Fonte de vórtice

Fonte “Charybdis” do artista William Pye.
via Proceedings of the Athanasius Kircher Society

Mapeando as redes sociais do Novo Testamento


Por algum motivo um certo Jesus aparece de forma predominante nessa rede. O link direto para o mapa interativo em Java é este.
via BoingBoing

Goocrente: é sério

“Nossa missão é facilitar a pesquisa on-line para o internauta evangélico, reunindo num só lugar milhares de web-sites de conteúdo cristão, possibilitando economia de tempo e divulgação do Reino de Deus.”
Confira: Goocrente
via Baguete

Multiferramenta MacGyver


“Um clipes de papel pode ser uma algo incrível. Um destes já me salvou mais vezes do que eu posso me lembrar…”
via Neatorama.

Extra: Google acha alternativa para pagamentos do AdSense

Depois do impasse de mais de um mês com a Receita Federal, que bloqueou o envio de cheques do Google AdSense para os editores brasileiros, a empresa de Mountain View parece ter achado uma solução provisória. O pagamento, conforme email enviado pelo Google na madrugada de hoje, será feito por transferência eletrônica, (WIRE) em dólares.

Do MeioBit: Extra: Google acha alternativa para pagamentos do AdSense

Rivaldo, sai desse lago!

O lado sério desta legenda Héberti Ríchars é como somos flexíveis em interpretar sons de forma inteligível, o que leva a “bugs” como o visto acima, ou em casos levados a sério como a suposta Transcomunicação Intrumental ou os discursos reversos. Uma olhada em várias supostas mensagens de áudio revela sons desconexos que após certo esforço podem ser entendidos como aquilo que dizem que realmente são. Mas o único mistério real aqui é se Rivaldo acabou saindo ou não do lago.

Ellen Feiss, a universitária


Macenstein entrevista Ellen Feiss, a estudante que se tornou famosa ao estrelar uma propaganda da campanha Switch da Apple. “Eu não estava chapada durante o comercial. Mas já fumei maconha. Isso é realmente uma surpresa? Você tinha mesmo que perguntar”.
Confira: Where are they now? Interview with “Switcher Girl” Ellen Feiss

Star Wars: A Saga de R2D2

Se aceitarmos que todos os filmes de Star Wars fazem parte do mesmo cânone, então um monte de coisas acontecem nos filmes originais que devem ser reinterpretadas à luz da trilogia recente. Como sabemos agora, a Aliança rebelde foi fundada por Yoda, Obi-Wan Kenobi e Bail Organa. O que pode ser prontamente deduzido é que seu primeiro recruta, que logo se tornou seu maior agente de campo, foi R2-D2. (…)
O outro grande agente e espião da Rebelião: Chewbacca. Vinte anos antes, Chewbacca era o segundo em comando na defesa de seu planeta. Ele está lá nas conferências táticas e nas linhas de frente e é um amigo pessoal de Yoda. Quando Yoda precisou de pessoas confiáveis para se unir à Aliança em formação, a quem mais Yoda recorreria senão seu velho amigo de Kashykk? Dada sua história, não há como Chewie ter passado os anos cruciais da rebelião como segundo em comando para (desculpe, Han) um pequeno contrabandista. A menos que esta seja sua cobertura. De fato, Chewie é um espião de primeira e voa no que é de muitas formas a melhor nave da Rebelião.

Continue lendo: A New Sith, or Revenge of the Hope, Reconsidering Star Wars IV in the light of I-III

Todos os vídeos de Bin Laden são falsos

No fabuloso filme “O Sobrevivente“, o atual governador da Califórnia interpretava (?) Ben Richards, um cidadão de bem que se recusou a atirar contra civis desarmados. Infelizmente tudo se passava no futuro, e os EUA haviam se transformado em um estado totalitário populista baseado na mídia de entretenimento com reality shows. Assim, o vídeo de Richards se negando a atirar foi editado e exibido mostrando exatamente o contrário: o pobre Mister Universo atirava todo feliz, motivo para que fosse jogado no maior reality show, O Sobrevivente (não, não é “Survivor”, no original em inglês era “The Running Man“).
O filme trash é estranhamente profético, com a ascensão dos neoconservadores, Fox e dos Big Brothers da vida. Mas o detalhe em que cenas de vídeo poderão ser adulteradas fica gigantescos passos mais próximo com o trabalho inacreditável de Volker Blanz. Você já deve ter visto este vídeo, circulando pelos blogs já há alguns dias. Mas conferindo a página de Blanz, podemos encontrar estas outras demonstrações extraordinárias:

O curioso é que o trabalho de Blanz foi publicado em 1999. Desde então não houve nenhuma aplicação de grande visibilidade das técnicas descritas. A menos que você conte todos aqueles vídeos do Bin Laden, evidentemente forjados já que ele foi abduzidos pelos Greys pouco antes de 2001, como Ashtar Sheran revelou aos soldados de luz.

Escultura dinâmica com ferrofluido

Mais novo trabalho de Sachiko Kodama, envolvendo o uso de ferrofluidos.

Sobre ScienceBlogs Brasil | Anuncie com ScienceBlogs Brasil | Política de Privacidade | Termos e Condições | Contato


ScienceBlogs por Seed Media Group. Group. ©2006-2011 Seed Media Group LLC. Todos direitos garantidos.


Páginas da Seed Media Group Seed Media Group | ScienceBlogs | SEEDMAGAZINE.COM