiros, muita leitura, reflex√£o, e troca de cartas com especialistas, Darwin, seus livros e descobertas, se tornaram o pilar da Biologia moderna, que por sua vez, ancora para as Ci√™ncias Humanas. Nesse Darwin Day de 2020, estamos comemorando os 211 anos de Darwin e os 161 anos do seu livro seminal “A Origem das Esp√©cies”. Trata-se da maior celebra√ß√£o mundial da Ci√™ncia e da Raz√£o inspirada na vida e obra de Darwin, continuando a tamb√©m merecida comemora√ß√£o de ontem do Dia Internacional da Mulher e Menina na Ci√™ncia.

No MARCO EVOLUTIVO, celebramos anualmente o Dia de Darwin come√ßando em 2008, passando pelo Bicenten√°rio em 2009, e por 2010, 2011, 2012, 2013, 2014, 2015, 2016, 2017, pela D√©cada de Darwin Days em 2018 e at√© 2019.darwin day 2020 Me alegra muito ver o crescimento de celebra√ß√Ķes do Darwin Day no Brasil mesmo sendo num per√≠odo de f√©rias de ver√£o pr√©-carnaval. E como as abordagens se diversificaram, alguns celebram no dia 12 (UFU,¬†UFSC, MZ-USP), outros na semana inteira ou m√™s de fevereiro¬†(MZ-USP), outros em mar√ßo com o in√≠cio das aulas da gradua√ß√£o e p√≥s (Unesp Botucatu, FMVZ-USP). Tem muita programa√ß√£o imperd√≠vel. O importante √© aumentar o conhecimento, vislumbre e engajamento sobre o evolucionismo darwinista no Brasil. Afinal somos ainda a √ļnica esp√©cie do sistema solar que j√° descobriu a evolu√ß√£o por sele√ß√£o natural.

Darwin dia do orgulh ateuHoje tamb√©m √© celebrado o Dia do Orgulho Ateu no Brasil. Nada mais apropriado do que comemorar a liberdade das amarras da religi√£o no dia de nascimento do naturalista brit√Ęnico para quem apoiar a evolu√ß√£o por sele√ß√£o natural era como confessar um assassinato. Isso porque, com Darwin, as explica√ß√Ķes criacionistas n√£o s√£o mais necess√°rias para explicar a origem e diversifica√ß√£o dos seres vivos. Apesar de parecer que Darwin tornou de vez desnecess√°ria a cren√ßa religiosa, o que ele possibilitou, muito pelo contr√°rio, √© uma explica√ß√£o materialista evolutiva tanto para a origem e diversifica√ß√£o das esp√©cies e suas adapta√ß√Ķes corporais quanto suas adapta√ß√Ķes mentais. E assim, at√© a propens√£o para religiosidade e/ou seus subcomponentes afetivos-cognitivos tamb√©m podem ser explicadas evolutivamente. Os poss√≠veis valores adaptativos ancestrais da religiosidade podem ser desde refor√ßar o tribalismo, promover assimila√ß√£o cultural alheia, capa livro the biological evolution of religious mind and behaviormotivar expans√£o territorial e conflitos entre grupos, controlar a fidelidade, sexualidade e reprodu√ß√£o feminina, fomentar sexualidade mais conservadora, oferecer prop√≥sitos de vida al√©m dos de cuidado parental, ativar o efeito placebo de auto-cura, oferecer conforto e esperan√ßa frente ao medo da morte, entre outros. As pesquisas sobre esse tema est√£o florescendo nas √ļltimas d√©cadas, e assim que as evid√™ncias forem se acumulando saberemos quantos e quais desses valores adaptativos s√£o os mais embasados para explicar a evolu√ß√£o da propens√£o para desenvolver a capacidade da religiosidade/espiritualidade. Veja exemplos aqui e aqui¬†(livro da imagem).

Ent√£o, ao inv√©s dos religiosos ficarem chateados por Darwin ter explicado os seres vivos, incluindo a origem primata dos humanos, nos termos materialistas sem a interfer√™ncia de qualquer divindade mitol√≥gica, eles deveriam tamb√©m celebrar o Darwin Day, pois o evolucionismo pode explicar a exist√™ncia de sua pr√≥pria tend√™ncia a religiosidade/espiritualidade. Sabemos que n√£o √© manifesto na natureza a exist√™ncia de qualquer divindade criadora minimamente inteligente ou bondosa, visto a extin√ß√£o das esp√©cies, as crueldades que indiv√≠duos fazem uns com os outros, os √≥rg√£os vestigiais, os erros de design de v√°rios √≥rg√£os, suas disfun√ß√Ķes, as doen√ßas heredit√°rias, entre outras. Por√©m, a capacidade para se ter as experi√™ncias e tecer os racioc√≠nios religiosos tem sua realidade embasada na pr√≥pria evolu√ß√£o da mente humana. DARWIN-DAY-mobilizacao 2020√Č por isso que esses racioc√≠nios religiosos s√£o antigos, universais e experienciados subjetivamente como ver√≠dicos, intuitivos, profundos e poderosos, pois s√£o parte evolu√≠da de longa data da mente humana, e n√£o porque esse ou outro ser mitol√≥gico m√°gico local realmente exista invis√≠vel e antropomorficamente. Contra-intuitivamente, a pura f√© religiosa √© mais prova do alcance e poder da evolu√ß√£o biol√≥gica do que da exist√™ncia de qualquer suposta divindade. A evolu√ß√£o da f√© leva √† ‘f√©’ na evolu√ß√£o.

