Mereana mordegard glesgorv

“Existe um v√≠deo no Youtube com o nome de Mereana mordegard glesgorv. Se voc√™ procurar por isso, n√£o vai achar nada. As poucas
vezes que você achar alguma coisa, tudo que você verá será um vídeo de 20 segundos de um homem parado olhando fixamente para você,
sem express√£o nenhuma, depois sorrindo nos √ļltimos 2 segundos. O fundo n√£o foi reconhecido. Isso √© apenas parte do v√≠deo”.

Que você confere acima. Por que o vídeo inteiro foi removido do Youtube?

“O v√≠deo inteiro dura 2 minutos, e foi removido pelo Youtube ap√≥s as 153 pessoas que viram o v√≠deo arrancarem os olhoes e os enviarem para a sede do Youtube em San Bruno. Essas pessoas cometeram suic√≠dio de diversas formas. N√£o se sabe como eles conseguiram mandar os olhos ap√≥s eles terem sido retiados. A palavra misteriosa que eles escreveram nos seus bra√ßos ainda n√£o foi decifrada.

Se algu√©m disser a voc√™ que viu o v√≠deo at√© o final e, mesmo assim, continuar digitando normalmente no MSN, n√£o acredite: provavelmente pulou alguma parte ou nem mesmo tentou come√ßar a ver. Se voc√™ se atrever a assistir at√© o fim, SEGUNDO POR SEGUNDO, voc√™ nem mesmo poder√° ler este texto de novo”.

Ah… mas claro que voc√™ deve querer assistir ao v√≠deo completo. Est√° aqui. CUIDADO: N√£o com os olhos, mas com os ouvidos. Ao redor do meio um som de sinos EXTREMAMENTE alto come√ßa a tocar. No mais, a vers√£o longa √© quase id√™ntica √† curta.

Não demorou muito para encontrarem a terrível verdade verdadeira sobre o vídeo.

Há, contudo, rumores de que a autêntica versão genuína que gera a maldição é esta.

Favor enviar seus olhos devidamente acondicionados. [dica do Jo√£o Vitor, obrigado!]

Laerte

Sexo Oposto: as diferenças entre os cérebros

A esquete com Newton √© √≥tima. Isso √©… Fant√°stico!

Jamais subestime a pressão atmosférica

N√£o √© um efeito especial envolvendo Magneto ou tanques de borracha. √Č a press√£o atmosf√©rica lembrando que exerce uma for√ßa enorme, capaz de esmagar um carro-tanque de a√ßo com um cent√≠metro de espessura como se fosse uma lata de refrigerante.

Claro, isso se voc√™ limpar o interior do carro com vapor e fechar todas as v√°lvulas do tanque, sem tomar o cuidado de ventil√°-lo para que o ar quente saia. Do contr√°rio, quando ele esfriar…

√Č uma vers√£o maior e mais fabulosa do experimento cl√°ssico com latas. Mais imagens de tanques esmagados aqui, pelo visto n√£o √© algo t√£o incomum. Jamais provoque a press√£o atmosf√©rica, ou o stress ser√° insuport√°vel. HA-Ha-ha. [via zaeega]

PETlight

“Em 2002, em pleno apag√£o, um mec√Ęnico de Uberaba percebeu que poderia escapar da escurid√£o ao pendurar garrafas pl√°sticas cheias de √°gua no telhado de casa”

As garrafas funcionam como “fibras √≥ticas”, e embora seja um conceito j√° explorado de forma mais complexa e sofisticada, garrafas PET t√™m um custo zero e beneficiam justamente aqueles (sem forros no teto) que mais devem precisar da id√©ia. Palmas para o mineiro. [via ovelho]

Hidrelétrica Coriolis?

O australiano Paul Kouris promete aumentar a efici√™ncia de usinas hidrel√©tricas em at√© 27% com uma id√©ia simples: aproveitar-se do efeito Coriolis (ou “for√ßa” Coriolis). √Č a mesma “for√ßa” que N√ÉO √© a respons√°vel pela √°gua girar no sentido em que gira quando desce pelo ralo.

