Francisca Josefa de la Concepción de Castillo y Guevara

Nosso verbete desta semana traz Ángela Inés Robledo escrevendo sobre Francisca Josefa de la Concepción de Castillo y Guevara. Também conhecida como Madre Castillo, ela foi uma freira que nasceu em Tunja, então Nova Granada, e cresceu sendo incentivada por sua mãe a ler obras piedosas. Durante sua vida, escreveu diversos textos, entre eles composições em prosa, poemas, contos e autobiografia. Mas apenas duas de suas obras foram publicadas: Su vida y Afectos espirituales (Sua vida e Afetos espirituais), onde, inspirada nas histórias sobre a vida dos santos, ela trata, dentre outros temas, da sua vocação para chegar a Deus. E também Afectos o Sentimientos espirituales (Afetos ou Sentimentos espirituais), uma coleção de reflexões sobre a vida religiosa e dos santos. As duas obras tratam a respeito das experiências religiosas e de vida vivenciadas por Castillo e ambas foram publicadas apenas postumamente. 

Ángela Inés Robledo é professora associada e pesquisadora do departamento de Literatura da Universidade Nacional da Colômbia. Desenvolveu pesquisas em literatura colonial, literatura e produção feminina na Colômbia e estudos de gênero na literatura latino-americana.

Quer saber mais sobre o pensamento de Castillo? Então leia o verbete aqui e acesse a entrevista com a autora aqui.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Skip to content