Muitas capacidade mentais foram recrutadas e reorganizadas para compor a religiosidade. Soeling & Voland (2002) elencaram as capacidades do misticismo, da √©tica, do racioc√≠nio mitol√≥gico, e da tend√™ncia para realizar rituais.paternicity taxonomy Dentro das capacidades para o misticismo, al√©m das tend√™ncias para a contempla√ß√£o transcendental, existem as tend√™ncias de pensamento essencialista, e de superativa√ß√£o da capacidade de identificar agentes intencionais (antropomorfiza√ß√£o). Veja tamb√©m van Leeuwen & van Elk (2019)¬†para um modelo mais recente. Na revis√£o da literatura sobre biopsicologia do antropomorfismo (Varella, 2018), mostrei como essa superativa√ß√£o da detec√ß√£o da intencionalidade √© profundamente enraizada e evolu√≠da da mente humana (junto com outros primatas pr√≥ximos). error management theory tableEla tem a fun√ß√£o protetora por nos fazer ver inten√ß√£o onde n√£o tem para n√£o deixarmos de ver onde tem, especialmente em contextos de vulnerabilidade. Foi melhor para nossos ancestrais pr√©-hist√≥ricos se assustar com o vento mexendo a moita do que n√£o se assustar quando o tigre-dente-de-sabre estava escondido na moita. Como no geral os religiosos tem mais medo da morte¬†do que os n√£o religiosos (mas a coisa √© mais complicada do que isso) faz sentido eles verem agente intencional onde existem apenas processos astron√īmicos, f√≠sico-qu√≠micos, e biopopulacionais transgeracionais.

Animal Tool Behavior bookSomado a isso, os humanos (junto com outros primatas pr√≥ximos) projetam e fazem ferramentas que nos ajudam na sobreviv√™ncia e reprodu√ß√£o h√° muito tempo pra essa capacidade mental de projetista/engenheiro tamb√©m fazer parte intr√≠nseca da mente humana. E isso tamb√©m explica o qu√£o intuitivo √© o falacioso ‘argumento do design’ usado por criacionistas e adeptos do, tamb√©m pseudocient√≠fico, design inteligente. Achar piamente que para se produzir algo funcional e complexo √© preciso sempre de um projetista inteligente, apesar de ‘fazer sentido’ intuitivamente, n√£o √© prova da plausibilidade da teologia natural, mas sim do car√°ter evolu√≠do da nossa capacidade cognitiva de imaginar, reconhecer e produzir ferramentas e outros artefatos.

Atualmente temos o desafio de promover e intensificar o ensino de evolução em várias faixas etárias entre os humanos. orangutan criationism Futurama.S06E09.HDTV_.XviD-FEVER-02.07.33Mas no futuro quando conseguirmos nos comunicar melhor com as outras espécies (e impedirmos sua extinção por degradação de habitat) teremos que também enfrentar o criacionismo dos gorilas e orangotangos, e o design inteligente dos corvos e macacos-prego. Não só porque isso está em parte devidamente profetizado na série Futurama (S06E09), mas porque esses e outros animais também tem as mesmas capacidades de entender propósitos e metas em outros, e de produzir ferramentas. Penso que uma boa maneira de lidar com isso é reafirmar a realidade do sentimento religiosos e a intuitividade profunda dos raciocínios intencionais e projetistas como produtos legítimos da evolução biológica.
Desejo um ótimo Darwin Day em 2020 para todas as tribos!

Feliz Darwin Day 2019 Brasil com 210 anos de Darwin e 160 do “Origem”

Darwin Day torradaApesar de tudo isso que t√° a√≠, 2019 tem sim algum motivo para comemora√ß√£o. Nesse 12 de fevereiro de 2019 estamos comemorando os 210 anos do meu, do seu, do nosso eterno bom velhinho Charles Robert Darwin.¬†S√£o in√ļmero eventos ocorrendo no mundo inteiro. Trata-se de uma celebra√ß√£o internacional da vida e obra de Darwin, os 160 anos da Origem das Esp√©cies, bem como da Ci√™ncia e da Raz√£o, dois pilares de sustenta√ß√£o da modernidade que andam¬†imprudentemente cada vez mais desacreditados e desconsiderados. Um dia depois do Dia Internacional da Mulher e Menina na Ci√™ncia, hoje tamb√©m √© celebrado o Dia do Orgulho Ateu e a biografia de Darwin nos ensina que √© preciso muita coragem, curiosidade e honestidade intelectual para eclodir do conforto da religi√£o e encarar o mundo real de peito aberto. Em 12 de fevereiro de 1809 tamb√©m nascia Abraham Lincoln que lutou contra a escravid√£o, assim como Darwin e sua fam√≠lia. √Č de not√≥rio saber que Darwin quando esteve no Brasil rejeitou a escravid√£o, disse nunca mais na vida voltar a visitar um pa√≠s escravocrata, e at√© torceu para o Brasil seguir o exemplo do Haiti e fazer uma revolta contra os colonizadores.

