Rocha levemente úmida

e055330-global-water-and-air-volume-spl.jpg

Fabulosa imagem representando toda a água no planeta (1.4087 bilhões de quilômetros cúbicos dela), incluindo água do mar, gelo, lagos, rios, nuvens… em uma única esfera.

Na mesma escala, todo o ar na atmosfera (5140 trilhões de toneladas) em uma esfera com a densidade do ar ao nível do mar.

De autoria de Adam Nieman / Science Photo Library (US), foi ganhadora do concurso de fotos Visions of Science de 2004.

Via Dan Phiffer (clique para seus cálculos), Fogonazos.

O magnífico robô de cócoras

Senhoras e senhores, o espetacular robô capaz de ficar de cócoras sozinho. A expectiva para que levante de vez é quebrada de forma genial nesta obra que brinca com nossas emoções, levando a um novo entendimento da condição humana, a nível cibernético.

Seriamente, parece o primeiro passo rumo a um robô capaz de se levantar depois de um tropeço, e estou certo de que levantar-se depois de ficar de cócoras seja um feito relativamente trivial perto do que o que já é demonstrado no vídeo.

Mas que ele devia ter se levantado, para felicidade geral, devia.

Câmera Fantástica

Mais vídeos em câmera lenta.

Entrando em fotos

Make3D é uma boa brincadeira: você envia uma foto, comum, e o programa da universidade de Stanford automaticamente gera uma paisagem tridimensional dele, identificando céu, mar, prédios e paredes afins.

Confira a galeria, e para criar seus próprios mundos virtuais, basta se registrar com um email para enviar suas imagens.

A ciência por trás do programa está aqui.

Megan Fox

Megan Fox

Top 10: reações em laboratório

1. Reação oscilante de Briggs-Rauscher

A reação de Briggs-Rauscher é um dos experimentos mais singelos e mais impressionantes que se podem realizar em um laboratório. Denomina-se reação oscilante aquela em que os produtos mudam e voltam para o estado inicial de maneira cíclica. Neste experimento se mesclam três soluções incolores em um béquer e estas atravessam vários ciclos desde incolor a âmbar e de âmbar a azul-escuro. Mais aqui.

2. Sódio e cloro

Para ver a reação que se produz entre estes dois elementos, basta acrescentar uma gota de água. Como verão ao final do vídeo, este é um daqueles experimentos que não convém fazer em casa.

Continue lendo…

Visão Bayesiana do Método Científico

letsmakeadeal

O problema fundamental da ciência é que estamos tentando formular princípios e leis, generalizações de fenômenos que regem a natureza a partir de um número necessariamente finito de observações – sempre crescente, mas sempre finito.

A partir da lógica pura isso não é possível, pois recai no problema clássico de indução finita sobre uma natureza infinita, e portanto maior. Em bom português, isso quer dizer que toda lei geral é construida por um número limitado de observações e que uma nova observação tem sempre um potencial de desconstruir a toria anterior. Por exemplo, a idéia extremamente genial e interessante de que somos completamente determinados pelo DNA é desconstruída pela simples observação de que gêmios univitelinos são diferentes. Se algum dia, um desses malucos conseguir gerar um motor que não precise de energia, o princípio da conservação de energia terá que ser revisto. É por isso que no método científico, a observação é mais importante que a teoria!

Mas isso não quer dizer que a elaboração de um princípio é por si só inútil. E é aí que idéia de probabilidade bayesiana é bastante útil.

Continue lendo no Entropicando Ciência.

Sobre ScienceBlogs Brasil | Anuncie com ScienceBlogs Brasil | Política de Privacidade | Termos e Condições | Contato


ScienceBlogs por Seed Media Group. Group. ©2006-2011 Seed Media Group LLC. Todos direitos garantidos.


Páginas da Seed Media Group Seed Media Group | ScienceBlogs | SEEDMAGAZINE.COM