Precisam-se de Biólogos


Sempre quis ser biólogo.

As razões foram sofrendo influências diversas ao longo do tempo, mas que eu lembre, sempre quis ser biólogo. Acho que começou quando eu era pequeno e ao invés de brincar com o baldinho na areia, brincava na água. Na lagoa de São Pedro da Aldeia, então de águas cristalinas, dava para ver os peixinhos e de vez em quando, um desavisado ia parar no meu balde. Eram os idos de 78.

Dai para o meu primeiro aquário foi um passo. Depois a pesca de camarão, o mergulho, e eu já queria ser biólogo marinho. Antes de fazer vestibular, fui tentado pela oceanografia, mas a grande quantidade de matemática me desanimou. Ao mesmo tempo, a engenharia genética começava a despontar. Bactérias que produziam insulina humana, ratazanas que produziam leite de vaca, milho transgênico. A biologia continuava com grande poder de sedução. Eram os idos de 88.

Entrei para a faculdade de Biologia, aprendi um monte de coisas e decidi que queria trabalhar na universidade para sempre. Fui fazer mestrado no sul. Proteínas sendo purificadas a torta e direita, genes clonados todos os dias. A biologia molecular entrou definitivamente na vida dos biólogos. As companhias de biotecnologia cresceram vertiginosamente e o mundo se assombrou com a clonagem da ovelha Dolly. Eram os idos de 98.

Em entrevista à Folha de São Paulo de domingo, 27/04/2008, o economista Francês Bruno Parmentier, autor do livro “Alimentar a humanidade”, diz que o século XXI será de “penúria alimentar”. Ele explica que a revolução agrícola dos anos 60usa muita terra, água e energia; e que é impossível leva-la adiante em tempos de escassez.

Em suas palavras: “A química já deu à agricultura tudo o que podia no século XX, como os fertilizantes, os fungicidas, os inseticidas e os herbicidas. Hoje ela custa muito caro em termos de energia e acabou poluindo os solos e as águas. Em matéria agrícola, o século da química está chegando ao fim e é preciso deslanchar o século da biologia”.


Enquanto a fome assola os países e o aquecimento global ameaça o planeta, a responsabilidade pela agricultura mundial foi retirada da FAO (Organização da ONU para Alimentação e Agricultura) e transferida para a OMC (organização mundial do comércio). O resultado é que o preço da tortilla subiu 50% no México porque nos Estados Unidos querem usar o milho para fazer combustível.

Tsc, tsc, tsc!

O mundo precisa de mais biólogos.

Discussão - 16 comentários

  1. João Carlos disse:

    Sem dúvida que sim!… Biólogos, bioquímicos, biofísicos e (não sei se existe isso, mas, se não existe, deveria existir) Engenheiros Biólogos (ou Biológicos).Eu – que sou uma anta em matéria de biologia – já me dei conta de que essa “poeirinha de estrelas” que habitamos, é um enorme “organismo vivo” (não vem ao caso se é consciente ou não…) e que a única resposta possível para a sobrevivência desta espécie arrogante que se auto proclama “sapiens” é tratar a natureza como algo vivo, do qual fazemos parte (e – lamento dizer – uma parte perfeitamente dispensável…)Hoje mesmo eu li, no EurekAlert, uma notícia sobre o desenvolvimento de um tipo de trigo que é capaz de resistir aos climas secos e quentes do Kenia. Na hora em que o velho Malthus ressurge de sua tumba, precisamos desesperadamente de biólogos que esfreguem na nossa cara que nosso comportamento parasitário vai acabar por criar uma “mutação” no “hospedeiro” que vai acabar com nossa “sopa”…E o jeito de sobrevivermos é “negociar” uma verdadeira “simbiose” com o meio ambiente. Eu suspeito que a grande maioria não vai gostar das respostas… Tanto pior… A seleção natural nunca se comove com as queixas e lamentos dos incompetentes.

  2. Mauro Rebelo disse:

    Nossa João, como você está dramático! Você está longe de ser anta em biologia, mas a metáfora do organismo tem que ser utilizada com cuidado. Que cientistas são melhores conselheiros que economistas eu não tenho dúvida. O que nós precisamos agora é de cientistas nas esferas decisórias! []

  3. João Carlos disse:

    Pode ser apenas rabugice de velho, mas não dá para ler o noticiário e ver que o barco está fazendo água por todos os lados, ao mesmo tempo em que a “tripulação” só se ocupa em garantir seu lugar nas balsas e os “passageiros” continuam tomando seus banhos de sol no convés e só reclamam que “alguém tem que tomar uma providência”…A metáfora tem a limitação de todas as metáforas, mas, desde que a vida surgiu no planeta, já sobreviveu a algumas extinções em massa… Só que a humanidade não é exatamente uma bactéria anaeróbica…Quanto aos cientistas nas esferas decisórias, eu acho difícil… Normalmente os cientistas estão muito ocupados praticando ciência. Eu já me contentaria com pessoas com discernimento suficiente para ouvir os conselhos dos cientistas.