evolution of the parasiteO que Darwin pensaria do Brasil do s√©culo XXI? Onde empresas privadas por gan√Ęncia e puro descaso destroem bacias hidrogr√°ficas inteiras envenenando seu ecossistema e toda sua biodiversidade e popula√ß√£o, onde √°reas de conserva√ß√£o ambiental est√£o sem recursos e sendo amea√ßadas, onde governantes cada vez mais rejeitam a laicidade do estado e a teoria evolutiva, onde cada vez menos se faz para combater o trabalho escravo, chegando at√© a ilus√≥ria nega√ß√£o da exist√™ncia da escravid√£o em nosso pa√≠s, onde as terras ind√≠genas continuam a ser invadidas e nossos nativos dizimados. Darwin velho na velha Rio de JaneiroAcho que Darwin at√© sentiria saudade do antigamente que ele outrora rejeitou assim que visse o quanto poder√≠amos estar avan√ßados enquanto civiliza√ß√£o, mas s√≥ que n√£o. Com mais mulheres na pol√≠tica e na ci√™ncia muitos desses e outros desafios estariam solucionados.

Aqui no MARCO EVOLUTIVO, celebramos anualmente o Dia de Darwin come√ßando em 2008, passando pelo Bicenten√°rio¬†em 2009, e por 2010, 2011, 2012, 2013, 2014, 2015, 2016, 2017, e at√© a D√©cada de Darwin Days em 2018. Nesse per√≠odo de mais de uma d√©cada vi muitos cientistas se empolgarem pelo Darwin Day e come√ßarem a divulgar, prestigiar e at√© organizar eventos alinhados com as celebra√ß√Ķes internacionais. Afinal, com um legado desse n√£o d√° pra n√£o se engajar de vez, ainda mais em tempos sombrios como os atuais, talkei.

-charles-darwin-surrealism-paintingDarwin, além de ser a razão do meu blogar anual, é simplesmente a pessoa que viabilizou a real integração entre matéria e propósito, forma e função, ancestral e atual, adaptado e vestigial, individual e populacional, armamento e ornamento, domesticado e selvagem, animal e humano, corporal e emocional, geológico e biológico, vegetal e animal, sobrevivência e reprodução. Por isso que o Darwin Day iniciado no mundo em 1995 veio para ficar.

S√≥ nos resta colar e lotar pessoal ou virtualmente nas v√°rias celebra√ß√Ķes desse ano, algumas j√° ocorreram, outras est√£o ocorrendo agora e outras v√£o ocorrer depois do come√ßo do ano letivo ou at√© no segundo semestre. Voc√™ que √© do Rio de Janeiro, fique de olho no Darwin Day na Livraria Travessa Ipanema com 3 √≥timos palestrantes e no Museu do Amanh√£ com o incr√≠vel Ver Ci√™ncia. Em Botucatu, fique ligado no Darwin Day Unesp, sempre com √≥tima programa√ß√£o.¬†Em Ribeir√£o Preto, fique ligado no Darwin Day RP na USP,¬†sempre muito bom. Em Osasco, tem celebra√ß√£o sempre interessante e descontra√≠da no segundo semestre no Borbolet√°rio municipal.¬†Em Uberl√Ęndia, se ligue no Darwin Day da UFU de Umuarama, que promete. Em Bel√©m, fique ligado no DNA & Darwin Day da LAGEN na UFPA. Em Alagoas, o pessoal do GESEB na UFAL j√° celebrou seu Darwin Day.

darwin day 2019 mesa sele√ß√£o sexual Jarka e Marco no MZ-uspEm S√£o Paulo, haver√° o Darwin Day da Veterin√°ria na FMVZ da USP com programa√ß√£o excelente o dia inteiro, e que poder√° ser acompanhado¬†online pelo IPTV USP. Haver√°, tamb√©m em S√£o Paulo,¬†a tradicional e famosa Semana de Darwin no Museu de Zoologia da USP com programa√ß√£o excelente a semana inteira. Ser√£o 4 mesas redondas com √≥timos convidados, todas iniciando √†s 19h: uma hoje, dia 12/02, sobre Os 160 anos do Origem das Esp√©cies, uma amanh√£, dia 13/02, sobre Sele√ß√£o Sexual onde estarei junto com a Profa Dra. Jaroslava V. Valentova, minha esposa, uma dia 14/02 sobre Genes e Cultura, e a √ļltima dia 15/02 sobre Cultura e Cogni√ß√£o. Tenho muito orgulho de ter sido convidado a palestras duas vezes no Darwin Day do Borbolet√°rio de Osasco, uma vez no de Ribeir√£o Preto, uma no da Unesp de Botucatu e agora no do Muzeu de Zoologia da USP. Espero que cada vez mais institui√ß√Ķes comecem a celebrar esse Dia de Darwin (ou at√© essa Semana de Darwin) e a brilhantar esse dia num momento t√£o sombrio do nosso pa√≠s e do mundo.

Desejo a todos um Dia de Darwin bem subversivo, produtivo, desconstruído e evoluído.

Fique com um Darwin Day especial do Stated Clearly sobre Darwin e Seleção Sexual.

Feliz Década Darwin Day Brasil 2008-2018

Darwin-Day_ss_515355631-790x400Foi com muita emo√ß√£o e descontra√ß√£o que comemorei o nosso¬†12 de fevereiro com minha esposa Jarka e meus dois filhos Alice (1 ano e 6 meses) e Bernardo (3 semanas). Entre a visita ao Butant√£ e a ida √† piscina muitas alegrias e choros, claro. Que dia especial √© sempre nosso Darwin Day. Ele que faria 209 anos, teve¬†10 filhos, ent√£o devia ter v√°rios motivos para comemorar o 12 de fevereiro. Que dia esse… Do nascimento de Martinho da Vila em 1938 ao falecimento de Tomie Ohtake em 2015, no Darwin Day tudo pode acontecer. Assim como que em qualquer outro dia… √Č quando menos se nota a import√Ęncia hist√≥rica daquele momento que notadamente se faz e vive a hist√≥ria.

