Palestra: ‚ÄúO que Eles n√£o querem que voc√™ saiba: CDC e a Homeopatia‚ÄĚ

semanaquimica

Na tarde desta sexta-feira (21/09) Kentaro Mori, respons√°vel por CeticismoAberto, apresentar√° a palestra ‚ÄúO que Eles n√£o querem que voc√™ saiba: CDC e a Homeopatia‚ÄĚ como parte da 29¬™ Semana da Qu√≠mica da USP, que tem neste ano a tem√°tica ‚Äúdesmistificando o fim do mundo‚ÄĚ.

Na apresentação, Mori abordará com humor Teorias de Conspiração e como um estudo sobre sexualidade do Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) dos EUA pode questionar a validade dos fundamentos da homeopatia.

Quando: 21 de setembro de 2012, das 13h00 às 14h00
Onde: Anfiteatro Cinza do Instituto de Química, USP, no Bloco 6 Superior
Inscri√ß√Ķes: Na sala da comiss√£o organizadora, bloco 6 do IQ-USP, no valor de R$15,00 ou R$ 12,00 + 1kg de alimento n√£o perec√≠vel

O Sr Burns e a Torre de Resfriamento

17850758

No que você pensa ao ver a imagem acima? Talvez pense em usinas nucleares, talvez se lembre da usina nuclear do Sr. Burns da série Os Simpsons.

Springfield_Nuclear_Power_Plant_1

Esta outra imagem deve ser ainda mais parecida com a usina nuclear de Springfield:

Climate Showdown

Mas alguma coisa est√° errada. Se voc√™ reparar bem, essas duas usinas de energia do mundo real t√™m, al√©m das torres hiperbol√≥ides que associamos √† usina colorida de Springfield, v√°rias chamin√©s ‚Äúcl√°ssicas‚ÄĚ.

As chamin√©s denunciam como essas n√£o s√£o usinas nucleares. S√£o algumas das usinas movidas a carv√£o mais poderosas do mundo ‚Äď a primeira, a de Heilbronn na Alemanha, com capacidade de 950MW, e a segunda, a usina Scherer nos EUA, com capacidade superior a 3GW.

De certa forma √© extremamente apropriado que a imagem que associamos a usinas nucleares n√£o seja o reator nuclear em si ‚Äď as partes laranjas da usina de Springfield ‚Äď mas sua torre de resfriamento.

Porque o problema não é unicamente o reator nuclear, mas o próprio consumo de energia. Qualquer usina de geração de energia de grande potência realizará trocas de calor em grande quantidade e precisará de grandes torres de resfriamento. Mesmo quando alcançarmos o feito histórico da energia nuclear limpa a fusão, ainda precisaremos de torres de resfriamento. Que provavelmente terão uma aparência muito similar à eficiência das estruturas hiperbolóides tão associadas a usinas nucleares movidas a fissão.

As aparências enganam. A fumaça que surge dessas torres de resfriamento é apenas vapor d’água. Já as chaminés ao fundo podem não emitir fumaça visível, mas estão emitindo enorme quantidade de dióxido de carbono invisível, fazendo com que a usina Scherer seja a maior fonte individual de emissão de dióxido de carbono em todos os EUA, e uma das 20 maiores em todo o planeta.

De pouco adianta lutar contra usinas nucleares se elas são simplesmente substituídas por usinas movidas a carvão que, não por mera coincidência, têm uma aparência externa não muito diferente. E, no que é realmente trágico, podem liberar mais radioatividade ao ambiente e matar mais pessoas que a energia nuclear.

Este post foi inspirado por essa atraente propaganda de uma empresa de energia eólica:

√Č bem verdade que fazendas e√≥licas n√£o t√™m torres de resfriamento. Infelizmente, isso ocorre justamente porque n√£o produzem energia em grande densidade. A maior fazenda e√≥lica do mundo produz menos energia que a usina de Heilbronn e ocupa 400 km2.

N√£o √© poss√≠vel destruir todas as torres de resfriamento do mundo, elas s√£o consequ√™ncia natural da termodin√Ęmica e enquanto formos muitos precisando de muita energia, veremos torres de resfriamento.

Quicksort, em dan√ßa h√ļngara

Se você nunca ouviu falar em quicksort talvez não veja muita graça nesse vídeo. Mas deveria: é um algoritmo de ordenação e entendê-lo é entender alguns dos princípios fundamentais da computação moderna, a começar pela própria ideia de algoritmo.

Ao assistir √† peculiar dan√ßa h√ļngara, voc√™ consegue adivinhar quais s√£o as regras pelas quais o algoritmo quicksort funciona? Depois de tentar, veja a resposta aqui.

Aqui em 100nexos, já apresentamos o fabuloso algoritmo de ordenação Maggie. [via haha.nu]

Neil Meme

neil

Neil DeGrasse Tyson, yeah.

“Se um taco e um burrito viajando pr√≥ximos da velocidade da luz colidirem, o resultado ser√° delicioso?”

R.: O resultado seria uma explos√£o grande o bastante para destruir um pequeno vilarejo. Colis√Ķes de alta velocidade fazem isso, quer sejam feitas de comida mexicana ou n√£o.

Inércia e atrito em um vídeo fabuloso

Em uma estupenda demonstração, a companhia Mille Migilia acabou por exibir melhor algumas leis básicas de física ao invés de seus carros esportivos.

√Č algo muito parecido com o truque de puxar o pano de mesa, neste caso o carro com enorme momento freou rapidamente, com boa ader√™ncia e atrito entre seus pneus e o forro do piso, levando-o junto.

As pessoas continuaram no mesmo lugar, por in√©rcia, mas o ‚Äútapete‚ÄĚ foi puxado de seus p√©s. F√≠sica, funciona. [via Amazing.es]

Quiralidade

quiralidade

[via ReflectionOf.Me]

Sobre ScienceBlogs Brasil | Anuncie com ScienceBlogs Brasil | Pol√≠tica de Privacidade | Termos e Condi√ß√Ķes | Contato


ScienceBlogs por Seed Media Group. Group. ©2006-2011 Seed Media Group LLC. Todos direitos garantidos.


P√°ginas da Seed Media Group Seed Media Group | ScienceBlogs | SEEDMAGAZINE.COM