Por que as maiores penínsulas apontam para o sul?

mapanorte32kj

É o que pergunta Clifford Pickover. Você provavelmente nunca pensou sobre a questão, mas agora que o meme foi lançado a seu cérebro, não há mais volta.

Até o momento, 43% dos leitores pensa que é uma “observação fantástica e curiosa”, enquanto 39% apontam que “a observação é incorreta”.

Penso que a observação está sim correta, mas é apenas uma trivialidade relacionada com a maior quantidade de terras no hemisfério norte. O mapa múndi ao inverso ajuda a visualizar várias exceções à regra:

mapasulfds32kj

E você, o que acha?

Discussão - 4 comentários

  1. Jair disse:

    Já pensei muito sobre isso, sem encontrar resposta.
    Até acho que o correto seria o mapa “de ponta cabeça”, como nos famosos “joão bobo”, a parte mais pesada sempre fica embaixo; mas o que é embaixo em se tratando do planeta terra?
    Faço também outra pergunta, relacionada a uma dúvida velha e cruel.
    Se as águas derretidas pelo aquecimento global (dos polos) tendem a ir para o Equador, qual quantidade de agua deverá migrar para que ocorra uma mudança no eixo da terra ?

  2. Odirlei Dias disse:

    Alguns conceitos básicos de geografia ainda dão o que falar. Afinal, quantos continentes existem? O que é continente? O que é oceano? O que é península? Não existe um padrão, afinal, a península antártica aponta para o Norte.

  3. sam disse:

    TODAS as grandes penínsulas apontam para Sul:
    A península arábica (a maior do mundo), Kamchatka, Malasia, Ibérica, Flórida, Baixa Califórnia, e Itálica. Não consigo ver uma única a Norte.
    Dizem alguns geógrafos que é por factores relacionados com a gravidade e posição da Tera e seu eixo que faz surgir mais área emersa no hemisfério Norte.

Envie seu comentário

Seu e-mail não será divulgado. (*) Campos obrigatórios.

Skip to content

Sobre ScienceBlogs Brasil | Anuncie com ScienceBlogs Brasil | Política de Privacidade | Termos e Condições | Contato


ScienceBlogs por Seed Media Group. Group. ©2006-2011 Seed Media Group LLC. Todos direitos garantidos.


Páginas da Seed Media Group Seed Media Group | ScienceBlogs | SEEDMAGAZINE.COM