Falando em pseudo-ciência…

Os médicos estão sempre me surpreendendo com sua capacidade de observar o óbvio e, a partir daí, tirar conclusões imbecis…
Senão, vejamos esta notícia, originária da BBC-Brasil, reproduzida n'”O Globo” de hoje:

BBC
Dieta medieval era ‘mais saudável’, diz estudo
Publicada em 18/12/2007 às 09h21m
BBC
LONDRES – Um estudo realizado por um médico britânico sugere que a dieta das pessoas que viveram durante a Idade Média era mais saudável que a atual. Segundo a pesquisa, realizada na região rural de Shropshire, no leste da Inglaterra, a dieta medieval, menos gordurosa, rica em verduras e com menos açúcar, era mais saudável para o coração que os alimentos processados e gordurosos consumidos nos dias de hoje.
“A dieta, combinada com o volume de trabalho, fazia o homem medieval sofrer menos risco de doenças cardíacas e diabetes que hoje em dia”, afirma o médico Roger Henderson, responsável pela pesquisa.
Segundo o estudo, um camponês medieval comia em média dois pães, 220 gramas de carne ou peixe e quase dois litros de cerveja por dia, o equivalente a cerca de 3,5 a quatro mil calorias. Além disso, a jornada diária de trabalho era de 12 horas, em média.
A Idade Média é definido por historiadores como o período entre 476 e 1453, que segue a Antigüidade e precede a Era Moderna. [a notícia vai adiante…]

É claro que o “bom doutor” se lembra de que “a vida dos camponeses medievais era mais difícil e a expectativa de vida era menor por causa das doenças e epidemias que assolaram o período”. E ainda menciona: “Naquela época, se alguém passasse dos 30 anos estava bom, mais de 40 já estava bem velho”. O que ele parece que não sabe é por que as especiarias tinham tanto valor na Europa: para esconder o cheiro e o gosto de podre dos alimentos…
Evidentemente, não há grandes estatísticas sobre a incidência de diabetes e doenças cardiovasculares na Idade Média… Ele tira conclusões sobre o que deveria acontecer na Idade Média com base nos atuais dados de nutricionismo.
Só resta saber se o “bom doutor” se lembrou que o diabetes e as doenças cardiovasculares costumam “atacar” depois dos 40 os homens modernos e, como ele não tem um “grupo de controle” na época medieval, suas conclusões são mera especulação…
Enquanto isso o gordo cardiopata, com episódios de diabetes eventuais, aqui olha bestificado para a “sapiência” dos modernos Esculápios e dá graças a Deus que a cirurgia não depende dos médicos para progredir… A tecnologia atual nasceu sempre fora da “medicina”…
Eu, sinceramente, gostaria de saber o que mais os médicos aprendem nas Faculdades, além de escrever de modo ilegível e em “marciano hierático”…
A curar, certamente não é… Isso fica por conta dos bioquímicos e cirurgiões…

Discussão - 2 comentários

  1. Lucia Malla disse:

    Bom, João, eu vim aqui te desejar um Feliz 2008, q seja repleto de artigos como esse, em q vc exerce o melhor de sua ironia para rechaçar as idiotices que lemos/vemos por aí. E que mais artigos assim venham em 2008!(Não ousei colocar esse recado no post acima pq meu pitaco num Physical News Update é um ultraje desmedido ao seu belo trabalho.)Abraços a vc e seus queridos!

  2. João Carlos disse:

    Um feliz Ano Novo para você também Lúcia! (Por motivos óbvios eu não postei essa mensagem em seu Blog).

Envie seu comentário

Seu e-mail não será divulgado. (*) Campos obrigatórios.

Skip to content

Sobre ScienceBlogs Brasil | Anuncie com ScienceBlogs Brasil | Política de Privacidade | Termos e Condições | Contato


ScienceBlogs por Seed Media Group. Group. ©2006-2011 Seed Media Group LLC. Todos direitos garantidos.


Páginas da Seed Media Group Seed Media Group | ScienceBlogs | SEEDMAGAZINE.COM