O site de Kouris é interessante, completo com desenhos e maquetes, mas está hospedado gratuitamente, o que é só mais um sinal de que o inventor, infelizmente, está errado. O efeito Coriolis torna-se significativo apenas em grande escala, e ainda que usinas hidrelétricas não sejam pequenas, um aumento de eficiência de 27% não parece muito plausível.

Físicos dedicados ao bem maior da humanidade poderão fazer os cálculos e indicar qual a magnitude do efeito em uma hidrelétrica como Itaipu. Enquanto isso, apreciem o maior ralo do mundo.

O tamanho do carro √© inversamente proporcional…

No caso, aqui todos os carros têm o mesmo tamanho mesmo, embora em uma ilusão de perspectiva o do fundo pareça bem maior. O efeito pode ser tão grande que você talvez queira checar, basta salvar e abrir duas vezes a mesma imagem e compará-las.

√Č mais uma ilus√£o cl√°ssica via Photoshop. [e via MOI]

Como fazer gelo – Mpemba

No v√≠deo acima h√° quatro tubos de ensaio com √°gua. Em tr√™s deles a √°gua est√° acima de 60 ¬įC, no segundo da direita para a esquerda, a √°gua est√° a meros 28,5 ¬įC. Todos est√£o dentro de um congelador a -18 ¬įC. Responda r√°pido: qual tubo ir√° congelar primeiro? N√£o se preocupe, n√£o √© uma pegadinha. Ent√£o?

Pois bem, n√£o √© uma pegadinha, mas √© um efeito f√≠sico real e embasbacante. A √°gua que estava a 60,5 ¬įC congela primeiro, seguida pelos tubos com mais de 63 ¬įC e, por √ļltimo, pelo tubo que estava a 28,5 ¬įC. √Āgua quente congela mais r√°pido do que √°gua fria em um congelador, no chamado efeito Mpemba.

Ele pode ser especialmente contra-intuitivo quando dois recipientes de √°gua iguais, um a 35 C e outro a 5 C s√£o colocados no congelador. Mpemba: o recipiente a 35 C congela mais r√°pido.

O Entropicando Ci√™ncia teceu alguns coment√°rios (com v√°rios links) sobre o assunto, e o Ci√™nciaJ tamb√©m tem uma p√°gina com mais sobre a hist√≥ria do efeito. Al√©m de fascinante e complexo, como o Entropicando notou h√° muitos pontos para reflex√£o aqui, indo desde o fato de que foi descoberto por um estudante secund√°rio da Tanz√Ęnia em 1963 (o vener√°vel Erasto Mpemba) — que eventualmente publicou em um journal seu achado, em conjunto com um professor americano — at√© o pequeno detalhe de que em verdade o efeito j√° era mencionado por Arist√≥teles, Bacon e Descartes, tendo sido “esquecido” com a elabora√ß√£o das teorias modernas sobre o calor e termodin√Ęmica.

Mas se o que importa é gelar rápido, você já sabe: coloque água morna no congelador.

Ter√° gelo mais r√°pido, ainda que consuma mais energia. Ou n√£o? A menos que o efeito Mpemba viole as leis da termodin√Ęmica, ainda dever√° consumir mais energia congelar √°gua quente do que √°gua fria. Algu√©m disposto a testar as leis fundamentais do Universo e quem sabe descobrir a chave para um moto perp√©tuo? Mpemba.

Cientistas Gays isolam gene relacionado ao cristianismo

“Cientistas Gays isolam gene relacionado ao cristianismo”

Da CNNNN (Chaser NoN-stop News Network), que tamb√©m informa sobre a engenhosidade norte-americana. I’m Fungry. [via Mindhacks]

Godzilla outtakes

[via Tokyomango]

Sobre ScienceBlogs Brasil | Anuncie com ScienceBlogs Brasil | Pol√≠tica de Privacidade | Termos e Condi√ß√Ķes | Contato


ScienceBlogs por Seed Media Group. Group. ©2006-2011 Seed Media Group LLC. Todos direitos garantidos.


P√°ginas da Seed Media Group Seed Media Group | ScienceBlogs | SEEDMAGAZINE.COM