Pensamento de Segunda

Se você acha pesquisa científica uma atividade cara, é porque ainda não viu o preço da ignorância.

Mary Lasker

A siba mitomaníaca

ResearchBlogging.org

Naquela manhã no consultório psicanalítico…
A recepção estava em silêncio e já passava do horário da próxima cliente. A secretária havia tirado a manhã para ir ao médico, estava com medo de ter sido contaminada por um pai barata d’água que estava em crise com medo de não serem seus os ovinhos que protegera com tanto afinco.
A doutora resolveu procurar do lado de fora e percebeu um vulto esgueirando-se do vaso de plantas em direção ao balcão da atendente. Agora, olhando para o balcão, tudo parecia normal. O pote de caramelos, a agenda, os dois porta-lápis, o retrato da família da secretária. Dois porta-lápis? Ali costumava haver um só!
– Bom dia, Srta. Sepia, pode sair do seu esconderijo. Já a vi. – Ao perceber que tinha sido descoberta a siba se dismilinguiu sobre o balcão, os bracinhos, antes perfeitamente parecidos com lápis e canetas coloridas, murchos sobre a mesa e todo seu corpo num tom pálido e decepcionado.

à esquerda o porta-lápis, à direita a siba camuflada de porta-lápis. Repare como os braços imitam bem os lápis.

Fonte: www.submarino.com.br

-Vamos entrando. – Disse a doutora enquanto fechava a porta e a cliente se deitava no divã. Ao virar-se o consultório parecia novamente vazio. – Minha cara, você se importa de NÃO imitar o padrão de cor do estofado. Não me sinto muito à vontade conversando com minha mobília.
-Desculpe doutora. É tão difícil me controlar!
-Controlar… – Ecoou a analista nem em tom de afirmação nem de pergunta, só para instigar a cliente a falar mais.
-É. Não paro de me camuflar.
-Se camuflar? Você gosta de parecer aquilo que não é? – Continuou a terapeuta.
-Não, quer dizer, sim. Não é por mal, doutora. Eu só não consigo evitar. Sabe, doutora, já nem sei como sou de verdade, quero dizer, sem me camuflar em nada. – Foi dizendo o bichinho e passando com leveza para cima da mesa de centro.
-Esse comportamento é típico de quem tem vergonha do seu self. Você tem medo de mostrar ao mundo o seu eu-interior?
-Não, doutora. Eu tenho medo é de mostrar o meu eu-exterior para o eu-exterior dos meus predadores e terminar no eu-interior deles! O recife está coalhado de garoupas com infinitos dentes na boca e elas adoram uma siba como petisco.
-Compreendo. Mas e no momento, o que você tem a temer? – interrogou a psicóloga.
-Aqui no consultório? Nada, oras.
-E por que você continua se camuflando?

Agora de verdade, A siba usa não só cores, mas a posição dos braços para se camuflar.

Fonte: Barbosa et al., 2011 (citação completa abaixo)

-Mas eu não estou… Ah!! – Gritou a siba ao ver que estava com o manto preto, a cabeça e o início dos tentáculos erguidos e  verdes e as pontinhas rosadas como o vaso de violeta ao seu lado. – Doutora, o que está acontecendo comigo?
-Acontecendo contigo? Você está se transformando no Karl von Frisch. – Respondeu a analista sem querer apavorar o molusco.
-Em quem? Ah!! – Outra vez a siba assustou-se ao ver refletida no vidro de uma fotografia emoldurada a mesma imagem de um senhor de cabelos espetados, queixo pronunciado e óculos que estava no retrato.
-Acalme-se! Vamos precisar de mais consultas e vou te recomendar um remédio. Mas você precisa voltar ao consultório duas vezes por semana, Srta. Sepia. – A cefalópode agora estava acuada num canto do consultório, seus oito braços e dois tentáculos envoltos no próprio corpo encolhido e uma lágrima de tinta preta lhe escorria pelo sifão.
-Até logo, doutora. Por favor, não desista de mim. – E a siba saiu pela porta, branca e salpicada de pintinhas pretas como o papel de parede.

Barbosa, A., Allen, J., Mathger, L., & Hanlon, R. (2011). Cuttlefish use visual cues to determine arm postures for camouflage Proceedings of the Royal Society B: Biological Sciences DOI: 10.1098/rspb.2011.0196

Powered by ScribeFire.

