Sônia Viegas

Pode uma filósofa mudar a vida de uma cidade? E uma filósofa brasileira? E fazer isso durante a ditadura militar?

Conheça a filosofia viva de Sônia Viegas (1945-1989), uma pensadora da cultura que marcou a vida intelectual de Belo Horizonte ao levar a experiência filosófica para fora dos muros da academia. Saiba mais sobre a sua interpretação de Grande Sertão: Veredas e sobre suas análises de cinema e artes plásticas no verbete escrito por Miriam Campolina Peixoto para o Blog Mulheres na Filosofia.

Leia o verbete aqui.

Miriam Campolina é Professora Associada IV da Universidade Federal de Minas Gerais, membro permanente do Programa de Pós-graduação em Filosofia da UFMG, junto ao qual coordena a linha de Pesquisa em Filosofia Antiga e Medieval, e autora de Sônia Viegas: uma pensadora da cultura (Belo Horizonte: BDMG Cultural e Conceito Editorial, 2019).


Assista aqui a entrevista completa que Carolina Araújo fez com Miriam Campolina em nosso canal no YouTube.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *