A prática que leva a perfeição

Marcador de texto

É praticando (e não sublinhando) que a gente aprende.

A primeira razão para trocar a prova bimestral por quizzes é simples: o quizz funciona, a prova, não. A prova tenta medir, com grande ineficiência e injustiça, o que você aprendeu estudando de outras maneiras. O quizz é a melhor forma de você estudar (leia-se é a melhor forma de aprender)!

 “Você se lembra daquilo que você pensa a respeito” Essa frase é o título e o argumento central do texto do psicólogo Daniel T. Willingham sobre o assunto. Eu sei… você adora estudar lendo e marcando o que mais gostou no texto, ou aquela definição que parece perfeita para aquele conceito. E te parece o método perfeito para estudar. Mas… se você leu o texto de Willingham… viu que na verdade não funciona da maneira intuitva. A melhor forma de aprender, é praticando! Testando os seus conhecimentos com pequenos testes, os quizzes, a medida que você estuda.

Essa primeira razão e também é o primeiro grande desafio: convencer as pessoas que a intuição delas (‘o marcador de texto ajuda’) esta errada. O segundo desafio é convencer o professor a abrir mão da prova como instrumento de pressão e cobrança. A terceira é convencer que questões de múltipla escolha são uma ótima forma de testar a aprendizagem do conteúdo (claro que elas tem que ser bem feitas, sem pegadinhas, sem textos quilométricos que tiram o foco do que importa, sem opções negativas).

A questão aqui é usar os quizzes de múltipla escolha também como instrumento de aprendizagem e não apenas para avaliar a aprendizagem. Assistindo ao conteúdo, você pode querer testar seu conhecimento. E é aqui que entra a exposição do conteúdo em vídeo, e não ao vivo, para o aluno poder parar e praticar quando quiser. Mas vou deixar isso pra outro texto.

Discussão - 3 comentários

  1. Chloe disse:

    MEODEOS!!! Mauro, 9 textos num dia!!! rs…
    O que vc anda comendo no café da manhã? Sucrilhos com Red Bull???
    rsrsrs…
    Meu livros são todos grifados! : /
    E agora, o que vou fazer com toda minha coleção de marca-textos coloridos?!?!
    Brincadeiras à parte, adoro sua empolgação, sempre!
    Bj. ; )
    C.

  2. Gustavo disse:

    Dahora Mauro o post!
    É estranho, existem tantas pesquisas sobre aprendizagem, neurociencia etc… mas os metodos de ensino que são utilizados nas melhores universidades ainda são aquele feijao com arroz, aulas expositivas massantes e prova p/ ver o que o aluno aprendeu.
    Hoje o mundo ta muito exigente, não da pra ficar perdendo tempo, se não vc não vive. E é preciso lidar com as coisas da forma mais eficiente possivel. E nesse caso caminho pra isso é tomando inciativas como essa, como o aluno aprende melhor e mais rápido?
    Passar uma informação simples como categorizar a informação (divisões, subdivisões…), ou utilizar bem isso, chega próximo a duplicar a capacidade memorização, com outras dicas isso pode ser mais potencializado ainda. O que é bem melhor para o aluno do que ficar lendo um texto por horas (momentos antes da prova geralmente) e tentar se lembrar do que tem nele, sem tanto sucesso!

Envie seu comentário

Seu e-mail não será divulgado. (*) Campos obrigatórios.

Sobre ScienceBlogs Brasil | Anuncie com ScienceBlogs Brasil | Política de Privacidade | Termos e Condições | Contato


ScienceBlogs por Seed Media Group. Group. ©2006-2011 Seed Media Group LLC. Todos direitos garantidos.


Páginas da Seed Media Group Seed Media Group | ScienceBlogs | SEEDMAGAZINE.COM