Comemoramos o Dia de Darwin¬†no MARCO EVOLUTIVO h√° uma d√©cada. Temos, ent√£o dez vis√Ķes sobre a import√Ęncia desse dia e do quanto ele ainda precisa crescer. Desde¬†2008,¬† passando por 2009 (Bicenten√°rio ‚Äď Ano de Darwin),¬†2010,¬†2011,¬†2012,¬†2013,¬†2014,¬†2015, 2016 e 2017. Nessa d√©cada, vivenciamos um pleno crescimento do interesse e de celebra√ß√Ķes promovendo a vida e a obra desse naturalista que com muita dedica√ß√£o reuniu as evid√™ncias e foi √†s √ļltimas consequ√™ncias em suas conclus√Ķes evolutivas.

Nosso pensamento darwinista do ano vem de Ron Amundson que em um cap√≠tulo de 2001 fez uma observa√ß√£o em um par√°grafo bem intrigante. Para ele o Origem das Esp√©cies foi a “primeira reconcilia√ß√£o cient√≠fica genu√≠na entre forma e fun√ß√£o”. Antes de Darwin a escola estruturalista focada na embriologia e na anatomia comparativa explicava os padr√Ķes das formas corporais segundo tipos gerais, bem diferentemente do que a escola da teologia natural que focava na perfei√ß√£o de fun√ß√Ķes espec√≠ficas. Pois bem, Darwin conectou as duas pe√ßas do quebra-cabe√ßa: usou a escola estruturalista para embasar a descend√™ncia comum marcando o trajeto evolutivo, e a sele√ß√£o natural como motor da mudan√ßa evolutiva, o que explicava tanto as perfei√ß√Ķes quanto as imperfei√ß√Ķes funcionais das adapta√ß√Ķes e √≥rg√£os vestigiais. Desde Arist√≥teles forma e finalidade tinham respostas pr√≥prias e distintas, agora com a evolu√ß√£o por sele√ß√£o natural continuam cada uma na sua, mas com alguma coisa em comum: √Č o sucesso funcional de cada vers√£o de uma forma que propele sua evolu√ß√£o e os padr√Ķes estruturais interagindo com o ambiente que definem sua vers√£o formal. Que legado!

Para al√©m de simplesmente unificar escolas de pensamento e linhas de pesquisa, o Darwinismo abriu caminho para explicar a nossa origem e a de todos os outros seres vivos no planeta. Ent√£o, mesmo aqueles muitos curtiram um √≥timo carnaval contesta√ß√£o Fora Temer & coaliz√£o, no fundo por esbanjar presen√ßa, atitude, viv√™ncia e experi√™ncia moment√Ęnea est√£o celebrando a vida, sua diversidade e complexidade, em forma e fun√ß√£o, sobreviv√™ncia e reprodu√ß√£o.

Fiquem de olho nos eventos comemorativos do Darwin Day Brasil 2018 em todos os locais onde j√° se comemoraram o dia em anos anteriores.

E fiquem bem com Sir¬†David Attenborough sobre a import√Ęncia da Darwin.

 

Feliz Dia de Darwin 2017, Brasil

darwin day 2017√Č chegado o dia mais esperado do ano novo: hoje, 12 de fevereiro Charles Robert Darwin completaria 208 anos e sua obra prima “A Origem das Esp√©cies” completa 158 aninhos. √Č o famoso “Dia de Darwin”, momento em que celebramos sua obra e legado para a humanidade. N√≥s do MARCO EVOLUTIVO marcamos essa data em nosso calend√°rio desde 2008, passando por 2009 (Bicenten√°rio ‚Äď Ano de Darwin), 2010, 2011, 2012, 2013, 2014, 2015 at√© 2016. No Brasil e ao redor do mundo (Veja o DARWINDAY.ORG) est√£o sendo mantidos e criados novos eventos para promover e disseminar o pensamento darwinista.

O pensamento darwinista ainda √© jovem, est√° s√≥ come√ßando a segunda metade do seu segundo s√©culo, ent√£o √© esperado que as pessoas v√£o ter dificuldades em compreender sua l√≥gica b√°sica. Al√©m disso, o maior inimigo do pensamento darwinista ainda √©, de longe, a mente humana primata cheia de vieses, atalhos cognitivos, e de agendas pr√≥prias de um mam√≠fero da nossa laia. Um desses becos sem sa√≠da psicol√≥gicos √© o “Erro Beethoven”, nomeado por Frans de Waal em seu livro “Eu, Primata: Por Que Somos Como Somos (2007)” [Our Inner Ape: The Best and Worst of Human Nature (2005)”.
beethoven apartment