  4. Chan Chan disse:

    Eu seriamente acredito nisso e ainda assino em baixo……tenho uma história parecida com a sua, mas com alguns anos de diferença no meio.Resolvi trabalhar com genômica, na época q o genoma humano [draft] foi publicado (e eu ainda tenho essa nature – artigo de museu q pretendo doar…) e ainda então pensava em fazer medicina, mas como eu n queria clinicar, fiz um ano de cursinho pare descobrir que queria ser bióloga. Formei em Salvador/BA (UFBA) e hoje trabalho com bioinformática, mas ainda sim quero mudar de área mais uma vez…enfim…percebi que biologia pode ser multidisciplinar, e isso é ótimo!!Saudações, vc que tb é biólogo!:DD

  5. David Migueis disse:

    Palavras sábias Sr. João. Quem não concorda não conhece a urgência do problema em questão. E esse problema de não se conhecer é bem pior que o principal, pois assim é difícil inverter a situação. Concordo também com o facto de ser necessário que alguém do poder começe a ouvir os cientistas, pois são esses que podem e devem informar da real situação que vivemos. E esta questão não é apenas uma questão matemática e estatística como os políticos querem fazer passar à população como dizer que em 2050 vai acontecer isto e aquilo. Esta é uma maneira errada de pensar na minha opinião. Tem de se pensar no presente, actuar no presente para que não tenhamos que enfrentar essas tais consequências em 2050(que pode muito bem ser muito mais cedo-isso ninguém pode prever).

  6. Pasquale' disse:

    Tsc, tsc, mesmo! Vim consertar teu título, que deveria ser:PRECISAM-SE DE BIÓLOGOS.Voz passiva, meu caro…

  7. Mauro Rebelo disse:

    Caro Pasquale,Esse biólogo aqui não tem problema nenhum em corrigir seus erros. O título foi consertado. [],

  8. Bah.leia disse:

    Um viva pra você, Biólogo! \o//

  9. Raphael Palomares disse:

    Bom!!Todas essas questões são necessárias. Eu particulamente não estou pronto para discutir essas questões, mas quero fazer valer.Devemos mudar aos poucos ou radicamente, principalmente nós, nosso paradigma de vida, nosso estilo,nosso modo de viver, em benefício das nossas gerações futuras.

  10. Reinaldo josé de souza moreira disse:

    Tudo bem precisa-se de biólogos, sou formado á cinco anos sou atualizado tenho pós, inglês e cursos, até hoje procuro uma vaga!
    Gostaria de saber onde é que precisam de biólogos a não ser em escolas como professor e olhe lá…

    • Regis disse:

      Tem que correr atrás amigo. Dois anos antes de me formar já atuava na área e hoje recem formado já tenho um cargo de supervisão. Não basta reclamar, tem que se empenhar!

  11. Mauro Rebelo disse:

    Reinaldo, o que você gosta e o que você sabe fazer?

  12. Ana disse:

    O título estava certo como estava PRECISA-SE DE BIÓLOGOS. http://g1.globo.com/platb/portugues/2006/10/
    =)

  13. Kelly Choptian disse:

    Gostei da sua matéria, mas assim como o colega acima sou formada desde 2007 em ciências biológicas (porém licenciatura, pq na época não havia bacharelado na minha faculdade…), mas mesmo assim queria trabalhar na área técnica em Curitiba, de preferência na área ambiental ou celular, ja que fiz pós em biologia celular e tecidual pela UFPR… mas não sei se posso ou não, a unica coisa que sei é que nasci pra área técnica e não pra lecionar no ensino fundamental… :/ onde estão precisando de biólogos? aprendo com facilidade, mas as oportunidades são poucas!!!

Envie seu comentário

Seu e-mail não será divulgado. (*) Campos obrigatórios.

Skip to content

Sobre ScienceBlogs Brasil | Anuncie com ScienceBlogs Brasil | Política de Privacidade | Termos e Condições | Contato


ScienceBlogs por Seed Media Group. Group. ©2006-2011 Seed Media Group LLC. Todos direitos garantidos.


Páginas da Seed Media Group Seed Media Group | ScienceBlogs | SEEDMAGAZINE.COM