Dinossáurio e Harry Potter


Uma nova espécie de dinossáurio foi baptizado em honra à escola de Harry Potter, Hogwarts. O nome da nova espécie, Dracorex hogwartsia, deriva das palavras latinas draco (dragão), rex (rei) e hogwartsia (da escola de feitiçaria de Harry Potter, Hogwarts).
Este dinossáurio pertence ao grupo dos Paquicefalossáurios (dinossáurios herbívoros que apresentavam o crâneo com uma enorme espessura de osso). Esta característica anatómica, bem como a presença de ornamentações no crâneo semelhantes a cornos, deveriam estar associadas a combates entre machos da mesma espécie em que os intervenientes fazem chocar os seus crâneos, tal como o fazem os carneiros-selvagens das Montanhas rochosas.
Obviamente que esta espécie também utilizaria este “arsenal” para se defender de eventuais predadores…

A Necessidade, o engenho e o Mecenas
Imagine que a ferramenta do seu trabalho avaria. Logicamente deveria ser reparada.
Mas se não existe verba para a reparação não é só o fruto do trabalho que é desperdiçado.
É-o também o investimento monetário que foi feito para adquirir o engenho; é-o o tempo e dinheiro em que se não produz e, finalmente, todo um processo produtivo que pode estar irremediavelmente desperdiçado. Na Ciência tal como na Indústria ou nos Serviços as consequências são idênticas. Os investigadores (no qual me incluo) do Museu Nacional de História Natural da Universidade de Lisboa (MNHN/UL) que efectuam investigação paleontológica utilizam um digitalizador Microscribe para recolherem dados 3D em ossos de dinossáurio.
Os dados 3D permitem que faça a reconstituição de alguns dos tecidos dos dinossáurios e vão permitir compreender melhor a Evolução dos enormes seres do passado do nosso planeta – como se movimentavam, como atingiram tamanhos descomunais.
Esses dados têm vindo a ser recolhidos em diversos Museus mundiais.
As verbas foram custosamente conseguidas à custa dos Projectos da Fundação para a Ciência e Tecnologia (FCT), verifica-se agora que o MNHN/UL não possui verbas para uma reparação orçada em 1500 €!!
Estará todo o trabalho e know-how (inédito a nível mundial) em riscos de se perder?
Terão os investigadores que fazer “rifas” paleontológicas para angariar o dinheiro?
O MNHN/UL deseja um Mecenas científico que permita resolver esta situação…

Blogs científicos
É difícil falar sobre as vantagens, ao nível da disseminação da informação, da Internet.
Encontrar uma referência, texto ou imagem neste enorme manancial de comunicação e disseminação de informação é fácil. Difícil é seleccionar e escolher as boas fontes.
Uma das áreas em que a Internet se tem vindo a desenvolver nos últimos anos é na produção de Blogs. Os blogs (ou blogues, em português) são páginas da Internet cujas actualizações (chamadas posts) são organizadas cronologicamente (como um diário). Basta apenas vontade inicial para cada qualquer um de nós criar o seu próprio espaço onde pode veicular as suas ideias, pensamentos e até as suas angústias e medos sobre todo e qualquer assunto.
Alguns blogs permitem efectuar comentários sobre o que foi escrito/opinado
No que diz respeito à divulgação científica e à literacia científica, os blogs vieram acelerar e massificar a informação do que é feito e produzido na Ciência.
Há assim uma maior democratização da informação científica difundida.
Alguns exemplos (portugueses e estrangeiros) de alguns blogs de carácter científico (listagem não exaustiva)

Tetrapod Zoology (darrennaish.blogspot.com) -blog do paleontólogo inglês Darren Naish; essencialmente sobre questões que dizem respeito à evolução dos Tetrapoda (animais com quatro membros, como por exemplo, os humanos, aves, répteis, etc.) –
Cais de Gaia (caisbio.blogspot.com) – blog que compila notícias relativas a descobertas científicas nomeadamente novas espécies ou novas maneiras de compreender as já conhecidas.
Geopedrados (geopedrados.blogspot.com) e Histórias da Geologia (historiadageologia.blogspot.com) – blogs que abordam questões de carácter geológico.
Moments of Science
(momentofscience.blogspot.com) – blog que apresenta alguns momentos de Ciência, em particular na Biotecnologia e Medicina.
(Publicado no jornal O Primeiro de Janeiro a 25/05/2006)

Sobre ScienceBlogs Brasil | Anuncie com ScienceBlogs Brasil | Política de Privacidade | Termos e Condições | Contato


ScienceBlogs por Seed Media Group. Group. ©2006-2011 Seed Media Group LLC. Todos direitos garantidos.


Páginas da Seed Media Group Seed Media Group | ScienceBlogs | SEEDMAGAZINE.COM