O “Erro Beethoven” ocorre sempre que confundimos ou igualamos o processo ao seu produto e vice-versa. Os conhecidos de Beethoven ficavam chocados e incr√©dulos sempre que visitavam o compositor em seu apartamento. Ele viveu em 39 apartamentos diferentes, teve cinco pianos todos sem pernas que ficavam no ch√£o. No geral, seu ap√™ era sujo, bagun√ßado, fedido, cheio de restos de comida e partituras amassadas espalhadas. N√£o era poss√≠vel, imaginar que todas aquelas pe√ßas musicais sublimes, criativas e elegantes foram compostas ao ch√£o em meio ao um caos repulsivo. Normalmente as pessoas imaginam que o produto demonstrar√° claramente caracter√≠sticas do processo e, quanto melhor √© o produto, mais positivamente imaginamos o processo correspondente. Ocorre o mesmo problema com a Sele√ß√£o Natural: ‘j√° que somos seres bem complexos, conscientes e perfeitinhos ent√£o n√£o √© poss√≠vel que um processo cego, mec√Ęnico e sem destino tenha nos produzido.’ Ou ent√£o ocorre o contr√°rio: ‘j√° que a natureza √© selvagem e cruel – tipo cada um por si – somos naturalmente cru√©is por sermos seu produto‘ ou ent√£o ‘j√° que, na evolu√ß√£o, os genes mais ego√≠stas deixam mais descendentes, ent√£o s√≥ podemos ser naturalmente ego√≠stas mesmo’.

Qualquer pessoa que j√° foi ao barbeiro ou cabeleireiro sabe que para ter um corte novo, lindo e impec√°vel √© preciso passar pelo corte, esse processo longo, desconfort√°vel e ‘sujo’ (cheio de fios em peda√ßos pra todo lado). Qualquer pessoa que j√° ralou um queijo sabe que para ter um delicioso, soltinho e leve queijo ralaralando queijodo, tem que ralar (literalmente), √© preciso passar por esse processo cansativo, √°rduo e potencialmente perigoso. Qualquer pessoa que j√° mudou de casa sabe que para ter um novo lar, confort√°vel, acolhedor e organizado √© preciso passar pelo processo ca√≥tico, cansativo e angustiante da mudan√ßa. Como o produto √© mais saliente do que o processo acabamos imaginando o processo √† luz do produto. Mas temos que lembrar que na maioria dos casos processo e produto t√™m caracter√≠sticas distintas. Ent√£o, com a Evolu√ß√£o por Sele√ß√£o Natural √© a mesma coisa: o processo evolutivo que √© simples, desnorteado, amoral, implac√°vel e ignorante d√° origem, ap√≥s v√°rios ciclos, a seres complexos, focados, morais, funcionais e inteligentes. Totalmente poss√≠vel, nada que possa nos denegrir, pelo contr√°rio, s√≥ pode nos exaltar j√° que nossa complexidade e outras qualidades n√£o s√£o vers√Ķes pioradas vindas de um processo ainda mais complexo e melhor, mas sim as primeiras do g√™nero para cada ramos da √°rvore da vida.oficinas-darwin day mzusp 2017jpg

Esse ano no Brasil tivemos, temos e teremos v√°rios eventos Darwindaynianos. √Č muito bom ver que a lista s√≥ aumenta. No Museu de Zoologia da USP em S√£o Paulo como sempre houve a Semana de Darwin com apresenta√ß√£o de document√°rios, √≥timas palestras, oficinas e exposi√ß√£o. Hoje a programa√ß√£o vai at√© as 17 e ser√£o duas palestras na parte da tarde. O destaque vai para o jogo Ca√ßada no Museu: Edi√ß√£o especial Charles Darwin, para crian√ßada.
Darwinday osasco 2017

No Borbolet√°rio de Osasco houve do 2¬ļ Darwin Day com discuss√£o aberta sobre “Por que a vida √© assim?” no dia 10/fev contando com o Prof. Dr. N√©lio Bizzo, o Prof. Dr. Waldir Stefano, e a MsC. Carolina Yamaguchi.darwin day catavento 2017

No Catavento Cultural est√° tendo esse final de semana a “Mostra VerCi√™ncia – Dia de Darwin” com exibi√ß√£o continua de curtas-metragens com ‘o que √© evolu√ß√£o?’ e ‘como funciona a evolu√ß√£o’.

Ver ciência Rio de Janeiro museu do Amanhã 2017No Rio de Janeiro, haverá hoje a partir das 14h no Darwin Day no Museu do Amanhã exibição de dois documentários e debates mediados por Sergio Brandão, curador internacional da Mostra VerCiência.

Darwin Day Lagen UFPA 2017

Em Bel√©m do Par√° no Instituto de Ci√™ncias Biol√≥gicas da UFPA no dia 15/fev quinta-feira haver√° o 2¬ļ Darwin Day com carga hor√°ria de 10 horas, para o dia todo sobre o tema “A teoria Evolutiva precisa ser repensada?” a √≥tima discuss√£o ser√£o 7 palestras imperd√≠veis. Sobre Constru√ß√£o de Nicho, Epigen√©tica, Evolu√ß√£o Cultural, Plasticidade Fenot√≠pica, Evolu√ß√£o e Sa√ļde, Assimila√ß√£o Gen√©tica e Evo-Devo. As inscri√ß√Ķes antecipadas saem por R$10 ¬†e no dia sae por R$15, basta enviar email para o pessoal da Liga Acad√™mica de Gen√©tica lagenufpa@hotmail.com

