Lá, como cá…

A gente reclama (e com razão) da violência no Brasil e dos péssimos serviços públicos. Por isso, eu adoro encontrar esse tipo de notícia nos jornais estrangeiros… Faz o tupiniquim se sentir um pouco menos selvagem.
No The New York Times:
Uma segunda menina é ferida por bala perdida
“Pela segunda vez em menos de 12 horas, uma menina é atingida por uma bala perdida na Cidade de Nova York. (…) Às 3:50 a menina estava voltando a pé, acompanhada por parentes, da casa de uma amiga, quando começou um tiroteio na esquina da Terceira Avenida com a Rua 116. (…)” (As duas meninas foram feridas de raspão e passam bem…)
No The Guardian:
Raiva contra os trens: Milhares ficam sem transporte, enquanto o preço das passagens sobe
“(…) A interrupção [dos serviços] – que vai afetar cerca de 150.000 passageiros na Inglaterra – acontece logo quando os preços das passagens, com grande impacto na inflação, sobem. (…) O preço das passagens [ferroviárias] sobe 11% hoje – mais do que o dobro da taxa de inflação.” (O jornal comenta que é provável a ocorrência de distúrbios civis provocados pela má qualidade e o aumento dos preços, ainda nessa quinzena).
No Le Figaro:
Mais de 40.000 automóveis queimados no ano passado
“(…) Imperturbável, o Ministro do Interior declarou que este foi um Reveillon “relativamente calmo”. Oficialmente, o número de carros incendiados na passagem do ano diminuiu, de 397 para 372. (…)


Na legenda da foto: “Com quarenta carros destruídos, Nantes detém o recorde de incêndios criminosos na noite do Reveillon
Contraditoriamente, a notícia declara em outra parte: “Na Região Parisiense, 102 carros foram incendiados na noite de São Silvestre”.
O mais interessante é que, logo no início, a notícia esclarece que os incidentes do Reveillon não estão contabilizados em 2007. Só serão considerados nas estatísticas de 2008… Já começaram bem, ao que parece…

Discussão - 3 comentários

  1. OK disse:

    Um pouco de estatística ajudaria o Brasileiro a perceber que o importante é verificar se as coisas estao melhorando, nao o seu valor atual absoluto. O importante é a derivada… Me irrita as reportagens que dizem que o numero de acidentes automobilisticos aumentou, sem reportar que o numero de veiculos, fluxo, etc aumentou muito mais…

  2. OK disse:

    Caso vc nao passe no SEMCIENCIA:Joao, acho que o assunto de Papai Noel é mais importante do que parece. Temos a construcao de toda uma Mitologia ao longo das eras, e especialmente nos ultimos 100 anos. Estamos vendo um Mito Vivo surgir, crescer, eventualmente substituir o Mito do Menino Jesus e os tres reis Magos na época de Natal (em paises vizinhos as criancas rcebem presentes no dia de Reis, 6 de janeiro). Na Wikipedia Portuguesa nao existe entrada para Papai Noel, ou pelo menos, para a historia de como Papai Noel entra culturalmente no Brasil. Isso se dá a partir da Segunda Guerra Mundial, via contato com militares americanos (base de Natal etc?). Ou é anterior? A partir de que momento os presepios comecam a dar lugar a arvores de Natal dentro das casas? Acho que eh uma importante mudanca cultural ainda nao mapeada… daria uma bela tese de mestrado em sociologia…

  3. João Carlos disse:

    Eu passo quase que diariamente no “Semciência”, Osame. O problema é que eu quis fazer uma piada, me comportando como um “W. Bush” ou “Hucabee” da vida.Mas vou voltar lá, para prosseguir na discussão.

Envie seu comentário

Seu e-mail não será divulgado. (*) Campos obrigatórios.

Skip to content

Sobre ScienceBlogs Brasil | Anuncie com ScienceBlogs Brasil | Política de Privacidade | Termos e Condições | Contato


ScienceBlogs por Seed Media Group. Group. ©2006-2011 Seed Media Group LLC. Todos direitos garantidos.


Páginas da Seed Media Group Seed Media Group | ScienceBlogs | SEEDMAGAZINE.COM