Por que Daisy, HAL?

Em uma das cenas mais memoráveis de 2001: Uma Odisséia no Espaço, enquanto Dave Bowman finalmente consegue chegar ao cérebro do computador HAL 9000 e vai desativando seus bancos de memória, a máquina psicopata tem entre suas últimas palavras uma cantiga infantil “que seu instrutor lhe ensinou”: Daisy (Bell).

Por que Daisy?

Em 1962, John Larry Kelly Jr. programou um computador IBM 704 para sintetizar a música Daisy Bell em uma demonstração no mítico Bell Labs presenciada por Arthur C. Clarke, autor de 2001, que visitava um amigo. O show foi tão surpreendente que Clarke fez HAL cantar a mesma música, e é fabuloso interpretar a mente de HAL “indo embora” à medida em que sua voz tão irritantemente perfeita se transforma em algo mecânico, regredindo no tempo ao IBM 704.

Confira abaixo a versão inteira da música sintetizada em 1962, com acompanhamento de Max Mathews:

Esta não era a primeira demonstração de voz sintetizada mecanicamente, mas graças a Clarke se tornou um marco na área.

Em Laputan Logic, em inglês, há detalhes sobre a “Maravilhosa Máquina Falante” de Joseph Faber, em fins do século 19, que tentava reproduzir a fala humana através de um aparato similar a um órgão de música. [via Neatorama]

Discussão - 0 comentários

Participe e envie seu comentário abaixo.

Envie seu comentário

Seu e-mail não será divulgado. (*) Campos obrigatórios.

Skip to content

Sobre ScienceBlogs Brasil | Anuncie com ScienceBlogs Brasil | Política de Privacidade | Termos e Condições | Contato


ScienceBlogs por Seed Media Group. Group. ©2006-2011 Seed Media Group LLC. Todos direitos garantidos.


Páginas da Seed Media Group Seed Media Group | ScienceBlogs | SEEDMAGAZINE.COM