Darwin Day UNESP - Botucatu - BrazilPela primeira vez na UNESP de Botucatu organizado com apoio da P√≥s-Gradua√ß√£o em Gen√©tica e do Instituto de Bioci√™ncias de Botucatu haver√° dia 30 de mar√ßo o Darwin Day UNESP contando com tr√™s palestras com o Prof Dr. Ricardo Waizbort falando sobre o ‘Darwinismo no Brasil’, Prof Dr. Mario de Pinna falando sobre ‘A Evolu√ß√£o da Perspectiva Evolutiva’ e Profa. Dra. Jaroslava Varella Valentova (minha esposa e m√£e da minha filha Alice) falando sobre a ‘Sele√ß√£o Sexual’. O Prof. Dr. Danillo Pinhal organizador do evento ser√° o mediador da mesa-redonda onde eu vou falar sobre Evolu√ß√£o Adaptativa, o Prof. Dr. Reinaldo de Brito falara sobre o Neodarwinismo, e o Prof Dr. Cesar Martins sobre Revolu√ß√£o Gen√īmica. Imperd√≠vel!

E todo ano o pessoal da Pós-Graduação em Biologia Comparada e em Entomologia, da USP de Riberião Preto, organiza o Darwin Day USP de Ribeirão geralmente entre abril e maio. Então fiquem ligados no face.

Fiquem com uma s√©rie de falas do saudoso bi√≥logo brit√Ęnico John Maynard Smith (1920-2004) sobre Biologia, Gen√©tica e Evolu√ß√£o.

FELIZ DARWIN DAY 2016 BRASIL

Darwin day osasco 2016√Č chegado o seu, o meu, o nosso Dia de Darwin! Hoje, dia 12 de fevereiro, Charles Robert Darwin faria 207 anos, ent√£o no mundo todo est√£o sendo rememorados e comemorados sua obra e seu legado cient√≠fico para a humanidade. Isso porque seu livro mais influente “A Origem das Esp√©cies” foi publicado em 1859, no ano em que ele comemorava 50 anos, ent√£o hoje tamb√©m estamos comemorando os 157 anos desse que foi o livro que mudou a hist√≥ria das ci√™ncias naturais e acabou influenciando tamb√©m exatas e humanas. Aqui no MARCO EVOLUTIVO incentivamos e comemoramos essa data desde em 2008, 2009 (Bicenten√°rio – Ano de Darwin), 2010, 2011, 2012, 2013, 2014, at√© 2015.

O segredo de como a Revolu√ß√£o Darwiniana nos deu uma nova vis√£o de mundo est√° em identificarmos os pilares do mundo aristot√©lico que ela ajudou a quebrar. Encontramos essa ideia no livro de 2015 “From Aristotle’s Teleology to Darwin’s Genealogy: The Stamp of Inutility” de Marco Solinas, um historiador italiano que vir√° √† FEUSP dar uma disciplina condensada de p√≥s-gradua√ß√£o de 22 a 26 de fevereiro 2016, a convite do
Prof. N√©lio Bizzo. Os pilares do mundo Aristot√©lico,¬†segundo Solinas, s√£o o Fixismo (o mundo e as esp√©cies n√£o mudam), Essencialismo (cada esp√©cie teria Teleology to Darwin's Genealogyqualidades √ļnicas e descont√≠nuas), e a Teleologia aristot√©lica (tudo e todos estavam perfeitamente adaptados funcionalmente para a manuten√ß√£o das rela√ß√Ķes existentes). Eu torno expl√≠cito a adi√ß√£o do Antropocentrismo (os humanos s√£o qualitativamente superiores em import√Ęncia aos outros seres vivos e s√£o o centro das aten√ß√Ķes) como um quarto pilar aristot√©lico, o qual Solinas comenta, mas n√£o chega a elevar a condi√ß√£o de pilar. ¬†Assim temos esse ‘quadr√ļpede’ aristot√©lico que sobreviveu s√©culos chegando ao fim gra√ßas¬†√†s marteladas de Darwin em cada uma das¬†suas bases.

Darwin, que era um naturalista (n√£o confundir com naturista!), rompe com o fixismo ao perceber que, assim como com a geologia, as condi√ß√Ķes e os seres vivos estavam em constante mudan√ßa lenta e gradual; tornou-se um trasformacionista (n√£o confundir com transformista!). Darwin rompe com o essencialismo ao aplicar o pensamento populacional e perceber que a varia√ß√£o individual n√£o √© um mero ru√≠do, mas sim a mat√©ria prima para a sele√ß√£o; assim percebeu que s√£o as popula√ß√Ķes que evoluem e n√£o o indiv√≠duo, ent√£o tornou-se um populacionista (n√£o confundir com populista!). Darwin ent√£o rompe com a teleologia panadaptacionista e perfeccionista de Arist√≥teles ao chamar aten√ß√£o para as muitas imperfei√ß√Ķes e inutilidades dos seres vivos, como os √≥rg√£os vestigiais, justamente o que dever√≠amos observar se um processo demogr√°fico cego e autom√°tico como a sele√ß√£o natural estivesse atuando; tornou-se um selecionista (n√£o confundir com seletista). Darwin day osasco endere√ßoE finalmente Darwin rompe com o antropocentrismo ao perceber que o ser humano n√£o √© o √°pice da evolu√ß√£o,¬† pois esta √© multirramificada e sem metas ou rumo, ent√£o n√£o existem seres superiores nem inferiores; torna se um indiv√≠duo humilde perante a biodiversidade.

