Hipárquia de Maroneia

O mais novo verbete do Blog Mulheres na Filosofia, que terá seu lançamento durante o acontecimento do XIX Encontro Nacional da Anpof, será sobre Hipárquia de Maroneia, uma filósofa cínica do século IV a. C. que nasceu na Maroneia, na região da Trácia, Grécia Antiga. Contra os desejos de sua família, ela se casou com Crates de Tebas, discípulo de Diógenes Laércio, e adotou os preceitos de vida cínicos — tanto em sua vida pessoal como intelectual. Ao contrário do que era comum às mulheres da época, Hipárquia rejeitou as normas sociais impostas — as quais destinavam à mulher o papel de se ater aos afazeres domésticos — e se dedicou ao cultivo do intelecto. Infelizmente, são poucas as fontes a respeito de sua obra e de seu pensamento, mas sabe-se que ela seguiu veementemente o modo de viver cínico e seus princípios, entre os quais se destacam: a coragem, a liberdade, o desapego, a autossuficiência e a contestação de normas e costumes estabelecidos; e que fez uso do direito de falar aquilo que pensa em público. Como nos mostra Juliana Aggio nesse interessante verbete, o modo de vida cínico seguido por Hipárquia foi, portanto, um modo de vida que não se ateve às imposições normativas e moralizantes de sua época.

Juliana Aggio é professora associada do departamento de filosofia da Universidade Federal da Bahia. É líder do grupo de pesquisa “Ética e psicologia moral na Filosofia Antiga”, coordenadora do GT Filosofia e Gênero, membra do GT Epicteto da Anpof, administradora da Rede brasileira de Mulheres Filósofas desde 2019 e membra permanente da Comissão de Organização do Encontro de Filosofia da Bahia (EFIBA). Publicou os livros “Prazer e desejo em Aristóteles” e “Filósofas”. Pesquisa questões de Ética e Filosofia Política relacionadas aos seguintes temas: filosofia como modo de vida, subjetividade, liberdade e poder em diálogo com Foucault, Butler e outras filósofas feministas, bem como gênero, raça, sexualidade, feminismos e suas intersecções.

Nossa entrevista de lançamento dessa semana será realizada ao vivo por nossas três editoras e está imperdível! Confira o verbete aqui e acesse a entrevista com a autora aqui.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Skip to content