Pensamento de Segunda

Eis a essência da ciência: Faça uma pergunta impertinente e você estará no caminho para uma resposta pertinente

Jakob Bronowski

Concurso cultural- 2a fase concluída

E encerramos também a segunda fase do nosso concurso cultural. A resposta eleita pelos leitores foi a do Flávio Furtado, que seria uma máquina picotadora de gelo. Obrigado a todos que votaram e participaram enviando suas frases!

Powered by ScribeFire.

Concurso cultural-resultado e segunda fase

Muito obrigado a todos os que comentaram, as respostas foram excelentes, muito criativas. Tanto o foram que tive uma tremenda dificuldade para escolher. Por isso resolvi dar dois prêmios, um de crítica, escolhido por mim, e um de público, onde os leitores votarão. Abaixo seguem as opções e seus autores, o mais votado levará outro marcador de página com seu equipamento preferido (só quero saber como eu vou fazer um sequenciador ou um fluxo laminar em patchwork!). A votação termina na sexta-feira. Devido ao site de enquetes tive que formatar algumas respostas mais longas, qualquer coisa procurem os originais aqui.

Quanto  ao prêmio de crítica, escolhi o poema do Marão para a pipeta. Genial! Este não entra na próxima fase, ok. Em breve entrarei em contato pelo e-mail.

Caso por lá estivesse
Ou morasse, convivesse,
Dentro de um Laboratório,
Decerto enlouqueceria,
Iria pro Sanatório,
Com minha varinha mágica
Fecundando mil provetas,
Tirando a prova nos lábios,
Eu–Beija-flor de Pipeta.

Quem sabe, talvez um dia,
De tarde, de manhã cedo,
Eu ainda poderia,
Saltando uma pirueta,
Dançar meu tango com a Dolly
Deixar de lado o meu medo,
Aspirar ópio e Ciência,
E bater a continência
Pra minha dileta Pipeta!

Qual a melhor reposta?online surveys

Powered by ScribeFire.

Se você fosse um equipamento de laboratório, o que você seria?

Último dia para participar da enquete. Não deixe de mandar seu comentário e concorrer ao nosso super prêmio. Se você fosse um equipamento de laboratório, o que seria? E Por que?

Pensamento de Segunda

Pesquisa é a formalização da curiosidade.

Zora Neale Hurston

Off-topic: Escol@ Virtual

Post bem curtinho só para divulgar uma iniciativa da Fundação Bradesco. A Escol@ virtual é um portal de cursos à distância ou semi-presenciais, muitos deles gratúitos. É só se inscrever, ver as aulas em apresentações de slide, responder os testes e imprimir o seu certificado. Os temas vão desde MS Office 2007 e programação em java até Dinâmicas e entrevistas de contratação profissional, entre muitos outros. Aproveitei para me atualizar quanto à ortografia revisada pelo acordo dos países lusófonos e trocar o microorganismo pelo micro-organismo, as idéias pelas ideias o seqüenciamento por sequenciamento e os pêlos por pelos nos posts daqui para frente.

Powered by ScribeFire.

Concurso cultural – Enquete

Está lançada mais uma enquete!!!
Se você fosse um equipamento de laboratório, que equipamento você seria? E por que?

Deixem uma resposta bem criativa nos comentários, a melhor leva de presente um marcador de páginas personalizado com o seu equipamento escolhido em patchwork. Publicarei todas as respostas no no final do prazo que se encerra na próxima quarta-feira, dia 18, à meia-noite. Não esqueçam de deixar nos comentários um e-mail válido de vocês para que eu entre em contato para enviar o prêmio.


O prêmio será algo parecido com isto
Fonte: http://construcaodesonhos.blogspot.com

A pedidos, vou dar a minha resposta. Eu seria uma ultra-centrífuga, estou sempre às voltas com alguma coisa.

Powered by ScribeFire.

Pensamento de Segunda

À mulher que eu amo

Muita gente ataca o Mar. Eu faço amor com ele.

Jacques Cousteau

Sobre ScienceBlogs Brasil | Anuncie com ScienceBlogs Brasil | Política de Privacidade | Termos e Condições | Contato


ScienceBlogs por Seed Media Group. Group. ©2006-2011 Seed Media Group LLC. Todos direitos garantidos.


Páginas da Seed Media Group Seed Media Group | ScienceBlogs | SEEDMAGAZINE.COM