Enquanto voc√™ n√£o enfrentar e demolir cada um dos pilares do mundo pr√©-darwinista voc√™ vai ter alguns mal-entendidos sobre evolu√ß√£o biol√≥gica e n√£o vai sentir todo o peso e poder da Revolu√ß√£o Darwinista. Nada melhor do que um bom Darwin Day cheio de atra√ß√Ķes para abra√ßarmos de vez seu legado.

Em Osasco, o N√©lio Bizzo e eu estaremos hoje 12/02 na Escola de Artes “Antonio Savi”/Biblioteca Municipal “Monteiro Lobato” de Osasco a partir das 18h30 assistindo e discutindo um document√°rio, tudo organizado pela Secretaria do Meio Ambiente e Borbolet√°rio Municipal. O Darwin Day em Osasco tem entrada gratuita, o evento ser√° transmitido ao vivo atrav√©s das m√≠dias sociais. Note que o endere√ßo correto √© o Rua Tenente Avelar Pires de Azevedo n¬ļ 360

darwin day brasil mzusp 2016Em S√£o Paulo, teremos Darwin Day no Museu de Zoologia da USP e no Museu Catavento.

No MZUSP, que foi recentemente reaberto ao p√ļblico com uma excelente exposi√ß√£o, a programa√ß√£o vai de hoje 12/02 at√© dia 19/02 com √≥timas palestras, oficinas, jogos e exposi√ß√Ķes. Vale muito a pena conferir.

darwin day no catavento 2016No Catavento – Espa√ßo Cultural da Ci√™ncia em Sampa, no nov√≠ssimo Museu do Amanh√£ no Rio de Janeiro e no Sesi Tiradentes – Centro Cultural Yves Alves em Tiradentes, Minas, a MOSTRA VERCI√äNCIA DIA DE DARWIN vai exibir o epis√≥dio “Darwin no Brasil” uma produ√ß√£o da BBC de 1978 sobre a viagem a bordo do HMS Beagle e vinda de Darwin ao Brasil entre outros v√≠deos.

No Catavento ser√£o sess√Ķes √†s 12h e as 14h hoje 12/02 e amanh√£ 13/02.

No Museu do Amanhã será a tarde inteira de sábado dia 13/02 das 13 às 19h com uma palestra e cinco vídeos. Imperdível para os cariocas.

O Prof Gast√£o Galv√£o dar√° a palestra¬†A import√Ęncia da pesquisa de Darwin e a vinda dele ao Brasil”. Depois vir√£o os document√°rios:

13h20 ‚Äď “A viagem de Charles Darwin ‚Äď Epis√≥dio Darwin no Brasil‚ÄĚ (50min)DArwin day 2016 tiradentes

14h20 ‚Äď Darwin e a √°rvore da vida (60min)

15h30 ‚Äď Macacos geniais (60min)

16h40 ‚Äď Grandes brit√Ęnicos: Darwin (50min)

17h40 ‚Äď O jardim de Darwin (60min)

No Sesi Tiradentes ser√£o duas¬† exibi√ß√Ķes de v√≠deo: Darwin e a √Ārvore da Vida (√†s 18h00) e A Viagem de Charles Darwin (√†s 20h00).

Em Bel√©m do Par√°, o pessoal do Lagen do ICB da Universidade Federal do Par√° organiza o seu 1¬ļ Darwin Day desde ontem. Hoje a partir das 14h ter√£o ainda duas palestras imperd√≠veis: uma sobre a Teoria Evolutiva ministrada pelo Prof J√ļlio Pieczarka, e outra sobre EVODEVO ministrada pelo Prof Igor Schneider.darwin day belen 2016

Outros locais como o IB-USP e a USP Ribeir√£o
provavelmente ter√£o as comemora√ß√Ķes do Darwin Day em alguns meses. √Č lindo demais ver o¬†Darwin Day¬†se difundindo pelo pa√≠s. Convido as outras universidades a organizarem o seu Darwin Day e ampliarem essa tend√™ncia mundial evolucionista. Aproveitem!

Fechamos ent√£o com a grava√ß√£o do III Darwin Day de USP de Ribeir√£o Preto do ano passado que teve 5 horas de dura√ß√£o e palestras e discuss√Ķes muito interessantes e instigantes.

 

Brasil, Feliz DARWIN DAY 2015!

darwin_day 2015Feliz 2015 a todos! Come√ßamos o ano j√° celebrando os 206 anos de Charles R. Darwin como fazemos desde 2008 aqui no MARCO EVOLUTIVO. Neste dia 12 de fevereiro, o famoso ‚ÄúDARWIN DAY‚ÄĚ, o mundo inteiro est√° promovendo eventos e reflex√Ķes sobre a vida, obra e todo o legado de Darwin.ontogenese de Darwin

‚ÄúH√° uma grandeza nessa vis√£o da vida‚ÄĚ, disse Darwin ao contemplar as implica√ß√Ķes da mudan√ßa de paradigma iniciada por ele. Ap√≥s muitas leituras, cartas, viagens, coletas, experimentos, descobertas e dilemas, Darwin se viu na obriga√ß√£o avisar o mundo simplesmente que a Natureza est√° nua!

