Tudo em um ano 15 – Homo sapiens

E enfim chegamos ao último post do nosso ano cósmico. Desde os fogos de ano novo que deram as boas vindas a 2010 e significaram para nós o Big Bang passamos por  um longo processo até nossos ancestrais mais recentes. Neste último momento do ano cósmico tiveram origem os primeiros organismos os quais poderíamos chamar de Homo sapiens.

cromagnon

Cro-magnon, um dos mais antigos fósseis humanos conhecidos

Fonte: talkorigins.org

A teoria à qual ora me reporto sugere que a população de nossos ancestrais retornando da Ásia, dividiu-se em dois grupos. Um migrou para a Europa e deu origem aos Neandertais, o outro retornou à África de onde havia saído. Neste período ocorreu uma glaciação, que isolou os Neandertais dos humanos, assim sendo, todas as novidades evolutivas que surgiram nos parentes do norte ficaram restritas a eles, todas as que surgiram nos parentes do sul idem. Com o acúmulo de diferenças em populações geograficamente isoladas temos uma divisão em duas novas espécies, um processo conhecido pelos biólogos como vicariância. Nossos ancestrais na África passaram por dificuldades e sua criatividade foi fundamental para a sobrevivência. Da mesma forma que membros longos, menos pelos no corpo e o suor profuso ajudaram a lidar com o clima desértico subproduto da glaciação que na Europa causticava nossos parentes Neandertais.

Este processo, como tudo em evolução, foi lento, apesar de ocorrer em um atmo deste ano cósmico. Se nossa espécie tem apenas 200 mil anos surgiríamos por volta das 23:52 horas do último dia do ano. Nos próximos minutos inventaremos a roda, aprenderemos a trabalhar o aço, construiremos monolitos, pirâmides e arranhacéus, nos dispersaremos para todos os continentes da Terra, criaremos os afrescos do teto da Capela Sistina, o avião, a bomba atômica e o microchip. De todo modo, agora que vai terminando a primeira década do novo século e a série “Tudo em um ano”, desejo a todos um feliz 2011.

Tudo em um ano 5 – Nossa casa, a Terra

Finalmente no dia de hoje, 4,6 bilhões de anos atrás, nossa casa se formou. Imagine que os fogos de ano novo de 2010 foram o Big Bang, nosso pálido ponto azul, a terceira esfera rodopiante desde o sol apenas teria se formado no dia 1º de setembro.

As nuvens de poeira cósmica que vinham viajando desde o Big Bang se tornaram mais e mais densas. Pontos onde poeira e gases quentes se adensaram mais são chamados de anãs marrons, até que uma hora a temperatura e adensamento são tão grandes que átomos de hidrogênio começam a fundir-se formando hélio. Pronto, temos uma estrela.

No nosso ano universal o sol se formou anteontem. Junto a ele, rodeando-o graças a sua atratividade gravitacional, estavam aglomerados de partículas na forma de anéis (como se o sol fosse saturno). As partículas de alguns destes anéis foram colidindo, aglomerando-se e dando origem a protoplanetas, um deles foi a Terra.

A proto-Terra cresceu aglutinando partículas ao seu redor até que seu centro tornou-se tão quente que os metais que a compunham derreteram. Assim, seu núcleo é formado por ferro derretido, entre outros elementos. Neste momento uma nuvem de gás de silício condensou-se ao redor de nosso planeta, solidificando-se em sua superfície na forma de rochas duras. Havia ao nosso redor uma atmosfera de gases leves como hidrogênio e hélio. É possível que um vento solar tenha soprado para longe estes gases. Dez milhões de anos mais tarde, o volume que nosso planeta já havia atingido foi suficiente para atrair outros gases para nossa atmosfera, como o vapor d’água.

73E_earth_impact_moon

Lua crescente, declaro ser o seu mais lindo amante e com você quero me casar

Fonte: novacelestia.com

Mais ou menos há uns 4,4 milhões de anos acredita-se que outro proto-planeta (meio barbeiro) que orbitava próximo ao nosso desestabilizou sua órbita e colidiu com a Terra ainda em condensação. Isto fez com que uma parte pouco densa de nossa superfície nos deixasse, constituindo a lua.

Sobre ScienceBlogs Brasil | Anuncie com ScienceBlogs Brasil | Política de Privacidade | Termos e Condições | Contato


ScienceBlogs por Seed Media Group. Group. ©2006-2011 Seed Media Group LLC. Todos direitos garantidos.


Páginas da Seed Media Group Seed Media Group | ScienceBlogs | SEEDMAGAZINE.COM