A Duquesa Feia

massysmulher32hjk

Uma Velha Grotesca”. É o nome da obra de Quinten Massys, c. 1523-30. Retrato extraordinariamente belo da feiúra, “você ou a ama, ou a odeia, e eu a amo, é parte do cenário e iconografia de Londres”, diz Michael Baum, professor emérito de cirurgia da University College London, que investigou a pintura. E para ele, a mulher retratada pode ter sido bem real, e não apenas um estudo artístico do grotesco.

Ela poderia ser vítima da doença de Paget, ou osteitis deformans, um problema crônico que resulta em ossos deformados, geralmente atingindo pessoas com mais de 40 anos de idade. No caso da inspiração de Massys, a doença poderia ter se manifestado de forma particularmente extensa, afetando a mandíbula, órbitas oculares, testa, queixo e em particular, os dedos, curiosamente destacados na imagem.

Estudos recentes sobre a obra pela National Gallery também sugerem que a velha grotesca poderia ser real. Ou pelo menos, uma obra original de Massys, ao contrário do que se acreditava há muito, uma vez que ninguém menos que Leonardo Da Vinci teria deixado caricaturas idênticas.

Baseada em indicações de que Massys retocou a pintura várias vezes enquanto a criava, além do detalhamento muito maior, a curadora Susan Foister assegura que “podemos agora dizer com confiança que Leonardo copiou a maravilhosa pintura de Massys, e não o contrário. Esta é uma descoberta excitante”.

[via Cabinet of Wonders]

Discussão - 1 comentário

  1. jaque disse:

    Nossa! Não seria parente do Salvatore, o personagem corcunda do filme O nome da Rosa?
    Se ela realmente existiu deve ter sofrido muito, coitada…

Envie seu comentário

Seu e-mail não será divulgado. (*) Campos obrigatórios.

Skip to content

Sobre ScienceBlogs Brasil | Anuncie com ScienceBlogs Brasil | Política de Privacidade | Termos e Condições | Contato


ScienceBlogs por Seed Media Group. Group. ©2006-2011 Seed Media Group LLC. Todos direitos garantidos.


Páginas da Seed Media Group Seed Media Group | ScienceBlogs | SEEDMAGAZINE.COM