m√£e naturezaAssim como no conto de fadas ‚ÄúA roupa nova do Rei‚ÄĚ de Hans Andersen, a maioria na √©poca de Darwin estava mais preocupado em validar sua pr√≥pria e merecida superioridade frente aos outros seres do que encarar os fatos humildemente. Afinal, s√≥ os inteligentes conseguem ver a roupa nova do rei, n√£o √© mesmo? Darwin, ao abandonar o antropocentrismo criacionista, foi como aquela crian√ßa que fez o favor de mostrar a todos que somos t√£o especiais quanto qualquer outra esp√©cie, e que toda a efici√™ncia, funcionalidade, complexidade e apar√™ncia de intencionalidade no projeto dos seres vivos √© fruto do mecanismo cego seletivo e n√£o da intru√ß√£o premeditada de um criador.

darwin day brasil 2015 s√£o caetano√Č claro que o gosto amargo que se sente com a possibilidade de conceber que se esteve muito errado ainda hoje impede muitos de perceber a Natureza nua mais como um nu art√≠stico do que como uma pornografia fajuta. Por isso, junte cruriosidade, coragem e humildade e descubra tamb√©m a beleza e grandeza da verdade nua e crua da Evolu√ß√£o Biol√≥gica.

Esse ano no Brasil teremos √≥timos eventos. Hoje √† noite √†s 20h no Universidade Municipal de S√£o Caetano do Sul, SP o grande¬†Prof. N√©lio Bizzo dar√° uma palestra intitulada ‚ÄúO que pensam os jovens sobre evolu√ß√£o?‚ÄĚ.

Em sampa, teremos amanh√£ (13/02/2015) o II Darwin Day no IB da USP com o tema ‚ÄúCombatendo a anti-Ci√™ncia com Educa√ß√£o‚ÄĚ. O evento ser√° transmitido ao vivo online nesse link.
darwin day brasil 2015 IB USP

Em breve será divulgado os detalhes do III Darwin Day da USP de Ribeirão Preto na página deles do Facebook. Abaixo segue o vídeo do evento passado do quel tive a honra de participar.

Assistam tamb√©m o document√°rio curto da BBC ‚ÄúDarwin’s Struggle: The Evolution Of The Origin Of Species‚ÄĚ, √© muito bom. Tenham todos mais um √≥timo Dia de Darwin!!

Feliz Darwin Day Brasil 2014!

Dia de Darwin 2014

Neste dia 12 de fevereiro, como em todos os anos, estamos celebrando mais um DIA de DARWIN 2014! Hoje Charles Darwin faz 205 anos de hist√≥ria e a lenta revolu√ß√£o desencadeada por ele continua se expandindo como nunca. A teoria evolucionista n√£o parou em Darwin, nem diz respeito apenas ao tamanho de pesco√ßos das girafas. A Evolu√ß√£o tem uma import√Ęncia, um potencial e abrang√™ncia que v√£o al√©m da Biologia.

Darwin_Day sunset

A Biologia Evolutiva hoje encontra aplica√ß√Ķes em todas as √°reas do saber, umas mais que outras. Sem os conhecimentos sobre evolu√ß√£o ainda estar√≠amos perdidos em in√ļmeras perguntas sobre o mundo e n√≥s mesmos: Viemos do macaco ou dos mam√≠feros? Estamos separados da natureza ou vamos nos separar no futuro? Sobreviv√™ncia do mais bonito ou reprodu√ß√£o do mais esperto? Somos parentes das plantas ou dos fungos? As girafas se adaptam por que foram selecionadas ou foram selecionadas por necessitam se adaptar? Se tr√™s tigres nunca nascem de um le√£o, s√≥ de tigresas, ent√£o da onde veio o primeiro par de tigres? √Č poss√≠vel domesticar uma planta selvagem ou precisamos de duas? Como √© poss√≠vel que o mesmo antibi√≥tico que mata bact√©rias acaba deixando-as mais resistentes? Por que temos mais medos de cobras do que eletricidade? Por que pessoas com toxoplasmose acabam sendo mais atra√≠das para situa√ß√Ķes perigosas? Somos bondosos por termos genes ego√≠stas ou por esperamos algo em troca? Quem ensinou os beb√™s cegos a sorrirem? Se a sobreviv√™ncia √© dos mais fortes e os homens t√™m mais for√ßa f√≠sica do que as mulheres, ent√£o por que eles morrem mais cedo? Por que n√≥s do nosso grupo somos sempre melhores do que eles? Se os animais do zool√≥gico t√™m tudo o que precisam: cuidado, prote√ß√£o e alimento, por que parecem t√£o desanimados? O que as ang√ļstias de Dom Casmurro e da Cinderela nos ensinam sobre a natureza humana? Teriam a l√≠ngua Portuguesa e o Romeno um ancestral comum? Se sempre precisamos atualizar o nosso anti-v√≠rus, por que o agricultor insiste em usar o mesmo pesticida de sempre?

darwin day a celebration of science

Hoje celebramos a vit√≥ria da curiosidade livre, do pensamento cr√≠tico e cient√≠fico e do bom senso humanista. No mundo todo s√£o in√ļmeros eventos programados para a ocasi√£o do Darwin Day. No Brasil, teremos no domingo que vem dia 16 a palestra gratuita ‚ÄúQuem acredita na Evolu√ß√£o‚ÄĚ no audit√≥rio da Livraria da Travessa. N√£o fique de fora dessa comemora√ß√£o global no Dia de Darwin 2014!

Darwin Day brasil 2014

Fique com esses v√≠deos musicais pirados e inspirados sobre Darwin, sua obra e a import√Ęncia da Evolu√ß√£o.